terça-feira, 7 de agosto de 2012

Maré de sorte

4 da manhã. Depois de uma hora de leves gemidos, o ser mais pequeno de casa acorda. A mãe, com a mania que é inteligente, já tem o cenário todo preparado para alimentar a cria num ambiente serenoe  sem estímulos de modo a que a cria não acorde e volte a dormir rapidinho.

Sentados na cama, o pequeno come. Sem nunca abrir os olhos. E a mãe, feliz, pensa ter conseguido os seus propósitos e já se está a imaginar voltar para os lençóis macios dentro de breves minutos. Coloca sua cria a arrotar, quando sente algo quente na sua perna desnuda.

Há quem diga que pisar em coco dá sorte. Eu que fui banhada nele, devo amanhã ganhar o euromilhões. Estava literalmente toda borrada. Eu, a colcha, os lençóis, o meu pijama. Mas era coco em quantidades astronómicas. Tive que mudar a cria que abriu aqueles grandes olhos e se manteve acordada até às seis da manhã. Eu ainda tive que mudar a cama e tomar banho. Para quem queria uma noite sossegada, tive uma madrugada muito movimentada. Mas a sorte, senhores, a sorte está comigo!

12 comentários:

Cláudia disse...

Joga no euromilhões, mêlher. É hoje! :)

Tania Fernandes disse...

ahhh se assim fosse eu estaria trilionária!! lolololol

Fashionista disse...

eh eh boa sorte com o euromilhões!

Rita disse...

Vai já jogar no Euromilhões!!!

Opinante disse...

Hoje é dia de euromilhões!!! Mega jackpot!

Moa disse...

eheheheh

Lux disse...

O que interessa é que já tens bons prognósticos para os próximos jogos em que te envolvas.

Lux

Guinhas disse...

Dia de Euromilhões!!!Rápidooo porque deves ter um prémio proporcional!

Miss L. disse...

Ao menos dá-te presentinhos! Por aqui está difícil! Não vai lá sem massagens! :(

sofia disse...

É a primeira vez que estou a participar no teu blog, mas ao ker o que escreveste, lembrei-me do tempo em que a minha pipoquinha não deixava dormir ninguem...
Mesmo assim como tive bastantes, bastantes mesmo problemas para a ter, vegetei, sem saber o que se passava durante os primeiros 15 dias de vida da minha filha, e então teve de ser sempre o pai...

Eu adoptei um sistema que doí, mas pelo menos no meu caso foi infalivel...
É hora de cama, é hora de dormir, nas horas de comer lá vais, de resto, espreitas e vais percebendo pelo choro o que se passa, de resto, deixa chorar...
Eles sabem mais do que nós, e só fazem certas coisas para ver se não os largamos.

Desculpa se fui inconveniente, ou algo do genero.

Petra disse...

Uiiii tu vais é ganhar muito dinheiro!

MJ With Love disse...

ahahah adorei a descrição do momento-cocó
ri-me tanto que até o li aqui ao meu homem, que também se riu!
fizeste parecer um momento que podia ser de frustração, num momento cómico
não sei se era a intenção, mas pelo menos deste lado foi assim

xo

MJ

PS - Cheguei aqui hoje e por acaso e estou a gostar de ler o teu blog