sexta-feira, 17 de junho de 2011

Pelos cabelos


Estou farta. Todos os meus problemas se resumem à minha magreza. Se fico doente da cabeça, é porque estou magra. Se me doem as costas, é porque não me alimento bem. Se estou cansada do trabalho, é porque não como o suficiente. Qualquer dia tenho uma unha encravada, e a culpa é da alimentação. Estou cansada da ladainha: "Não estarás anorética? Pois mas os anoréticos dizem todos que não o são... Vi uma na televisão a semana passada..." É a maneira mais simples de me levar aos meus limites: e esses não são bonitos. Se nunca fui de fazer boa cara quando as pessoas estão a ser desagradáveis, agora ainda consigo ser menos diplomática perante certas situações. Principalmente porque agora a nova moda é «um dia queres ter filhos e não podes, porque estás esquelética», sendo que estas pessoas não me vêem comer, e não sabem do meu problema.

Com os gordos as pessoas são mais diplomáticas. Podem dizer delicadamente «estás mais cheiinha, não?», ou limitam-se a um olhar mais perscrutador. Aos magros é logo um «estás MAGRAAAAAAAAAAAAAAAA», alto e bom som, como se a pessoa estivesse cadavérica, em fim de vida, atinginda por uma doença letal. Sim, ser magro é frustrante. As pessoas são mais recatadas perante a gordura. Os magros sofrem. Mas se eu engordasse de certeza que me iriam chatear logo a dizer para ter cuidado. Ou então iriam supor que fui finalmente para a Ramada, como uma pessoa de família já me propôs. Para vossa informção tenho 51 quilos por 1.63, há três anos sem variações...

Não sei se as pessoas têm receio de criticar os mais gordos, como quem diz, isto é uma maleita que ainda me pode atingir, por isso deixa-me estar caladinho. E então não se abstêm de tecer comentários menos apropriados aos magros, porque sabem que estes representam os seus sonhos inatingíveis...
Já sabem, se desaparecer sem pré-aviso, é porque me internaram à força num centro de reabilitação.

26 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

Já passei por isso, eu tenho 1.64m e até ter a Sofia pesava 50 kg...portanto sei bem como é ter de aturar esses idiotas. Agora peso mais mas espero voltar ao meu peso, não aos 50 mas entre os 55 e os 60 para mim é o ideal.

Filipe disse...

Sei sei... se desapareceres sem pré-aviso já sei que é da magreza! :) Tão magrinha tão magrinha que já nem se vê a 500m de distância! :)

Tany disse...

O meu marido tem o mesmo problema... não sai dos 50kg e mede quase 1,70. E nada o faz engordar... e o pior é que não quer ir ao médico, diz que é o stress e pronto!

teardrop disse...

Dina,
Até aos 25 anos, o máximo que cheguei a pesar foram 48kg para os meus 1.63 m (temos a mesma altura) e fartei-me de ouvir esses comentários. Sim, as pessoas não têm muita noção do que nos estão a dizer. Passava a vida ser questionada se estava doente e chegava a responder um bocadinho torto! Agora que consegui chegar aos 53 kg, sinto-me melhor na roupa que visto... mas mesmo quando só pesava 46 kg (e foi durante bastante tempo) gostava de mim na mesma e sentia-me bem!

*B* disse...

Eu meço mais 2cm e peso mais 3kg e também costumo ouvir que devia engordar um pouco, mas eu alimento-me muito bem e acho que estou óptima assim.

E já ouvi essas boquinhas que contas, Dina, e se queres que te diga, tenta ignorar, sério. Há tanta gente que adorava ter o teu peso. Não só por questões estéticas, mas por questões de saúde. E cada um tem o seu metabolismo... Não ligues!

Beijinho*

Purple disse...

Sabes eu acho que as pessoas só sabem criticar. Já ouvi barbaridades como:
- "Vai ao médico rapariga, que estás tão magra só podes estar bem doente."
- "Estás a comer gomas? Olha que depois ganhas pneu e ficas bem gordinha."
- "Ai coitado do teu marido, não tens nada por onde agarrar."
- "Olha lá isso é um pneuzinho a espreitar? Ai que tens de fechar a boca."

Existe algum raciocínio coerente aqui? Não, é falar mal por falar mal. Não passes cartão. As pessoas gordas muitas vezes têm de emagrecer para engravidar, as magras não têm essa necessidade e têm tempo de engordar durante os 9 meses.

Beiju grande

Angela Soeiro disse...

Meço o mesmo que tu e peso menos de 50kg. Farto-me de ouvir essas 'sentenças'... a resposta agora é: ''A minha médica não pensa assim e as ultimas análises estavam óptimas! Não estou desnutrida fiquem descansados!''

Enfim, há gente sem noção (ou com inveja sei lá!)

Olívia Palito disse...

Até há cerca de 4 anos sei bem e senti cada uma destas palavras que aqui escreveste. E concordo COM TUDO. Fiquei tão traumatizada que sempre que alguém me dizia a palavra magra entrava em "choque". Porque alimentava-me bem, mas não engordava. Sempre fui assim, desde miúda. Depois sentia aquele olhar de reprovação como se eu sofresse de anorexia. Hoje felizmente já passou, tenho o peso "ideal" para a minha constituição e eu sinto-me bem melhor agora, é verdade.
Tenta ignorar Dina. Sei que é difícil, mas tal como tu, muitas de nós já passaram por isso, compreendemos-te e estamos aqui a apoiar-te. Força e não desanimes. ;)

Beijo e óptimo dia.

anf disse...

Eu tinha 52 Kgs distribuidos por 1,65 m e sentia-me bem,
Era criticada mas não ligava,
não ligues é o melhor remédio,
bjo

Nokas disse...

Sentes-te bem, não é? Então não ligues, tás óptima :)

Luar disse...

Comigo é o mesmo. E há 3 anos quando tinha mais 2 ou 3 kilos diziam "ah, tás mais gordita, perderes uns quilinhos só te fazia bem". É gente que não tem mais o que fazer, é o que é.
:P
Bjs

Paulinha disse...

Eu acho que existem é pessoas que não têm tento na língua é o que eu acho, e que por vezes ganhavam mais em estarem caladas...
Eu sofro o oposto, ter peso a mais, e é sempre a conversa do costume... ai que estás tão gordaaaaaaa como é que isso te aconteceu?
Não tenhas cuidado não, uma rapariga da tua idade não devia pesar tanto...
Não uses cabelo apanhado, faz-te a cara mais gorda...

Mas alguém perguntou alguma coisa??
É que se é uma pessoa que combgate todos os dias para a perda de peso e tem dificuldades, e depois ouve estes comentários lindos de morrer, a sério, é duro!

O mesmo acontece com os magros... será dor de cotovelo? É que se as pessoas em questão se sentem bem, que é o fundamental, porque raio passam a vida a opinar?

Enfim... para essa gente, nunca seremos perfeitos....

Lux disse...

Querida, eu sofro do mesmo mal...
Tenho 1.66 e 50/51 Kgs!
Por isso, e num local de trabalho (e País) onde reina a obesidade, acredita que muitos desses comentários são pura inveja...
Eu não ligo puto!
Sinto-me bem na minha pele e não, não queria ser mais gorda, obrigada.
É o que normalmente respondo às pessoas que entretanto se vão cansando de chatear com essa história!

xoxo
Lux

PrincesSu disse...

Concordo contigo!!

Se nos dizem: “Estás tão gorda” não gostamos e levamos a mal!
Mas se nós dizemos a outros: “Ai está tão magra”… não deveriam os outros tb levar a mal e não gostar?

É exactamente igual!!!

Olha eu há uns 4 ou 5 anos atrás estava com uns 46 kilos para 1,60m e só me diziam: "Estas tão magra, tu comes bem? Ai tens de ver isso, tens de ir ao médico e mais não sei quê... "
E na altura eu bem tentava engordar mais uns quilinhos e nao conseguia... ficava triste!

Anabela disse...

Como eu te compreendo!
Ate ha um ano atras eu passei exactamente pelo mesmo.
Agora que engordei 5kg (estou nos 50), dizem que estou melhor, mas ainda nao e suficiente.
Eu com o passar do tempo deixei de ligar... Mas que enerva, enerva!
Bjs e Bom fim de Semana.

Bomboca do Amor disse...

Muitas pessoas acham por bem terem uma opinião sobre a vida alheia, mas o melhor que tens a fazer é ignorar!
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

A Paraíso disse...

Coooooooooomo eu te entendo!!!
Tenho 29 anos, 1,64m e ando nuns modestos 48kg há uns bons anos!
Sou de estrutura magra,o meu peso máximo: 51kg...iuuuuuuupi! Andava toda orgulhosa de ter um pneu! Isto de tanto ouvir o famoso "tu és tão magrinha!" fiquei com complexos. Mas na verdade ficava estranha!
E realmente as pessoas não têm censuras com quem é magro, ao contrário de com quem é gordo!
"Deves estar anorética! Negam sempre!"
"Mas não deves comer nada!" (Sou uma gulosa de primeira!)
E agora tenho uma chefe que diz que pareço o Calimero por ser só olhos! Tão querida!!!
Sou magra, e então?!

*As Cores da Vida* disse...

participa no 1º sorteio linda ** beiajaoo

Espelho de Vénus disse...

Também já ouvi esse tipo de comentários várias vezes principalmente por pessoas que ainda são do tempo em que "gordura é formosura" mas cada vez me foram incomodando menos até ao ponto em que não me incomodam rigorosamente nada. Gosto de ser como sou (com o meu 1.62 e 55 kg) e ninguém me vai fazer acreditar no contrário.

Curiosamente desde que esses comentários deixaram de me incomodar nunca mais surgiram pois existem pessoas que o fazem numa tentativa, precisamente, de nos incomodar e quando se apercebem que isso não acontece desistem.

O mais importante é que gostes de ti tal e qual como és... o que os outros dizem nunca se controla nem que se viva 1000 anos mas podemos mudar a forma como encaramos isso.

Grande beijinho e celebra a tua beleza. ;)

Verinha disse...

Sei bem o que isso é amiga!

Tenho 1.60 e estou sempre nos 48/49Kg quando chego aos 51kg é uma festa.

Se para muitas pessoas um "estás mais magra!" é sinal de felicidade para mim não!

Mas sabes aprendi a fazer um bocadinho de ouvidos moucos. Mas também há vezes que me salta a tampa! Principalmente quando se juntam umas 3 ou 4 pessoas a falar do meu peso como se eu não estivesse ali presente!

Olha deita isso para trás das costas é o melhor que fazes.

Bjks***

susiedesonho disse...

As pessoas falam por tudo ou por nada. Sabes o que eu acho Dina? Que as pessoas que criticam têm é inveja mas não pensam o que fez fulano para ser assim ou para chegar ali? Vou fazer igual. Não, pensam não gosto de que fulano seja magro, giro ou que tenho aquele trabalho. Logo, vou deitá-lo abaixo.

Esquece. Não te sentes bem? É o que importa! A mim criticam-me por estar gorda, a ti é por estares magra.

Mary disse...

Olá Dina!
Dá graças por esse maravilhoso metabolismo e não ligues aos comentários dos outros!
Eu estou aqui ruída de inveja com os teus 1,63 m e os 51 quilos, que ainda por cima se mantêm sem dificuldade!
Bom fim-de-semana!

Ana'Space disse...

Como eu (agora) percebo isto Dina. Nunca fui magra, agora estou mais magra e sinto-me muito bem assim mas quase todos os dias me perguntam se estou doente, se não como ou o que ando a fazer para emagrecer. Posso dizer que não fiz nada para emagrecer e que já fui ao médico saber se estava tudo bem mas as perguntas e comentários continuam... Olha o importante é estarmos bem connosco :)

Anna*

A Dieta e a Cidade disse...

Bem, eu sou gorda. E sempre que alguém me diz "estás mais gorda" não sinto paninhos quentes. Pelo contrário. Sinto o apontar de dedo. Acho que não tem tanto que ver com magro/gordo. Tem que ver com as pessoas se meterem nas nossas vidas sem que lhes tivéssemos pedido opinião. Parece sempre um apontar de dedo. Deixa lá que não é só por seres magra =P

Dré disse...

O importante é se te sentes bem contigo mesmo, tudo o resto são pontos de vista :)
bjns

Miss Star Pink disse...

Dina,
já tinha lido este post, mas ainda não tinha tido oportunidade de me manifestar.
Do meu ponto de vista, sinceramente, estás óptima. Não vejo onde reside o problema e cá para mim estás é rodeada de gente invejosa.
Até há bem pouco tempo pesava 58kgs para o meu 1,70. Como me sentia bem na altura. Agora peso 65Kgs e como dava tudo para voltar para trás.
Estás super bem girl! Aproveita q deu dava tudo para ter esse teu metabolismo.
Desculpa, mas fartei-me de rir com a "Vila Ramadas". Já te estou a imaginar a ires ao programa do Goucha na TVI. LOLOLOL

Beijocas