sexta-feira, 16 de junho de 2017

De regresso a casa



A esta hora já devo estar a caminho de Paris (já vos disse o quanto odeio voar?). É com um sentimento misto que vou para Paris. Por um lado, sinto-me feliz de regressar à terra que me viu nascer, onde vivi até aos meus 16 anos de idade. Estou entusiasmada por mostrar todos os locais que marcaram a minha infância ao meu marido e também ao meu filho. E claro: estou ainda mais eléctrica que o Simão por levá-lo à Disneyland (que para mim será sempre EuroDisney). Mas por outro lado, sinto uma contracção na alma tão grande, porque recordar a minha infância significa recordar momentos felizes e a presença de pessoas tão importantes como o meu pai e o meu irmão. Sei que vou chorar muito. Por outro lado, amanhã vou rever a minha irmã. Afastámos-nos, reaproximamos-nos e vamos rever-nos depois de muitos anos. O Simão vai conhecer os tios e primos pela primeira vez. Tem tudo para ser uma viagem muito especial. Até breve!

Ah, e tenciono voltar com 20 quilos a mais porque tenho uma lista infinita de pratos, doces, e afins que quero voltar a comer.... Mas vai saber-me tão bem!

4 comentários:

cecilia silva disse...

💕💕. Boas férias. E aproveitem muito. Os kilos a mais depois desaparecem.😉😊😊

ML disse...

Boa viagem e aproveitem muito. Traz boas recordações e muitos sorriso nessa mala. :)

[Coincidênca estive em Paris esta semana ;)]

Beijinhos e boa viagem!

Agridoce disse...

Aproveita muito! :)

Elisabete disse...

Boa viagem Dina, aproveita muito ;) Com certeza que será memorável.