quarta-feira, 18 de julho de 2012

O que somos também o somos pelos outros

Dizem que uma pessoa muda com a maternidade. Ainda não sei se é verdade. A única diferença que senti até agora é que prezamos ainda mais a nossa própria vida e saúde. Porque temos um ser frágil que depende de nós e que precisa de nós para crescer e viver. E porque queremos viver tempo suficiente para os ver tornarem-se adultos.
Desde o parto que uma infecção de apoderou de mim. Primeiro do líquido amiótico (que levou à cesariana antecipada) e finalmente uma infecção urinária persistente. Mas até se descobrir, tememos outros diagnósticos mais gravdes. E apenas das dores horríveis, só temia por ele. Porque a nossa vida passa a ser ainda mais importante. Pode parecer estranho, mas acredito que já mais mulheres sentiram isso. E apesar de sempre ter cuidado bem de mim, acredito que passe a ter ainda mais cuidado comigo.

10 comentários:

susiedesonho disse...

É verdade. Por exemplo, eu que sempre tive a mania de dietas excessivas, com a chegada da minha filha deixei-me disso. Prefiro ser cheinha e com capacidade mental e emocional para a cuidar. É muito irresponsável não ter a consciência que eles dependem totalmente de nós.

Rita G. disse...

tens toda a razão. Para eles estarem bem, nós tb temos de estar. Cuida de ti, as melhoras rápidas! bj

Joa disse...

sim a nossa vida muda muito dps de termos os nossos amores perfeitos! **

Pipa disse...

As melhoras minha querida.~

Beijinhos

Moa disse...

As infecções urinárias são terríveis, ainda no ano passado tive uma. É algo que me atormenta, tenho medo de apanhar alguma durante a gravidez! As melhoras Dina! beijoca

Nany disse...

Onde é que eu assino?
As mães não se anulam, lutam mais pelo seu bem estar e pelo dos seus filhos.
Sou picuínhas com as minhas doenças por isso, é que ouvir antes de ir ao hospital, um filho dizer "ó mãe não te esqueças de respirar senão morres", é assustador.
As melhoras
Bjs

Faz de Conta disse...

Espero que corra tudo bem e que não seja nada grave!
Em relação a temermos certas coisas por eles, entendo na perfeição :-) depois de ser mãe dei por mim a ter medo de fazer certas coisas, a andar mais devagar de carro, quase não ando de mota e vou ao médico sempre que alguma coisa não está bem, coisa que antes não acontecia!
Muita força e que tudo corra pelo melhor.

Bomboca do Amor disse...

Por estranho que pareça, olhamos para nós com muito mais cuidado.
Beijinhos e as melhoras querida,
Bomboca do Amor.

Tania Fernandes disse...

Sou de acordo com o comentário de cima, da susidesonho.. também deixei de ouvir comentários do genero: "ah está mais gordinha depois de ter o bebé", "eh pá cresceste", e mais ainda, deixei de ligar aos comentários do espelho. o Que conta é o meu pequeno, poder amamentá-lo é oque me interessa, a dieta pode vir depois. deixamos de ser mulheres, para ser mães em primeiro lugar, isso é o mais importante. Espero que essas maleitas te passem.. eu tb contei com algumas, incluindo uma dor terrivel na anca que me atira de joelhos quando menos espero... mas sabes?... voltava a fazer tudo de novo...

vidasdanossavida disse...

Concordo plenamente. Desde que fui mãe tornei-me mais receosa, arrisco menos e quero fazer tudo o que está ao meu alcance para estar bem e não falhar ao meu filho. No outro dia num passeio de mota com o meu marido dei por mim a rezar... íamos ali os dois! Claro que não podemos estar sempre a pensar no pior, mas é superior à minha vontade...