sexta-feira, 22 de julho de 2011

Por mim, por ti ou pelos outros


«Será que nos vestimos bem por nós, pelas outras mulheres ou pelo(s) homen(s)». Esta é uma pergunta recorrente, e francamente acho que a maioria das mulheres não é sincera ao responder. Porque acho que se gostamos de nos vestir bem, de estar bem maquilhada e penteada, é para nos sentir bem connosco, mas também porque gostamos que as outras mulheres olhem para nós com olhinhos que dizem "esta mulher está linda", com aquela invejinha saudável. E claro que gostamos de estar lindas para a classe masculina no geral, e para o nosso homem em particular. Não sei qual é o mal de se admitir isto.

Mas há algo que me deixa espantada. Em tempos, estávamos três mulheres reunidas à volta de um café, quando uma amiga refere que ao fim-de-semana é dia de descanso por isso não gosta de se compor, já lhe chega durante a semana. Eu e a M., em uníssono, perguntamos-lhe «mas se durante a semana o teu marido não te vê, e quando te vê já estás em casa de fato de treino, não te apetece compor-te para ele ao fim-de-semana?». Ao qual nos responde que não, porque já se conhecem há muitos anos e por isso o marido já não precisa disso e sabe que ela tem que estar confortável. Se pode ser normal para certas pessoas para mim não.

É como se o marido fosse um dado adquirido, e não é preciso mais nada para o conquistar e manter a chama acessa. Lembrem-se que até os cahorros com trela olham para outro lado! E confortável não é sinónimo de desleixado. Nem sempre me apetece ao fim-de-semana vestir camisa e saltos altos. Mas sei que consigo ser hiper feminina de sabrinas e vestido. Ou de ganga e top. Ou de calções. 

Também eu herdei um mau hábito de solteira. Sempre que chegava a casa, gostava de tomar banho e vestir algo mais confortável para cozinhar e não sujar a minha roupa. Por isso vestia roupa velha e larga. Até que um dia, às compras, mostro uma roupinha para andar só em casa ao marido e ele responde-me «compra, é agradável ao olhar», com aquele sorriso de satisfação que um homem põe ao imaginar a sua mulher vestida com certas peças. E pensei «alto lá, isto significa algo.» Por isso, não cometo o mesmo erro: mesmo para as limpezas ou cozinhar, tenho roupa bonita e feminina, para casa. Claro que não ando por lá de mini-saia e corpete. Mas sinto-me bem, estou confortável, e agrado à pessoa mais importante: aquela que amamos. Porque se afinal nunca vamos comprar pão ou deitar o lixo fora, sem nos vestir condignamente e pôr um pouco de rímel; porque é que o nosso homem não merece um pouco mais de cuidado?

17 comentários:

sakura disse...

Claro que merece.
E acredito que devemos nos sentir bem na nossa pele, não só por nós, mas também para mimar quem amamos.

E que bem que sabe ouvir do nosso companheiro um: estás linda.

Bjinhos para ti Dina

aprendereorganizar disse...

Cuidar de nós sempre...se não nos sentirmos bem conosco proprios como é possível sentirmo-nos bem com quem nos rodeia:)uma beijoca:)

Santo&Pecador disse...

Ora ai está algo que as mulheres nunca deviam esquecer (e os homens também).

Tomei a liberdade de te "roubar" este teu texto e colocar no meu blogue, com os devidos créditos a quem o escreveu.
Obrigado!

Beijo!

Sofia disse...

É claro que merece: merecem eles e merecemos sobretudo nós! Porque, no fundo, mais do que estarmos vestidas por fora, o que importa é que estejamos também vestidas por dentro.
Beijinho :)

Bomboca do Amor disse...

Dina a presidente, JÁ!
Até que enfim, uma mulher que me compreende.
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

Lux disse...

Penso que quando estamos com uma pessoa há algum tempo existe uma tendência para nos deixarmos desleixar... Mas deve ser exactamente o oposto.
Claramente que, se estamos em casa e não vamos sair e ficamos a ver um filme ao fim-de-semana, é até ridículo aos olhos dele estarmos todas pintadas e de salto alto...
Mas uma boa camisa (a dele por exemplo...), um bom conjunto de pijama/camisa e robe pode fazer maravilhas...
Eu gosto de estar sempre bem...
Ao fim-de-semana, se não for a nenhum lado, ando pela casa à vontade, de t-shirt e calções com havaianas, mas sempre com o meu bom banho tomado e o meu perfume posto... Nem que seja só uma gotinha para me cheirar a mim própria!
É um erro crasso, numa relação, dar o outro como adquirido!

xoxo
Lux

Me disse...

Cá eu não tenho problema nenhum em admitir o que quer que seja.

Visto-me para mim e para mim e para mim. Depois, para o meu marido e para o meu marido e para o meu marido.

Em seguida, para a minha mãe e a minha avó que são umas vaidosonas que adoram ver-me toda barbie.

Por último, para todas as mulheres que me olham de alto a baixo.

Ah! E, outra vez, para mim!!!

La Boheme disse...

Eu só encontrei a resposta a essa pergunta quando morei 2 anos sozinha e bem solteira e até chegava a pôr àgua de colónia antes de me ir deitar (sozinha). Eu visto-me para mim e para a minha auto-estima. Se ela e eu estivermos bem o resto vem por acréscimo de felicidade ou bem-estar.
Bjos Bom fim-de-semana

Isa disse...

Estarmos bonitas primeiro é para nós, porque temos que nos mimar e gostar de nós e depois claro que é para os nossos maridos! Eu gosto de andar confortável pela casa, mas também adoro arranjar-me para o maridinho. Há que encontar um equilibrio.

Drinha disse...

Tal e qual!Nunca percebi essa coisa de nos desleixarmos porque já temos alguém...Pelo contrário há que manter!Eu gosto imenso de me arranjar e com ou sem alguém tem sido sempre assim!

Miss disse...

Eu confesso sem problema nenhum, se notar que uma mulher me olha com inveja ganho logo o dia. Mas melhor que isso é o meu namorado dizer-me que estou bonita.. é sinal que ainda olha para mim e gosto de retribuir com um aspecto cuidado. mesmo que vá com ele só dar uma volta de carro arranjo-me um pouco. É fácil e ele adora

Manuela disse...

Querida Dina, ora bem... eu posso estar com um vestido de marca Xpto, mas se não me sentir bem, tiro-o em dois minutos.
Em casa detesto usar pulseiras e anéis. Também não gosto de andar com sapatos que trago da rua, dentro de casa, pois acho pouco higiénico.
Posto isto, chego à conclusão que me visto mesmo para mim, para o meu bem-estar!
Obrigada por esta reflexão e bom fim de semana :)

Loucas por compras disse...

Adorei o teu blog! Parabéns :)

Isa disse...

Também gosto de estar sempre apresentável! E não digo "mesmo em casa", digo "principalmente em casa". É o meu local de conforto, e eu sinto-me confortável mantendo a minha auto-confiança cá em cima, e sentir-me atraente. Gosto de olhar ao espelho e gostar do que vejo, e adoro ve-lo a olhar para mim com um sorriso nos lábios e a gostar do que vê!
Por isso ao fim de semana, apesar de não andar de saltos altos em casa, uso um pouco de maquiagem e perfume, e posso até andar de roupa desportiva, mas daquela bem giraça! Não há cá aquela coisa de roupa para andar por casa! Não há mesmo!

A Flor disse...

Primeiro nós, até porque uma mulher que não se sinta confortável com o que veste nota-se à légua e dá cabo do charme. Depois pela pessoa de quem gostamos se eu também quero que ele ande composto não posso andar desmazelada não é?

Quanto às outras mulheres com franqueza é um tanto se me dá. É claro que gosto quando há uma palavra simpática, mas não tenho isso em mente ai vestir!

Pendientes & Louboutins disse...

gosto da forma como escreves e concordo plenamente quando dizes que nos arranjamos porque nos gostamos de sentir bem connosco próprias:)

M.M. disse...

Concordo plenamente... aprendi com a minha mãe a estar sempre gira para a pessoa que amamos, seja em que ocasião for :)