quinta-feira, 24 de março de 2016

O que não está nas redes sociais não existe


Esta é a verdade dos tempos modernos: "o que não é publicado nas redes sociais não existe". Sentimos uma necessidade de publicar e partilhar com o mundo aquilo que vivemos e sentimos. Mas ainda me consigo surpreender com perguntas como "não tens feito exercício, pois não? Não tenho visto fotos", "a sério, já foste lá? não sabia, nunca vi fotos". 

É surpreendente como, através das redes sociais, entramos nas casas e nas vidas das pessoas e conseguimos de forma discreta manter um controlo, e aproveitamos parar tirar conclusões sobre o quotidiano dos outros. É porque não tiro selfies depois de treinar, que não faço exercício? (a minha cara depois do esforço não é assim tão agradável, apenas isso). Somos mais do que aquilo que publicamos, pelo menos espero que assim seja. Cada um é livre de estabelecer os limites que quer. Por exemplo, não admito críticas por não publicar fotos do meu filho, dizendo que parece que não tenho sequer filho e que renego a existência/ importância dele na minha vida. Mas apenas pretendo resguardá-lo do olhar constante de "estranhos", porque não preciso de declarações nas redes sociais para lhe mostrar ou mostrar ao mundo que o amo. Prefiro, todos os dias, beijá-lo e acarinhá-lo. E brincar muito, mesmo que, por vezes, fique sem tempo para tirar uma foto para partilhar nas redes sociais. 

4 comentários:

Princesse Sofia disse...

Tens toda a razao em resguarda-lo, nos dias de hoje nunca se sabe!

Cynthia disse...

Acho que tens toda a razão ;)

A Pimenta* disse...

Compreendo perfeitamente o que dizes. Pessoalmente pouco ou nada ponho no meu facebook. O mesmo não se passa com o instagram por exemplo, mas no facebook resguardo-me muito. Fui passar um fim de semana fora e não pus uma única foto no meu fcb. Ainda no outro dia alguém me perguntava por novidades, uma vez que nada conseguia saber do que se ia passando na minha vida pela facebook. Essa pessoa nem percebeu o ridículo que estava a encarnar.

Sofia disse...

Não conhecia o blog, mas gostei (;

Quanto às redes sociais, eu não tenho filhos, mas se tivesse acho que não publicava fotos deles no facebook. E não critico quem o faz, cada um sabe de si, mas assusta-me imenso pensar quem poderá ter acesso àquelas fotos e para fazer o quê com elas... não vivemos num mundo encantado, cheio de pessoas sérias e honestas, infelizmente. Acho muito bem aproveitares os momentos que tens com o teu filho e acho igualmente bem que o "protejas" do mundo das redes sociais