quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Síndrome d´ A melhor


Cuidado, não se deixem contagiar pelo Síndrome D´A Melhor. Há por aí tanta gente com A melhor vida, O melhor companheiro, A melhor casa, O melhor guarda-roupa, etc. e fazem questão de o dizer a plenos plumões a quem as quiser ouvir. Eu sinto logo muita pena desta gente. Desconfio de quem sente a necessidade de gritar o quão boa é a sua vida, sempre comparando-se com a mediocricidade da dos outros. 

Têm a melhor casa. Pois podem ter um palácio arquitectónico digno da melhor revista de decoração, mas será que aquela casa é um lar com personalidade, marcado por momentos alegres em família e amigos? O meu pai sempre me disse «casa de pobre é casa onde reina a felicidade»....

Mas o pior é quando oiço mulheres dizerem que são A melhor mãe. Não sei, parece-me pouca modéstia. Pode-se ser uma excelente mãe, mas porquê insistir em ser a melhor? Porquê a necessidade de rebaixar as outras mães para serem as melhores? São melhores mães porque os filhos fazem 3 cocós diários, porque já têm um dente aos 3 meses, porque são os primeiros a fazer gracinhas, ou porque este natal lhes vai poder comprar o último jogo para a Playstation 3. É tão deprimente esta atitude. E o pior é que sinto que isto afecta certas mulheres e que as fazem sentir mesmo umas péssimas mães...

Não sei, parece-me que um dia que seja mãe, vá fugir bastante deste tipo de mulher. Porque não são de todo A melhor companhia...

19 comentários:

ce. disse...

Como te compreendo :)

Eu lá vou tentando,mas definitivamente não sou melhor do que ninguém em NADA...tento sempre o melhor que posso,como qualquer uma de nós :)

Sinto-me uma pessoa feliz,porque graças a Deus tudo me vai correndo bem!

Bj

Fashionista disse...

Não é aquilo que podemos dar materialmente que faz de nós melhores mães. Quando olho para trás nunca me lembro do que recebi no natal, mas lembro-me sempre das aventuras passadas em família, das risotas, do carinho!

Nokas disse...

Normalmente essas pessoas precisam de o dizer em voz alta para se convencerem a si próprias...geralmente são aquelas que têm exactamente o contrário!!

*Lili* disse...

Concordo...E por vezes sabe-se lá até que ponto a história contada não é uma inventada?! Pode parecer ridículo, mas acredito que muita gente o faz por pura inveja da felicidade dos outros...

MissBlueEyes disse...

Oh Dina, eu sou a melhor Mãe do mundo do meu filho. É a que ele tem, e tudo o que faço é a pensar que estou a fazer o melhor, mesmo que vá errando muito. Faço-o com a melhor das intenções, e que me desculpem as outras Mães, mas eu tenho o melhor filho do mundo, porque é o meu! Mesmo que para os outros, ele não seja lindo de morrer, mesmo que faça birras que só eu as compreenda, mesmo que seja um mimado de primeira, é o melhor filho :)

Bailarina disse...

Sabes o que se chama a isso?! PDM (p*ta da mania)!! 8)

Bjinho*

abspinola disse...

Infelizmente há muitas A melhor, tem A melhor casa, A melhor viatura XPTO, tem A melhor filha(o) dio mundo , que é super educado e não parte uma janela.

Pois eu fujo deste tipo de pessoas que são a A na educação dos seus filhos e outras não o são.

Acredita que eu como mãe já me sinti a pior mãe para o meu filho de estar sempre a levar por tabela por essas mulheres A melhor em tudo e que eu faço o contrario... o que vale é a minha personalidade não ter sido afectada.

Bjstos

E NÓS SOMOS O QUE SOMOS...

Alice disse...

Gostei imenso deste teu post. Pode não ser O teu melhor post, mas está bem observado.

Não é uma questão de inveja fazer este tipo de observações, embora haja quem o pense.

As pessoas que pensam da forma que descreveste devem achar que nunca há lugar para mudanças, para melhor, serão sempre e tão somente centradas no seu umbigo. E esquecem-se que o mundo lá fora continua a girar, e há sempre melhorias a fazer. Ah! E um mundo perfeito não existe, se o fosse era tão sem graça, como as pessoas que se acham o melhor em tudo.

Beijinho

Saltos Altos Vermelhos disse...

E são uma secaaaaaaaaaaaaa! Isso sim ;)

Alminhas disse...

Querida Dina:)
Eu percebo-te perfeitamente, porém tenho que dizer que eu considero-me a melhor mãe do mundo, para o meu filho. E é bom que assim seja. Contudo sinto-me a melhor mãe, mas não no sentido de ser "melhor" que as outras. Eu sei que sou uma excelente mãe porque tento fazer de tudo para ver o meu filho feliz. E sou apologista dos afectos e não dos bens materiais. Contudo assim como me sinto a melhor mãe, por vezes, quando falho de alguma forma, também me sinto a pior mãe do mundo. E não tenho vergonha de o dizer, porque sei que não sou perfeita. Ninguém o é. Na minha opinião são poucas as pessoas que são e têm o melhor do mundo. Pois a realidade demonstra que o ser humano quanto mais se aproxima da perfeição, mais se sente insatisfeito. Quanto mais se tem, mais se quer. Por isso eu sou feliz com pouco que tenho, que para mim é muito:)Beijinhos

Moa disse...

Modéstia é coisa que vai escasseando hoje em dia...

Dina disse...

Claro que somos todos A Melhor na medida de que nos dedicamos a 100% a quem amamos. Neste caso, aos filhos. Mas a nossa excelência não tem que passar pelo menosprezo das outras mães, que também se entregam plenamente ;)

Devaneios.de.mestra disse...

uiii e há tantas dessas por aí... Também não gosto nada de pessoas assim com a mania.

Tsuri disse...

Querida Dina, não sei se recebeste o meu comentário, mas deu erro ao processar. Assim sendo volto a deixar a minha modesta opinião.
Como sabes sofro por não tolerar gente assim, aliás, já o disse tantas vezes e até dou o exemplo da Coisinha (a namorada do amigo do marido).Desprezo.
Citas muitas vezes o teu pai e imediatamente o relaciono com o meu pai que diz coisas muito semelhantes, e essa expressão é das que mais usa:)
beijinhos

susiedesonho disse...

Querida Dina, não imaginas a quantidade de mães que sofrem desse síndrome e me fazem sentir mal pela minha filha ainda não andar. Como se eu pudesse fazê-lo por ela mas enfim... Não quero nem sei ser a melhor mãe. Mas quero ser a melhor amiga.

Bj,

Susie de Sonho.

Sónia disse...

é bem verdade, existem pessoas e não só mulheres que insistem em ser os melhores em tudo, e gostam de se fazer mais que os outros rebaixando-os. Desse tipo gente eu quero é distância não tenho tempo nem paciência para egos grandes!

Guinhas disse...

Entendo te...e como!!Não há saco!!

salto para a lua disse...

e olha que na blogsfera também não falta pessoal assim...

aprendereorganizar disse...

Subscrevo à tanta falta de humildade neste mundo que até doí...