quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Grávidas, prioridades e educação...


A lei das prioridades mudou e ainda bem. Concordo plenamente e quem me diz que gravidez não é doença atreve-se a levar um tabefe de uma mulher que não conseguia estar de pé na mesma posição mais do que alguns segundos sem sentir dores enormes. Concordo que as grávidas devem passar à frente nas filas e que tenham lugares prioritários sentados nos transportes. 

Mas haver uma lei que dá direitos não retira o "dever" da boa educação. Um "bom dia", "se faz favor" ficam sempre bem. Tenho assistido a cada vez mais casos de grávidas que se chegam às pessoas apenas com um "tenho prioridade"ou "quero sentar-me". As boas regras ditam que devemos ajudar quem precisa, independentemente de haver uma lei ou não (sempre fui educada e sempre cedi o meu lugar a mais velhos, grávidas, pessoas deficientes, a pessoas com poucas compras quando tenho um carrinho cheio,...) , mas as boas regras também ditam que devemos ser simpáticas e educadas.

É por isso que a maioria das pessoas reclamam: não é por cederem o lugar mas pela falta de tacto e educação. O "bom dia", o "faz favor" e um sorriso na cara fazem milagres!! Em todas as situações na vida!

5 comentários:

rosa_chiclet disse...

concordo plenamente.. um sorriso não custa nada :)

Mel disse...

Verdade!!
bjsssssss

A Extraterrestre disse...

Verdade, verdadinha...

L das Horas disse...

Concordo tanto contigo. Cara de poucos amigos e olhar ameaçador... por outro lados os parvos sentados nos lugares prioritários, a olhar uns para os outros a vem quem se levanta primeiro... falta de civismo de ambas as partes...

ML disse...

"O "bom dia", o "faz favor" e um sorriso na cara fazem milagres!! Em todas as situações na vida!" Não podia concordar mais!