segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Eu sou aquilo que perdi...


O tempo e a dor fizeram-me perceber que temos sempre que sorrir perante o que nos acontece. Pode parecer mau, mas há sempre um lado positivo naquilo que nos acontece. Pode demorar a revelar-se e no momento parecer impossível mas é verdade. Alguém dizia «ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas». É algo difícil mas não impossível.

Continuo a ter imensas saudades do grande homem da minha vida. E sei que terei sempre. Mas agora consigo sorrir para com ele. Senti-lo aqui junto de mim, sempre. Os meus olhos continuam a verter lágrimas, mas sei que ele está em paz. Já consigo falar para com ele. Porque sei que ele é o meu anjo, o que me protege e acompanha diariamente. Ele sempre o fez em vida, e sei que continua para além da morte. Pode parecer estranho, mas é uma força invisível que me faz seguir em frente e aguentar os remos. Sei que ele estará nas piores turbulências da vida. As vezes tenho muita pena de ele não estar para partilhar comigo as minhas felicidades, mas depois lembro-me que não é verdade. Só está de uma maneira diferente. Por vezes apanham-me a rir sozinha, porque  estou a vê-lo a rir-se comigo de uma determinada situação, em que só eu e ele percebemos o motivo da risota.

A vida pode ser uma merda, mas temos que encontrar um modo de a viver de forma mais sorridente. Há sempre uma maneira de escapar à loucura, à depressão. Tudo está nas nossas mãos, sempre. Só e única e exlusivamente nas nossas mãos. Tem um problema? Pense: poderia ser pior? Sim. Então sorria da sua sorte. Posso parecer maluca, mas ajuda muito a levantar a cabeça e ir à luta!

12 comentários:

Me disse...

É isso mesmo! Não é uma questão de comodismo ou de não querer mais, é tão só e apenas tentar ser feliz com aquilo que se tem!

Opinante disse...

É isso mesmo, infelizmente só quando o pior acontece repensamos as coisas... Há que acreditar que melhores tempos virão..

No meu caso sei que não se avizinham tempos fáceis, e de hoje a um mês já saberei a sentença, mas cá estamos nós, para enfrentar a vida... Porque a vida é boa, e tem que ser bem vivida...

Moa disse...

é bom pensar assim! eu tb tento...

Tsuri disse...

Querida Dina, sei tão bem do que falas... e essa paz que a protecção do teu anjo te traz faz maravilhas. Sempre que me acontece algo de bom não consigo evitar de olhar o céu e sorrir, porque sei de quem foi a obra e isso traz-me uma paz enorme. Mantem esse pensamento e verás que conseguirás levantar a cabeça e seguir em frente, sempre de mão dada a ele:)
beijinhi

susiedesonho disse...

Minha querida Dina, ainda bem que passei por aqui pois estava mesmo a precisar de ler algo que me desse força para tirar a depressão que me invade da mente.

Bj,

Susie de Sonho.

Isa disse...

A maior parte dos dias eu consigo ser feliz com o que tenho, mas quando não consigo custa tanto...

Elisabete disse...

Concordo! Tem mesmo que ser por ai, senão dávamos em malucos! Uso a mesma técnica, quando me sinto em baixo penso mesmo isso, há quem esteja bem pior! E acaba por ajudar sempre qualquer coisa! :)
Beijinho

Alminhas disse...

Uma grande verdade Dina! Eu acredito que são os momentos menos bons que nos ensinam como ser verdadeiramente felizes. Isto é, através do sofrimento, aprendemos a dar importância ao que realmente é bom e ao que nos faz felizes na realidade. Todos nós temos dias menos bons e todos nós nos queixamos de vez em quando das partidas que a vida nos prega, mas pelo menos no meu caso, depressa passa. Pois a vida ensinou-me que existe sempre alguém pior que nós e que devemos acreditar sempre que amanhã é um novo dia e sorrir.
Eu hoje já faço parte da geração que diz, que o mais importante na vida é a saúde. Com saúde consegue-se tudo!
Em relação ao teu pai, não poderias ter melhor anjo da guarda! E as turbulências da vida ele passou-as cá. Acredito que ele agora está num sitio melhor em paz, onde não há dor, nem sofrimento, a fazer aquilo que ele mais gosta: cuidar e olhar pelo seu grande amor, que és tu;) Agora estarás sempre protegida! Beijocas grandes e desculpa o testamento

ladybug disse...

Admiro-te...

Dina disse...

Opinante: eu conheço esta angústia, mas tens que ter sempre fé e força. Vais ver que tudo vai ficar bem!

Alminhas: fiquei tão emocionada com as tuas palavras...

Verita disse...

Não percas esse sentimento puro! Acredito que seja uma grande ajuda para ultrapassar a tristeza, os problemas e as dificuldades, mas também para partilhar a alegria e a felicidade!

Nokas disse...

Concordo...mas às vezes é tão dificil, as forças faltam e parece tudo perdido!