segunda-feira, 2 de abril de 2012

Gravidez no masculino


O fim-de-semana a dois é sempre repleto de alegria...

O meu excelso marido quando me viu de leggins de grávida (ainda só tinha isso vestido), vira-se para mim e com um sorriso radiante diz-me: «que fofo, pareces o Obelix». Ainda bem que a minha auto-estima não está nas ruas da amargura. E ainda bem que as hormonas não me dão para ser violenta...

Mas o melhor momento do fim-de-semana aconteceu quando estava a expor as minhas dúvidas quanto à marca de creme endurecedor de mamilos que havia de comprar (eu sei que não é o termo certo, mas era esse que estava a usar naquele momento). Ele estava a conduzir e a ouvir-me quando me pergunta muito sério, sem tirar os olhos da estrada: «achas que se usar esse creme, também funciona em mim». Foi um riso incontrolável! Aquele homem não existe. Uma pessoa aqui com tantas dúvidas existenciais e é isso!

9 comentários:

i. disse...

Opáá, mas tem graça e é super amoroso :) Vivem a gravidez a dois, isso é muito importante! :D

Opinante disse...

A rir é que a malta está bem, até tudo correr melhor!

Fico contente por vós!

Devaneios.de.mestra disse...

Tem um grande sentido de humor, o que também é muito importante, principalmente nesta fase :)

Moa disse...

O teu homem faz-me lembrar o meu no que respeita ao sentido de humor! lol

A Estrela Sem Fama disse...

Olá!
Sou nova por aqui na comunidade dos blogs e gostaria de dizer que gosto bastante do teu blog ;)
A propósito gostei muito do post e achei bastante graça, como já foi mencionado acho também muito bonito o facto de viverem a gravidez a dois :)Já agora: felicidades!!!

*C*inderela disse...

eheheheh, podes dar-lhe com uma panela em cima e culpar as hormonas LOLOL.

Bjokas

Suspiro do Norte disse...

ah ah ah muito bom!!

Querida, eu tentei desactivar o airbag e ia convencidissima que era apenas com uma chave. Para meu espanto, disseram-me que além da enorme despesa tinha que assinar um termo de responsabilidade e que tinha que tratar duma documentação que me levaria uns valentes meses.. Além do balurdio que cobram. Tenho um Mini Cooper. Agora como comprei uma cadeirinha auto daquelas todas xpto que permite uso desde os primeiros meses, desisti da ideia. Ou entao vou trocando o carro com o maridao.

beijinhooooos

Suspiro do Norte disse...

ah ah ah muito bom!!

Querida, eu tentei desactivar o airbag e ia convencidissima que era apenas com uma chave. Para meu espanto, disseram-me que além da enorme despesa tinha que assinar um termo de responsabilidade e que tinha que tratar duma documentação que me levaria uns valentes meses.. Além do balurdio que cobram. Tenho um Mini Cooper. Agora como comprei uma cadeirinha auto daquelas todas xpto que permite uso desde os primeiros meses, desisti da ideia. Ou entao vou trocando o carro com o maridao.

beijinhooooos

Convid'áki disse...

É muito bonito ver um pai com essa atitude!

PS: Faço convites e outros serviços de design, visite o blog (www.convidaki.blogspot.com)