terça-feira, 30 de agosto de 2011

Devo ter um fusível a menos


O meu marido chegou ontem a casa depois de 12 horas de serviço todo animado e sorridente. Estava eu sossegada no sofá a folhear o novo catálogo IKEA, quando olho para aquela cara e na minha mente de mulher desfilam mil e umas razões, em velocidade super-sónica «tramou aquele colega de quem não gosta nada?! Será que é um caso com a colega?! Ganhou a lotaria? ...» Aquele sorriso era suspeito.

E então começou a desbobinar a história que o deixava tão feliz: «Amor, hoje andamos aos tiros!!» E tive direito aos pormenores todos das cenas de cowboys em que andou metido. A minha cara deve ter mudado mais de mil vezes e assumir um ar assustado e preocupado. Claro que ele estava bem, mas são tiros, porra... E para mim tiros mete logo armas de fogo, ferimentos, sangue, etc.

E pronto. Culpou-me de falta de entusiasmo. Era porque devia de gostar de partilhar com ele os momentos bons da vida (??). E saiu amuado porta fora. A minha mãe bem me dizia que os homens não foram bem acabados. As mulheres foram criadas da costela de Adão, mas com a costela também veio o bom senso. E pronto lá tive que ser eu a pedir desculpa e a explicar-lhe que uma mulher normal fica preocupada quando sabe que o seu marido esteve envolvido num tiroteio. Eu juro que merecia alguém mais sensato. Ou eu uma dose extra de loucura para aguentar este casamento (eu sou feliz com ele, muito, mas há dias em que precisava de fazer uma actualização de software para o entender).

22 comentários:

Soinita disse...

Os homens realmente por vezes entusiasmam-se com coisas estranhas...
Beijinhos

Bomboca do Amor disse...

Mais tarde ou mais cedo ele vai acabar por dizer a tal frase "afinal, a minha mulher tinha razão!".
Beijinhos querida,
Bomboca do Amor.

Tsuri disse...

Dina, acredita que está-lhes no sangue. O meu é igual. Há uns anos o meu marido queria inscrever-se para os bombeiros sapadores. Prestou provas e tudo. E por mais heróico que seja eu iria andar sempre com o coração nas mãos e mostrei sempre o meu desagrado e ele não entendia.
Beijinho

Me disse...

Diz antes que precisavas de fazer uma "desactualização" de software para o entenderes... hehehe!

Dina disse...

Ai Bomboca, eu ADORO ter razão e que mo admitam na cara. Mas esta é das poucas situações em que prefiro que não o tenha que admitir :/

É irracional mas sempre que passam ambulâncias quando ele está de serviço eu fico com o coração apertadinho (ele trabalha na zona). Então mando uma sms como quem não quer a coisa, e se demorar a responder fico tão nervosa...

Opinante disse...

Os homens são mesmos uns "bichos" estranhos... mas amorosos :)

http://opinioesemteia.blogspot.com/

Moa disse...

como eu te entendo... o meu tb anda por essa profissão... e tb já andou metido em tiroteios. Mas só me disse passados alguns dias pra eu não ficar aflita! Num dos tiroteios o colega foi atingido num pé. Não foi grave mas fiquei assustada!!

Purple disse...

Acho que com a tal costela também veio a nossa imaginação. Sim porque eu quando oiço o R. sair na mota imagino 30 mil cenários com uma única coisa em comum...são todos maus.
LOL mas deixa um dia que vocês concretizem o vosso sonho e a vossa filha/o lhe disser "Pai hoje andei aos tiros" ele vai dar muito valor ao que tu sentis-te :)

Beiju

Palco do tempo disse...

ahahhaah :)

susiedesonho disse...

Compreendo o teu sofrimento. Tenho uma amiga que o marido é GOE (acho que é assim): ele adora as aventuras em que se mete. Ela morre de medo. Mas, como diz o salmo, "na saúde e na doença, na alegria e na tristeza".

Bj,
Susie de Sonho.

Anabela disse...

Eu compreendo bem a tua reação, eu faria o mesmo.
De facto os homens são uns seres estranhos... ainda bem que correu td bem.
Bjs

Dina disse...

Opinante: é bem verdade... também é o que lhes vale, porque senão ninguém lhes pegava ;)

Purple: bem pensado. Ai a nossa imaginação fértil... imaginamos logo os piores cenários :)

Me: é isso mesmo :)

Paulinha disse...

Felizmente que o meu marido nao tem uma profissão considerada perigosa! Mas sei bem o que passas, o meu cunhado é bombeiro e a minha irmã anda sempre com o coração nas mãos em situações como fogos e etc...

Nokas* disse...

Eu, stressada como sou, acho que preferia nem saber dessas histórias, caso tivesse um marido polícia!

Alminhas disse...

lol Para a próxima fica toda entusiasmada e diz-lhe que estás a pensar comprar uma arma para começarem a divertir-se! Brincadeirinha, não lhe digas isso, senão é que ele fica furioso:) Tens que ter paciência, afinal é o trabalho dele e apesar do risco a adrenalina que fica é contagiante... Afinal o trabalho de escritório não dá pica nenhuma, o bom mesmo é sair para o terreno e pôr em prática aquilo que aprendemos. Ele queria apenas que ficasses orgulhosa dele e do seu acto de heroísmo ;) Homens! Não há quem os perceba. Beijinhos

Alminhas disse...

lol Para a próxima fica toda entusiasmada e diz-lhe que estás a pensar comprar uma arma para começarem a divertir-se! Brincadeirinha, não lhe digas isso, senão é que ele fica furioso:) Tens que ter paciência, afinal é o trabalho dele e apesar do risco a adrenalina que fica é contagiante... Afinal o trabalho de escritório não dá pica nenhuma, o bom mesmo é sair para o terreno e pôr em prática aquilo que aprendemos. Ele queria apenas que ficasses orgulhosa dele e do seu acto de heroísmo ;) Homens! Não há quem os perceba. Beijinhos

Ana FVP disse...

Tiros???!!!!! Oh god!

Nokas disse...

O entusiasmo dos homens e a preocupação excessiva das mulheres é uma combinação explosiva :)

Guinhas disse...

Simplesmente...homens.!

Isabel disse...

"actualização de software" é muito bom!!!

Megan disse...

Ai, eu ficava logo preocupada, tal como tu. Mas eles, homens, se calhar não entendem essa preocupação.

meninaluaprimavera disse...

quem ama preocupa-se... eles no fundo (bem lá no fundo!) entendem a nossa preocupação!
mas pronto! para a próxima partilha com ele "os bons momentos da vida"!
bj