terça-feira, 27 de novembro de 2012

Palavras que não queria escrever

Nunca fui despedida. E esta notícia tem o efeito de um murro no estómago, mesmo estando à espera dela. Apesar de saber que não fui despedida por incompetência minha, uma pessoa sente-se inútil, um fardo. Somos descartados como meros trapos que já não servem os seus propósitos. Eu não quero parecer derrotista, mas acho que preciso de fazer o "luto" por esta fase da minha vida. Encerra-se um capítulo e quero acreditar que o próximo não irá tardar em abrir-se e a apresentar-me um projecto envolvente. Tenho que me re-erguer para seguir em frente....

19 comentários:

MissApuros disse...

É normal o que sentes, mas tudo vai melhorar vais ver, Tudo de bom e muita sorte, linda. Bjinhos

Na Província disse...

É uma fase complicada mas vai passar, embora as coisas não estejam fáceis, outras oportunidades surgirão!!
Um beijinho

Maria Suzel disse...

Ho querida :( fecha-se uma porta, abre-se uma janela...Força.

Jo disse...

Infelizmente toca cada vez a mais pessoas e torna-se mais próximo e mais real a cada dia. Desejo-te toda a força e que consigas dar a volta à situação o mais rápido possível!

Joa disse...

Um bjinho e força para continuares na luta!

Purple disse...

Infelizmente é uma triste realidade. O R. também sentiu o mesmo que tu, afinal de contas causa sempre alguma revolta. O importante é acreditar que vai tudo correr bem.
Beijinhu grande

Flutuações da mente disse...

É muito triste. Força*
Encontra forma de estares ocupada.

Cacau disse...

Percebo perfeitamente o que sentes, afinal estive um ano e meio desempregada... Actualmente estou a trabalhar, mas num trabalho que me paga as contas porque continuo a enviar cv's, porque aquele sitio é detestável! Não sei o que te diga para animar porque tudo o que me diziam, sinceramente não animava. Mas pensa assim (era o que eu tentava fazer) a culpa não é tua! Beijinho*

ML disse...

Todos esses sentimentos são mais do que normais. Agora é respirar fundo e acreditar que tudo tem um propósito! Força e vais ver que daqui a nada vais sorrir!

Toda a sorte do mundo!

Soinita disse...

É normal Dina! No início fica sempre a tristeza.
Mas vais dar a volta por cima, claro que sim.
E não tarda nada, espero eu, estarás novamente no ativo.

Enquanto não estiveres, aproveitas o tempo com o pequerrucho e com o facto de "ainda" puderes receber subsídio de desemprego.
Beijinho e boa sorte.

Paula disse...

infelizmente a noticia é triste ...mas há que ver as coisas pelo lado positivo : fica teu menino contigo mais uma boa temporada :-)

bjinho

vidasdanossavida disse...

Já somos duas! Avisaram-me da rescisão do meu contrato quando avisei que estava de baixa por gravidez de alto risco... É uma tristeza. Muio boa sorte e que seja uma mudança para melhor. Bjs

Moa disse...

Força! Beijinho

Miss Bad disse...

Um grande beijinho Dina, não é nada fácil...não só para quem recebe o murro no estômago como para quem quer apoiar !
A minha mãe diz-me que o facto de lhe ter dito mesmo muitas vezes que ela não era nem um encargo nem incompetente foi o que lhe deu alguma paz :) e agora digo-te o mesmo ! * : ))

Pipita de Chocolate disse...

É só uma fase e uma oportunidade de fazer uma coisa diferente e nova! Não te entregues a esse "luto", recomeça já a procurar alternativas porque como as coisas estão não está nada fácil. Eu já estive exactamente na tua situação (mesma área) e sei que nos sentimos "lixo", mas depois segues em frente e continuas a tua vida! Existem coisas MUITO mais importantes que o emprego ;)

Beijinhos e muita força!

Karina Alves disse...

Ao ler as tuas palavras, identifico-me bem… A empresa onde trabalho tem-se aguentado como pode, mas as dividas começam a ser mais que muitas.
Para o ano, a empresa terá de começar a pagar aos credores conforme o plano (Ela entrou em insolvencia em 2011.
E tenho muito medo que não "aguente". Tenho muito medo do que o futuro nos reserva.
Mas temos de ir vivendo um dia de cada vez.
E tenho a certeza que iras arranjar logo trabalho. Um beijinho cheia de força!

Kinhas disse...

Deve ser complicado... Mas acredito que quando se fecha uma porta abre-se uma janela... Tens é de ter calma para a encontrar!

Opinante disse...

Apenas te posso enviar um abracinho bem apertado...

Dia - a - Dia disse...

Exato, tens de te levantar e vais ver que consegue. É dificil, é, mas vais conseguir. Como diz o outro " Dos fracos não reza a lenda." É bem verdade.