segunda-feira, 11 de março de 2013

Os velhos são tramados

A minha querida mãe tem sido de trato cada vez mais complicado. O avançar da idade torna tudo mais difícil e já disse ao L. que se me tornar assim que me interne.
 
Por um lado, queixa-se que está farta de estar sozinha, que não aguenta a solidão (o que é perfeitamente normal). Então eu convido-a a passar cá umas semanas. Não há um dia em que não a tento convencer, porque eu gostava muito que ela nos visitasse com mais frequência. Mas ela não quer. Mas depois acusa-me de nunca lá ir. Só que ela só tem que fazer uma mala e fechar a porta. Eu tenho um filho e um marido que não posso deixar para trás.
 
Depois queixa-se que para vir seria para sempre. Então eu sugeri que podia alugar um apartamento (há 3 vagos no nosso prédio), mas recusa-se porque não quer gastar dinheiro. Só que não estamos propriamente a falar de uma reformada com uma pensão de miséria. Eu só tenho dois quartos e é impossível ter cá outra pessoa a viver a tempo inteiro. E também por uma questão de intimidade, admito. Seria uma solução fantástica, mas recusa-se.
 
E sempre que vem cá quer vergar a nossa casa aos seus ritmos e é totalmente impossível. Aqui levantamo-nos à hora do S (às 7h30), há dias em que não podemos fazer barulhos (quando o pai dorme de dia), almoçamos e jantamos sempre depois do S. - mas ela insiste em jantar as 6 e deitar-se às 7h, por exemplo.
 
Os velhos são tramados (velhos não é mau, é um adjectivo como qualquer outro. Gosto de chamar as coisas pelo nome: velho, feio, deficiente, preto, etc.) e francamente com o passar do tempo, não sei o que ainda me está reservado...

19 comentários:

Suri disse...

A idade traz dessas coisas...

Talia disse...


A palavra "velho", não é feia nem diminuidora da condição, quando é dita com carinho, como aqui o fez.
Belo texto.

Opinante disse...

Forcinha querida...

Sapa Xixi disse...

Como te entendo.
A minha avó também ficou recentemente viúva e leva-nos à loucura, porque não entende que as pessoas têm a vida delas e não podemos passar 24h com ela e eu já fiz malas e fui para casa dela para ela não passar a noite sozinha.
Feitios complicados que vão-se complicando ainda mais com a idade!

Tsuri disse...

Assim realmente fica complicado... mas pode ser que amacie entretanto e resolvam da melhor forma.
boa sorte.

Moa disse...

É verdade, com o avançar da idade ficam cada vez mais complicados...boa sorte!

Jo disse...

Há situações complicadas, de facto, com as quais nem sempre sabemos como lidar... Quando há teimosia da outra parte a coisa torna-se ainda mais complicada.

Jo disse...

Há situações complicadas, de facto, com as quais nem sempre sabemos como lidar... Quando há teimosia da outra parte a coisa torna-se ainda mais complicada.

me disse...

Imagino o quão complicado deve estar a ser para ti toda essa situação. Infelizmente a idade e a amargura das pessoas às vezes complica e muito as relações. Parece que no fundo não querem ser mais felizes. Bjinhos e muita força. Raquel

Sofia Duarte disse...

Olá, queria-te pedir que pusesses "Gosto" aqui:

https://www.facebook.com/festivalsecundario2012/posts/500633693307159?comment_id=5247343&notif_t=share_reply

Se ganharmos, eu e uns amigos ficamos com bilhetes para o festival secundário em Gouveia! Obrigada :)

Eu, Tu e o Meu Blog disse...

São situações muito complicadas...por um lado acho que devemos cuidar porque são os nossos pais...por outro temos a nossa vida. é muito complicado. Força*

Cantinho da Bê disse...

Eu tenho essas questões com a minha avó, com a diferença de que está mais perto. Mas chega a ligar-me depois das horas decentes, para me fazer perguntas sem importância. No caso dela, sei que se sente sozinha, mas tb rejeita todas as soluções que lhe encontramos.

Dina disse...

Sofia Duarte: Já está ;) Boa sorte!

Petra disse...

Oh Dina e não é nada fácil...

Maria disse...

Acho que o que os faz agir assim é o medo que aos poucos se vai apoderando deles à medida que envelhecem...querer dominar as coisas à sua volta é uma forma de querer dominar ainda a vida ... não será?
Maria

Maria disse...

Acho que o que os faz agir assim é o medo que aos poucos se vai apoderando deles à medida que envelhecem...querer dominar as coisas à sua volta é uma forma de querer dominar ainda a vida ... não será?
Maria

Verita disse...

Olá querida,

Não é fácil não senhora!! Falo pela experiência que tive com eles no Lar e às vezes punha-me no lugar da família e não é fácil...muitas vezes eles dão voltas muito estranhas para coisas muito simples!! Receiam ser um estorvo e tentam afirmar-se, não percebendo que isso os faz perder-se naquilo que realmente querem (e que muitas vezes não é o que dizem querer)...é complicado ;)

Luar (I.P) disse...

Não é fácil. A minha mãe por acaso não é nada assim. Adapta-se às nossas rotinas perfeitamente. Já a minha sogra tem de ser tudo à maneira dela...
Feitios...
Bjs e muita paciência

Guinhas disse...

Cada vez acho mais que a idade, em algumas pessoas, traz mto o peso da "vitimização". No fundo acho que são chamadas de atenção.