quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Estou fula


Há toques ainda piores do que os relatados no post abaixo. A sentença do meu marido saiu hoje (aquele processo por causa de um toque com a viatura da PSP num caso de assalto a um banco com vítimas): 30 dias de multa! Ou seja, um mês a trabalhar de graça!! Estou tão revoltada com o nosso sistema!

Só me apetece chegar à esquadra e partir os carros todos. Tenho a certeza que não me aconteceria nada. Os vândalos saem sempre impunes. Agora um homem de trabalho que se dedica diariamente ao cidadão, que arrisca a sua vida pelos outros, não. Estás no exercício das tuas funções, cumpres ordem, mas se algo corre mal a culpa é tua.

O Estado português está falido, mas continua a comprar carros de alta cilindrada para os membros do Governo, enquanto que os carros da PSP não têm seguro. Pois, mas quem ganha 600€ é obrigado a pagar seguro automóvel, mesmo agora que deixa de receber parte do subsídio de Natal.

Só me apetece mandar toda a Instituição à merd*. E muito mais. E o dinheiro faz sempre tanta falta... Que raiva!

28 comentários:

Verinha disse...

Fogo!!! Um mês sem ordenado?! é inadmissivel! Este país vai de mal a pior!
Tens razão para estar assim desconte amiga, muita razão mesmo!
Ele não pode recorrer da decisão? Não se pode fazer nada? é comer e calar?
Vá querida respira fundo, estou a torcer por vocês e que esse mês passe rapidinho.

bjks grandes

*C*inderela disse...

era caso para dizer que fiquei perplexa com o teu relato mas muito sinceramente já nada me choca com a "justiça" portuguesa.
ele já sabe, para a próxima deixe os criminosos fugir porque sai mais barato!

bjokas

Dear Daisy disse...

Tens toda a razão :(
Há uns anos roubaram um carro ao meu marido. Depois de muita história, o polícia disse: "Eu até gostava de ir atrás dele e de o apanhar. Acredite que gostava. Mas se tiver um acidente, quem paga sou eu. Se estragar a farda, quem paga sou eu." e etc e tal...
Compreende-se, não?

Liliana disse...

Isto é surreal! Só mesmo neste país! Até tenho vergonha!

Coragem linda!

Tsuri disse...

Bolas, nem acredito no que li. Como é que é possível? Vocês não podem recorrer de alguma forma? Fogo isso era até de denunciar na televisão, etc, etc.
Tem calma e vai dando notícias.
beijinhos

teardrop disse...

É inacreditável o que se passa neste país! O teu marido estava a servir os interesses do estado e da população! Os bandidos saem sempre impunes e depois vemos estes casos que nos fazem sentir vergonha deste país e revolta por pagar impostos que servem para quê?!

Fashionista disse...

bolas.. desconhecia! Um mês a trabalhar de graça por causa de um acidente no exercício das suas funções!! Escandaloso!

Agridoce disse...

Estas histórias deviam vir mais vezes a público, para ver se as autoridades competentes são obrigadas a abrir os olhos. Isto não tem sentido nenhum!

Sara disse...

Inacreditável!!!
O nosso sistema de justiça anda todo bagunçado... É injusto e inadmissível!!!
Raio de país o nosso.

aprendereorganizar disse...

Que grande mer* mesmo, se ele tivesse participado no assalto provavelmente a esta hora estaria livre de qualquer castigo.o mundo está podre:(
Lamento muito Dina mesmo minha querida.Beijinhos

Pipa disse...

Fogo... quer dizer, arrisca a vida, trabalha que se desunha, e ainda fica um mês sem ganhar!!! Se calhar o melhor era ele voltar-se para o crime. Diz que compensa mais que trabalhar honestamente. Estou revoltada..

beijinhos

Dina disse...

Os media estão mais preocupados em cobrir notícias de «violência policial», «erros policiais», «coitado do ladrão que levou um tiro depois de roubar»...

Lux disse...

Como eu compreendo querida... É lixado que uns míseros 600 euros possam fazer tanta diferença na vida de uma pessoa.
E sim, o governa corta onde não deve para gastar também naquilo que não deve.
E eu, que sou funcionária pública já sinto isso há muito tempo (tal como o teu marido!).
Mas melhores dias virão.

xoxo
Lux

Purple disse...

Só consigo dizer que tens TODA a razão do mundo, embora isso valha pouco quando se pune alguém de uma forma tão injusta.

Beijinhu

Moa disse...

é mesmo caso para estares fula...a vida vai é pros gatunos e filhos da p***, quem trabalha é que se f**e...desculpa lá a linguagem mas estas merdas revoltam-me!

Bomboca do Amor disse...

É uma vergonha!
Até eu sinto essa tua revolta.
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

Soneca disse...

Dina,até se tem falado na TV (já ouvi na SIC), de como os elementos das forças de segurança não têm "apoios e condições". E têm todos muito cuidado com a maneira como dizem as coisas, pois pelos vistos há represálias para quem falar de mais! Não falam é nos programas mais indicados, o que é uma pena!
Percebo a tua revolta. O que vemos acontecer no dia-a-dia faz-nos questionar tanta coisa!
Como te percebo!

Sofia disse...

Que injustiça...
Um abraço apertado

Miúda disse...

Bem, que situação!! Realmente isto funciona muito mal e isso ve-se com casos iguais a esse e outros que às vezes ouvimos. Para os ministros e outros ligados a eles, nunca lhes falta nada. Infelizmente, quem paga sempre é o trabalhador :/

secretasme disse...

E é caso para dizer que não há mesmo justiça neste país!
Uma vergonha!
Paga sempre o justo pelo pecador!
Como é que raio é que querem os policias a cumprirem o seu dever para depois acontecerem-lhe estas atrocidades?!

Muita força para os dois!

Palco do tempo disse...

que tristeza .... :/

Pipita de Chocolate disse...

Estou igualmente revoltada. É uma falta de respeito tremenda por estes profissionais. Tenho ouvido com cada coisa...é impressionante. Os policias não conseguem exercer a sua profissão com dignidade, por causa de uma série de obstáculos que lhes são colocados...é uma tristeza...

Bjs

Pimpinela disse...

fogo... :S:S:S
é inadmissível!!!!

Isa disse...

Isto é um escandalo! Primeiro os carror da psp não terem seguro, depois o castigo que deram a um homem que provavelmente bateu em serviço! Simplesmente escandaloso!

Marta Inês disse...

Não dá para recorrer dessa decisão? Certamente teria o apoio no local de trabalho...
Cada vez mais o crime compensa. Não vale de nada sermos honestos.

Beijinhos*

Opinante disse...

Vergonhoso...

http://opinioesemteia.blogspot.com/

Dina disse...

Ele vai ter com o advogado esta tarde para preparar o recurso, mas não quero ter grandes esperanças...

Mary disse...

Bem... Não fazia ideia que era assim que as coisas se processavam! Já sabia que os carros da PSP não têm seguro, mas esta situação que contas é vergonhosa! Viva o trabalho escravo! E ainda por cima, nem é um trabalho qualquer, é um trabalho de risco e de muita responsabilidade!