quarta-feira, 19 de maio de 2010

3 não foi a conta que Deus fez?


No episódio de segunda-feira do Dr. House era abordado o tema dos casamentos liberais. Há quem afirme que duas pessoas casadas não conseguem completar-se e fazerem-se felizes a 100%. Por isso, admitem que o outro mantenha relações sexuais com outros parceiros. Dizem que afinal a grande maioria dos casados traem sem que o outro saiba, mas que assim há sinceridade. O que magoa não é tanto o sexo, mas as mentiras...

Por mais estranho que pareça, até posso aceitar estes argumentos mas eu era incapaz de manter um casamento assim. Acredito na monogamia e na felicidade a dois. Quando o outro deixar de me completar a 100%, prefiro acabar a relação, antes de nos magoarmos a sério. Mas a verdade é que as mentiras são o que mais doem nestes casos de traição. No futuro, é sempre posta é causa a sinceridade completa do outro, e isso vai corroendo a relação. Viver na ignorância é sempre pior, mas estar em casa sabendo que o meu marido está nesse momento a papar outra e depois vir enfiar-se na nossa cama e dar-lhe um beijo de boa noite? Não faz nada o meu feitio!

E vocês, aceitariam um casamento liberal? Contem-me tudo, sem pudor...

15 comentários:

Rita G. disse...

Penso exactamente como tu! Não conseguiria viver com alguém que eu soubesse que me traía! Bj:)

Soinita disse...

Nem pesar.
2 é bom, 3 é demais. =)

Kitty disse...

jamais em tempo algum aceitaria tal coisa.
beijos

Rosa disse...

Estou com a Soinita:)...
Na só entra 2 a cama é pequena.
Bjs

MissBlueEyes disse...

Concordo com 50/50!

Eu prefiro saber, do que a mentira! Tenho a certeza que perdoaria uma queca fora do casamento, mas a mentira NÃO!

Fui traída no meu 1º casamento, disse-lhe que não perdoava o facto de me ter mentido quando o confrontei, e não propriamente o envolvimento sexual!

Neste momento acho que não iria achar assim muita piada, mas se Ele fosse sincero, não sei... só passando por Elas!

Quando tiver nos Entas, pensarei de outra forma de certeza!!!

algodãozinho disse...

Pois eu também não o aceitaria ... fui educada para pensar desta forma e não é fácil aceitar estas novas tendências.

Olhos Dourados disse...

Vi esse episódio com o meu gajo, e nenhum de nós também achou piada a isso.

almighty yellowphant disse...

Nao, nunca.

camaleoa disse...

Sinceridade acima de tudo...

Depois.. cada caso é um caso.
Mas, a verdade acima de tudo. Depois se v^o que se decide. Viver na mentira não faz bem a ninguém... quando se descobre uma coisa dessas deve ser um balde de água fria!!

Bjinhos..
Vou analisar este blog.. q não conhecia... mas, parece-me agradável..

:))

Scarlet_Perry disse...

Nao.
No momento em que precisamos de outra pessoa tanto fisica como mentalmente, `e porque a relacao esta a falhar, porque a pessoa com quem estamos nao nos completa ou nao a amamos de verdade (or all of the above). E nesse caso, prefiro terminar a relacao, do que ir procurar o que nao tenho a outro lado, bebendo de varias fontes.
Nao julgo quem o faz, mas nao `e o meu genero. Ha coisas em que sou ainda muito tradicional.!

Fios de Vida disse...

Confesso que essas relações a 3 (ou mais que 2) me fazem confusão. Penso como tu, quando o outro deixa de nos completar não tem sentido pôr mais gente ao barulho.

Clara disse...

Como nunca passei por uma situação parecida, a minha resposta é um pronto NÂO, não concordo com esse tipo de relações liberais. Mas, tenho noção que tenho telhados de vidro e confrontada com essa situação não tenho a mínima ideia da minha reacção...

Miss Apuros disse...

Era incapaz de ter uma relação dessas... bjus*

Elo disse...

Não, nunca! Dois é bom, três é demais!

Elisabete disse...

Estou aqui como a Elo, não conseguirei ter uma relação dessas. Se é assim, porque assumem então uma relação? Para que casar?!
O meu "homem" tem que ser "só meu" enquanto ambos o quisermos :)