quarta-feira, 29 de junho de 2011

Ai, vida


Os homens foram criados para trabalhar, caçar para alimentar a família e acasalar. Isto no tempo dos australopitecos. Passados estes séculos todos, pouco mudou na mente deles. Nós mulheres bem queremos amestrá-los e ensinar-lhes a arte das tarefas domésticas, mas é um esforço sobre-humano. O meu homem das cavernas, após muita insistência e paciência minha, lá começou a ajudar a custo e agora, após cerca de 4 anos de cohabitação, já faz por ele próprio. Não faz tão bem, nem tão dedicadamente, mas não me queixo para o incentivar.

Mas nas últimas semanas o homem tem sido do piorio. Aquelas mãos partem tudo! Estou a ponderar fazer-lhe um daqueles seguros para as crianças que só fazem asneiras. Em poucos dias, fiquei sem nenhum conjunto completo de copos, fiquei sem o melhor pirex, com a parede e um azulejo da sala manchada, etc. E tudo em circunstâncias bizarras. Contado ninguém acredita. A última? Há duas semanas comprei uma capa impermeável no IKEA para a nossa cama. Não foi barata porque era do tamanho maior. Sim, era. Porque o meu marido ao mudar a cama, julgou que cheirava muito a plástico e pôs-a no estendal a apanhar ar. Passado alguns minutos, a capa volatilizou-se. Sim, desapareceu. Assim do nada. Ele diz que usou molas. Inexplicável. O que sei é que fiquei sem capa, sem nunca a ter usado, e que vou ter que comprar outra.

Acho que preciso de ir à bruxa. É o homem que anda louco e eu com um azar descomunal. Depois de finalmente sentir melhoras da infecção gástrica, passadas mais de 3 semanas, a alergia voltou... Um pouco de sossego, sim?

14 comentários:

Ana FVP disse...

Eu ainda estou na fase de o tentar amestrar. Mas a coisa está difícil!

Lux disse...

Um pouco de sossego já fazia falta...
Mas a capa é um mal menor!
Ele tem-se esforçado e vá... Lá se esqueceu de por molas (sim, aquelas coisas estranhas para segurar a roupa num estendal!), mas a ideia era boa!
Sim, é verdade que de boas intenções está o inferno cheio, mas temos que dar o valor ao facto de se estar a esforçar!
O que interessa é que melhores depressa e o resto é paisagem...

As melhoras,
xoxo
Lux

A Paraíso disse...

No outro dia aconteceu exaaaaaaactamente a mesma coisa com um lençol. Felizmente o mesmo não voou! Mas neste caso acho que não é por ele ser homem, é mesmo cabeça no ar...e muito!

Bomboca do Amor disse...

E eu que ainda achava o meu homem azarado, depois disto acho que o meu homem é muito prendado!
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

Sairaf disse...

Como te compreendo, como explicar ao meu mais que tudo que é importante aprender a cozinhar ou então fazer uma outra coisa por casa, mas não é complicado, mas com calma a coisa vai lá.
Abraço doce e as rápidas melhoras.
Com carinho
Sairaf

Mami ( Sónia ) disse...

Fogo mais vale ele não ajudar!!!

Espero que fiques boa logo logo!
Beijinhos

Nokas disse...

Ai mulher, isso não tá fácil...Muita calma! :)

Isa disse...

O meu tb até faz mt coisa em casa, mas não faz como eu, faz mesmo por obrigação e as coisas por vezes nao saem bem. Mas incentivo sempre.

Daniela Sousa disse...

Olá Dina,

Sim se for bastante pigmentado como este.

Noutra nota, se o verniz estiver seco não esticanço que lhe valha heheh. Ajuda acrescentar um pouco de óleo de banana, de forma a torná-lo mais fluído.

Manuela disse...

Querida Dina, primeiro rápidas melhoras.
Depois... é muiiiiito difícil treiná-los e tornarem-se fluentes, nas tarefas domésticas. O meu marido faz umas coisas e bem feitas, mas se lhe der algo para fazer lá fora, seja o que for, aí é que ele se sente bem e nas suas "sete quintas". Lá fora é o território dele... ;)

Anabela disse...

Pois, a minha irmã é a versão feminina do teu homem! Eu até tenho medo que ela toque nas coisas.
As melhoras.
Bjs

ariel disse...

homens..espero que a tua sorte melhore!

Flutuações da mente disse...

Que azar! :-(

Verita disse...

O que tenho mais inveja é daquelas meninas que têm homens que sabem cozinhar, limpar a casa e passar a ferro. Eu já ficava contente se ele fizesse apenas uma dessas coisas. Nós tínhamos empregada em casa mas como estamos os dois fora deixámos de ter. No entanto a sra continua a ir de vez em quando fazer a limpeza da casa. Onde estou, obviamente sou eu que faço. Onde o R. está, como não tem quem faça, teve que aprender a fazer. E ele diz que até já sabe cozinhar e GOSTA  queres ver que me saiu a sorte grande? Em Agosto vamos ver ;)

PS: As tuas melhoras ;)