quarta-feira, 9 de março de 2011

Os homens também são criaturas fragéis...


... e inseguras. Há muitas mulheres que não têm noção disso. Mas os homens tambéms têm os seus medos e os seus complexos. Se por um lado, a mulher facilmente fala deles de viva voz, um homem dificilmente fala dos seus complexos: porque tem medo de ser gozado e de passar por um ser demasiado frágil quando socialmente, um homem está acima destes problemas de auto-estima.

Não é a primeira vez que leio pela blogosfera que nunca se viu um homem complexado por causa do seu  peso. Mas eu conheço uns quantos homens complexados. O meu marido é um deles. Foi difícil ele passar a ser capaz de verbalizar os seus complexos mas agora diz-me várias vezes «as minhas mamas são tão grandes (pelos peitorais)», «os meus abdominais eram tão definidos», e agarra na gordura localizada com nojo e revolta, como qualquer mulher o faria. E noto logo quando deixa de comer tanto, sei que está novamente obcecado com a sua forma física. E os homens têm medos que as mulheres não têm. Há homens que têm um medo louco de não conseguir manter uma erecção numa relação sexual. Imaginam o quanto pode ser perturbador mental e fisicamente?

O meu homem está a chegar aos 30 com uma verdadeira crise de meia idade. A semana passada tive o atrevimento de lhe dizer que com a sua idade o metabolismo já não queimava gordura como antes e foi o descalabro... E agora quer mudar de guarda-roupa. Afinal casei com uma Rebecca Bloomwood!

Por isso meninas, não vejam os homens só como seres superiores, duros, e insensíveis. Também têm medos e fragilidades, só que têm mais dificuldade em mostrá-las. Afinal são criados, pela família e a sociedade, de modo a criar essa capa protectora para não deixar transparecer o que são verdadeiramente, para não correr o risco de serem apelidados de bichonas...

9 comentários:

Bailarina disse...

É verdade!! E quando eles andam mais calados, vê-se logo que não andam bem, mas não o dizem...

chiclas disse...

...

Pistaxa disse...

Mais uma vez não podia deixar de concordar.
Mas será que eles ultrapassam essas inseguranças mais facilmente que nós, ou é tudo uma questão de verbalização?

Beijinhosssssssssss

Lux disse...

Como sempre concorde totalmente contigo... Eles também têm medos e inseguranças, como todo o ser humano...
A diferença está na forma de (não) verbalizar a coisa! E por isso mesmo, creio, que por vezes sofrem ainda mais!

xoxo
Lux

Marabunta & Framboesa disse...

é verdade! o meu também está a chegar aos 30 :) felizmente tem um bom metabolismo (ao contrário de mim) mas já começamos a ficar diferentes... o que importa é que eu quero muito envelhecer ao lado dele e espero que ele tenha essa noção! que vou sempre olhar para ele da mesma maneira :)

Filipe disse...

:) é como eu sempre digo... homens e mulheres, apesar de diferentes, são mais parecidos do que imaginamos!

Pinkk Candy disse...

podes crer, mas muitos não verbalizam o que os aflige e isso não lhes deve fazer nada bem.

My lovely clothes disse...

Concordo com tudo e por isso, por muito estranho que pareça, para mim quando um rapaz demostra algum tipo de sentimentos ou receios que muitos tem medo de mostrar, acho-o logo mais interessante. É estranho eu sei.
Beijinhos

Verita disse...

É bem verdade!! Nos últimos tempos vi o meu chorar como nunca tinha visto em treze anos...acho que acumulou tanto que rebentou!!