segunda-feira, 16 de abril de 2012

Será que sou eu que vejo maldade onde ela não está?


A minha querida sogra perguntou-me há meses o que eu gostava para o miúdo: cores, padrões, tipo de roupa, etc. Disse-me para não comprar certas coisas que ela tratava de tudo. Ontem recebi a encomenda: estava lá tudo aquilo que lhe disse que não gostava. Tudo. Nem uma peça que se safa. 

Agora digam-me que foi distração ou que foi atingida de forma fulminante por Alzheimer. É que senão penso que está a gozar descaradamente com a minha cara.

28 comentários:

teardrop disse...

Pois... não sei bem que te dizer! Tenta não te chatear com isso! O teu bebé vai ser muito amado minha querida :)
Beijinhos

Dear Daisy disse...

É lamentável. Nem sei o que te hei-de dizer...
Já sabes o que vais fazer?
Imagino que não deve dar para trocar nada :(

Beijinho

Ana disse...

eu acho que está a gozar com a tua cara, se veio tudo aquilo que especificaste que não gostavas...
beijos

i. disse...

Desculpa a expressão, mas... Que cabra :s Se ela ainda por cima se deu ao trabalho de perguntar... Que lata!!

Dina disse...

Teardrop: Eu não me chateio mas quefoi uma atitude de merd* lá isso foi. O pior é que já podia ter comprado as coisas e agora vou ter que tratar disso...

Dear Daisy: Acertastes: não dá para trocar nada :) Vou fazer uma caixinha e colocar tudo na cave.

Princesse Sofia disse...

Ena eu ia a dizer para pedires o talao....eu depois de anos a ser "encavada" e a dizer que adorava as merdas de prendas que umas certas pessoas me davam decidi ser franca e honesta e dizia "hmm e giro mas ainda tem o talao pa trocar?"...foi remedio santo...agora recebo vales de lojas que sempre e melhor!
Atitude lamentavel mas enfim....

Nokas disse...

É um bocado chato, principalmente quando lhe disseste o que não gostavas...para a próxima acompanha-a quando ela quiser comprar!!

Opinante disse...

Fogo... até eu fiquei incredula! Credooooooooooo!

Isa disse...

Sogras...
Da minha é melhor nem começar a falar ou ia ficar aqui um testamento lol.
Beijokas e tem paciencia.

Dina disse...

Nokas: A minha sogra está na aldeia no Norte e não costumamos fazer compras juntas ;)

Princesse Sofia: Que óptima solução. O problema é que o marido não tem lata para isso tratando-se da sua mãe. Mas tb ficou bastante desiludido com a acção...

algodão doce para duas disse...

A bem da tua sanidade mental ainda bem que ela está na aldeia no Norte....
@Anna

A Solteira disse...

Tenho acompanhado o seu blog e gosto bastante. Adicionei-o à lista de blogs amigos do meu blog. Gostaria que desse uma vista de olhos e se achar interessante, poderá fazer o mesmo! :)

Cumprimentos,

A Solteira

http://oromanceestavivo.blogspot.pt/

Tsuri disse...

Acredito que ela sofre da Sindrome de ser mãe de rapazes. É ter pulso, muito, ter paciência, muita e relativizar ao máximo, concentrando-te naquilo que verdadeiramente interessa, no teu pequenino.
beijos grandes

*C*inderela disse...

eu agarrava nas coisas e dava a uma instituição. se ela reclamasse também dizia "ups, esqueci-me que foram prendas suas!".
Que coincidência incrivel, oferecer-te tudo o que não gostas!

Bjokas

Soinita disse...

Ups... Vamos acreditar que ela foi atacada por Alzheimer momentâneo. :)

Lux disse...

Porra... Que falta de sorte!!!
Olha, eu fazia um auto de fé às tudo... Era uma fogueirinha!!!
Gente chata...

Lux

Miss I. disse...

Hia que cena! Foi mesmo mau! Mas tenta não te chatear com isso! Compras outras coisinhas ao teu gosto!


Beijinho

Mulher, Woman et Femme disse...

Olá Dina, andei para trás no tempo agora! E não pelas melhores razões...

O pior nessas situações é como lidar com o marido, (que é filho)...
Já tive uma sogra assim, e como o filho tb não era grande coisa, despachei os dois, e ponto final! Hehehe...

Também "me fez" algumas assim, e sabes qual a melhor solução que encontrei? Guardei as coisas na gaveta para não ter que me chatear com ele... e quando ela, por ver que a neta não usava as peças que ela tinha dado, me perguntava:"mas não gostou?", eu respondia-lhe sempre: "gostei muito!", mas nunca lhas vestia! Mas como eu não descia de nível, ela tb não, e ficava irritadíssima, mas aguentava-se... e o gozo que isso me dava!!

Infelizmente, são os "esquemas" que temos que arranjar para conseguirmos lidar com gente medíocre!

Mas tens a sorte de o teu marido ser um doce, e valer a pena. Já comigo, tenho a "cruz" para carregar: desde a separação que, quando a miúda vem do pai (ele voltou a morar com a mãezinha...) que ela veste a miúda, que parece ter saído do circo dos horrores...

O que vale é que ela cresce e daqui a uns tempos recusa-se a vestir determinadas coisas!

Desculpa o testamento...

Beijo, Filipa

Friendly words disse...

Hehehehe... olha, eu conheci verdadeiramente a minha sogra depois que o meu filho nasceu..... espero sinceramente que isso tenha sido apenas distracção e há-de ter sido! Tenta relativizar, cm diz a Tsuri!

Beijinho :)

Cláudia disse...

Inspira...Expira... Conta até 1000.

Paciência nesta hora. Muita!

p.s. já agora, por curiosidade (e obviamente que não tens que corresponder!) qual foi a reacção do teu marido?

Miss Star Pink disse...

Dina,
nem sei o que dizer.
Há sogras que insistem a "manchar" o nome da palavra sogra.
Na minha opinião não entres em confronto, ignora que é a melhor coisinha.
Sabes o que tens de melhor a fazer? Agradecer. Isso sim é uma bofetada psicológica. :)

Beijocas e espero que estejas bem

Dina disse...

Claúdia: Por mais incrível que parece, ele tem mudado de atitude em relação às cenas da mãe (antes defendia-a sempre). Torceu o nariz, comentou que era tudo o que tínhamos dito que não gostávamos, tentou dar-lhe o recado de forma simpática ao telefone e disse-me que tínhamos que comprar agora as coisas. Perguntei-lhe o que ia fazer com aquilo e ele disse-me: «guardamo-las lá em baixo na cave.» Como não me quero chatear vão ficar por lá agora. Depois quando doar as coisinhas do bebé mais tarde despacho tudo. Apesar que até tenho vergonha de certas peças. Até tive direito a um pijama com strass e brilhantes e laçinhos de uma cor horrorosa...

Moa disse...

As sogras são terríveis...

Moa disse...

Eu que o diga...calhou-me uma na rifa!! credo

Filipe disse...

Depois de tudo o que aqui li só tenho a acrescentar uma coisa: Ainda bem que nunca serei sogra! :)

Caixa disse...

Que mau pá...

Guinhas disse...

Pois...isso depende um bocado da vossa relação pelo que, deduzo, que não seja excelente!

belle du jour disse...

Querida Dina, é simples. empacotas tudo e mandas prós "ratos" (sotão). tens também a hipótese de dar para caridade. sogrinha querida ;) um beijinho grande!