terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Raciocínio no masculino

 
Passo pelo quadrante da porta, e oiço: «és uma verdadeira gata», e fico estupefacta. Surgem-me na mente várias hipóteses:

1. O homem apanhou febre devido à chuva dos últimos dias
2. O homem está carente e esta é uma tentativa baixa de ter sexo
3. O homem foi visitado pelo espírito santo durante a noite e converteu-se num menino atencioso
 
Mas a explicação não tardou em chegar: «és uma verdadeiro gata. És independente como eles, precisas do teu espaço, não tens dono e se pensamos que te dominamos é mentira, quando queres é que vens pedir mimo, senão assanhas-te como eles.»
 
Fiquei a olhar para ele. Afinal ele está certo a 100%. Essa sou eu. Simplesmente eu. Uma gata.
 
P. S: será pura coincidência a minha sogra odeiar gatos?

11 comentários:

Isa disse...

Adorei! E ele raciocinou lindamente... ;)

Sabor Adocicado disse...

Então eu também sou uma verdadeira gata! xD
No fundo sempre suspeitei!

Miss disse...

Ri-me tanto! Visto assim até é um bom elogio!

Pulseira disse...

Muito bom! Que post fantástico, bom e divertido!

Opinante disse...

Não dês tanta importância à sogra :P

Opinante disse...

Não dês tanta importância à sogra :P

Jo disse...

Desculpa, mas tive que me rir com o P.S.... ;)

Agostinho Barros disse...

Uma das opções podia ser " ele apercebeu-se do quanto essa rapariga valia para ele" . (:

Ps: decidi criar um blog novo ( http://youleave-me-breathless.blogspot.pt/) se quiseres segue , sigo de volta , beijinhos *

MissApuros disse...

Essa ultima pergunta arrancou-me uma grande gargalhada.

Ana disse...

Belo raciocínio :)) Quanto à parte das sogras, acho que elas não gostam de animais na generalidade hehehe

Miss Star Pink disse...

Pronto, eu tb sou uma gatinha. lololol