quinta-feira, 6 de março de 2014

Resolução


Agora vou chocar aquelas mulheres cuja maternidade é sempre Fantástica. Eu preciso do meu espaço como do ar que respiro. Adoro o meu filho, mas estou a chegar ao ponto em que parece que perdi totalmente a minha vida, que tudo e todos mandam mais no meu rumo do que eu.

Estou cansada: calhou-me um homem “pai-galinha”. Eu sou super cuidadosa com o Simão, principalmente no que diz respeito à alimentação, sono e gero o meu dia-a-dia sempre a pensar no seu bem-estar. Mas há limites. Não podemos comer isto ou aquilo por causa do pequeno.Tenho que bater o pé, se não o pequeno continuaria com uma alimentação de quem tem seis meses: nada de sandes ao lanche, nada de especiarias, nada de iogurtes líquidos, etc. Não podemos andar de avião. E depois não quer deixar o pequeno a ninguém nem que seja durante duas ou três horas (mas queria mandá-lo à mãe durante uma semana a mais de 500km para a deixar contente). Desde que o Simão nasceu, tivemos uma tarde a dois. Uma e porque eu insisti. Propôs-lhe irmos ao Rock In Rio este ano. A minha mãe vinha cá passar uns dias e ficava com ele uma noite. Não quer.


Então é simples, este fim-de-semana vou eu sozinha fazer tudo o que me apetece. Vou ao cabeleireiro, vou almoçar fora, vou descansar e ler, vou às compras, ao cinema, tudo. Ainda não lhe comuniquei tal facto, mas está mais do que decidido.

13 comentários:

rosa_chiclet disse...

Bem é uma situaçõa muito complicada.. quando as pessoas deixam de ser pessoas só porque são pais ou mães..

Força..

kisses***

miss sixty disse...

às vezes precisamos de um bocadinho de tempo só nosso...
um beijinho

Moa disse...

E fazes tu muito bem. O máximo que fiquei sem a Moazinha foram umas 6h mas, porque ainda ninguém se ofereceu para ficar com ela durante um dia. Não me importava. Tb precisamos do nosso espaço. De vez em quando deixamo-la com as avós pelo menos para tomarmos um cafezinho sozinhos ou irmos às compras ou ao cinema. Nisso, eu e ele, estamos de acordo. Quanto à alimentação, ela já come basicamente o que nós comemos menos, aquilo que lhe possa fazer realmente mal.
Sai e diverte-te! Beijinho

A Coisa disse...

Acho que fazes bem. Não deixas-te de ser mulher, só porque és mãe.
E ele também devia entender isso. Não há mal nenhum o menino ficar com os avós, tios, primos, amigos ou pessoas de confiança, para que os pais possam tão somente ficar os dois sozinhos, nem que seja a contemplar as estrelas.
É uma estupidez as pessoas deixarem de viver em função dos filhos, principalmente quando eles já não dependem 100% dos pais.
Vai e sê feliz, nem que seja por um dia :)

Jo disse...

Realmente assim também é complicado... Pode ser que com essa tua decisão lhe mostres que é possível, que não tem nada de extraordinário em terem tempo para vocês mesmos, e que seria igualmente saudável terem tempo para vocês enquanto casal...

Opinante disse...

Não te podes esquecer de ti... nem se podem esquecer um do outro...

PrincesaQuaseRainha disse...

Acho que fazes muito bem.
Isso é importante para manter a sanidade. E fazia bem saírem os dois, para manter a "saúde" do casal.
Beijinho

Petra disse...

Fazes muito bem dina por seres mãe não deixas de ser mulher.

Vidas da Nossa Vida disse...

Também estou a precisar de um tempo só para mim! E só quem não é mãe dedicada é que pode achar que não precisamos de tempo para nós. Claro que precisamos. Já escrevi sobre isso. Neste momento preciso de tempo só para mim e de tempo a dois com o meu marido. Não podemos ser só mães!! Temos de arranjar tempo para as outras facetas da nossa vida ou enlouquecemos! Bjs e força aí!!

Lea disse...

Olá!
Concordo plenamente que tenhas uma tarde para ti e jamais penses em sentir-te culpada! Antes de seres mãe, és mulher!
Um beijinho grande!

Alex disse...

Isso vai acabar por passar. Quando o meu filho era pequenino era eu a mais galinha do casal, mas aos poucos fui levantando um pouco da asa, para o meu pintinho começar a caminhar sozinho. Mas vai, aproveita que também precisamos de momentos sozinhas. Beijinhos e bom fim de semana

C*inderela disse...

Não sou mãe mas acho que fazes bem. Não te deves anular por causa da maternidade. Se estiveres bem a tua relação com o teu filho vai sair melhorada :)

Caco disse...

Sim, não deixes de desfrutar dos teus momentos. A chegada de um bebé retira imenso tempo ao casal, mas não deixes de dedicar algum a ti! Beijinhos :-)