quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Sentimentalismo


Regularmente faço uma limpeza à tralha que se acumula lá por casa: papéis, revistas, bijutaria, maquilhagem, cremes e roupa que já ninguém usa e que só estão a ocupar espaço.E aqui vejo muito da diferença que existe entre um homem e uma mulher.
Para um homem uma camisa usada é apenas isso: um pedaço de pano velho, descolorido e coçado. Para nós mulheres uma peça de roupa é muito mais do que isso: é um encontro, são lembranças de momentos partilhados com pessoas, é felicidade, são lugares onde fomos felizes... É estranho como nos podemos agarrar a peças de roupa e dar-lhes um valor sentimental tão grande. Há peças de roupa das que sou incapaz de me desfazer porque seria deitar fora uma parte de mim, do meu passado. O meu marido só abana a cabeça sem perceber o que possa sentir. Mas tenho a certeza que não sou a única...

16 comentários:

Sorriso ツ disse...

Pois não és não... :) Tenho uma camisola que foi o meu marido que me ofereceu, bem no início do namoro. Já não me serve, até está a perder a cor (de tanto que a usei e lavei - lol), mas não consigo desfazer-me dela. Lembra-me aquele tempo, em que nos estávamos a conhecer, e traz-me outras tantas boas recordações.
Ah, e ainda tenho os meus cadernos todos da escola, de todos os anos. Também não consigo desfazer-me deles porque têm, para além dos apontamentos das aulas, recados que as minhas amigas me deixavam, entre outras brincadeiras (como vários jogos do galo)que fazíamos quando não queríamos ouvir os professores (lol). Bons tempos aqueles... ;)

Beijinhos :)

C disse...

Claro que não és, eu sou uma delas e por mais que até queira dar a dita peça de roupa começo a olhar para ela e lembrar-me que foi usada em tal momento.

lisbon new-yorker disse...

Não és! É aquela roupa que usámos naquele dia, naquele momento...e fica ali para sempre! Nem que esteja velha, rota e acabada, guarda-se no cantinho do armário e na gaveta do coração.

(que pirosada lol)

madeMOIselle disse...

Confesso que lá em casa é o contrário. Ele é que é o sentimentalista, super nostálgico, muito apegado a objectos e recordações. Eu sou mais desprendida. Ele é virado para o passado, eu para o futuro. Por isso, não entendo bem esses sentimentos de que falas.

Kikas disse...

não ês não.

eu ainda guardo um camisolão que o Pedro me ofereceu...ai a uns 15 anos.

tenho um bau com recordações dele para dar ao F, onde está um t shirt que eu simplesmente odiava e agora não consigo desfazer me dela.

e lembro de nos tempos da faculdade ter chorado baba e ranho por ter perdido uma bic...aquela bic tinha um azul k eu adorava escrever...pois é, eu chorei por uma bic

Bailarina disse...

Claro que não és... Somos todas assim!! 8)

Cláudia disse...

Eu confesso que detesto deitar coisas fora...
Guardo tudo tudo :)

Scarlet_Perry disse...

Se eu fosse so assim com roupas!!Ele `e contas de restaurante, bilhetes de cinema, entrada num sitio qq, objectos com valores especial...
Enfim, guardo tudo!Depois a casa `e um entulho!! :D

Filipe disse...

Todos nós temos uma necessidade de criar laços a "coisas", lugares, pessoas, circunstancias, palavras que nos liguem e nos torne mais presente, momentos de felicidade e bem estar.
Cada um é como cada qual, nem todos têm essa necessidade de guardar uma memoria fisica de algo que nos conduz a algo essencialmente sensorial.
Sou a favor de guardar tudo aquilo que faz parte da nossa identidade como pessoa... e não acho sequer motivo de vergonha que assim seja. Devemos ter orgulho daquilo que somos... pelo menos, demonstrar orgulho nas coisas das quais nos orgulhamos.
Por isso... seja uma peça de roupa, um papel amarrotado, um bilhete de um concerto, uma mensagem no tlm, uma fotografia, um significado, uma lembrança, uma memoria, um pensamento... seja algo mais ou menos fisico (até porque cada um de nós não é mero ser fisico).. guardar esses pedaços de passado é manter presente momentos que queremos reviver no futuro... para o bem e para o mal... até porque poderemos fazer desaparecer e destruir todas aquelas coisas que nos ligam a momentos negativos... mas esses momentos continuam ligados a nós... (com consequencias bem intensas e efeitos bem fisicos).
Só um exemplo de minha parte: Tudo que é sms de amigos a dizer que o ou a já nasceu... continua tudo no tlm. :) (querem algo mais lamexas?!)

Miss Star Pink disse...

Dina,
hoje depois de manhã após ter lido o teu texto, finalmente, coloquei no caixote do lixo um necessaire que tem cerca de 14 anos e do qual não me conseguia livrar! Tinha sido comprado numa viagem a Espanha quando andava no 11.º ano e já estava todo roto. No entanto, sempre q olhava para ele pensava "tão fofinho e foi o meu primeiro necessaire". Hoje foi para o lixo!
Thank's! :)
Nós realmente temos q ser um pouco mais desprendidas, caso contrário é só tralhas em casa.

Beijocas

Lux disse...

Eu também já fui muito mais chegada às coisas do que neste momento...
Confesso que já fui assim, de guardar tudo, mas agora sou o oposto... Não serve, não uso, já não gosto ou já não quero, dou. Ponto.
E deixo de ter os armários ainda mais atulhados do que o que já estão.

xoxo
lux

Nokas disse...

Eu gosto de guardar tudo...às vezes lá tento desfazer-me de certas coisas mas depois vêm as lembranças e guardo-as de novo ;)

formiga disse...

Como eu te compreendo... Cada vez que penso em arrumar toda a roupa, acessorios, etc e tal é uma chatice, porque começo cheia de certezas e depois vou deixando-me levar pelas coisas que a roupa "me diz". Conclusão...vou deixando ficar e ficar e vou acumulando coisas que já não visto há muito tempo.
Sou assim... o M. Farta-se de ralhar, mas eu sou assim não há nada a fazer.

Beijinhos querida

Fios de Vida disse...

Ai, acredita que é bem verdade! Não consigo deitar nada fora. Depois tenho uns repentes e deito fora sem olhar para não me arrepender mas custa tantoooo... Beijinhos

Geraldo Brito (Dado) disse...

Saudações e parabéns pelo blog!

Blond Girl... disse...

Eu nao sou assim com a roupa , talvez com outras coisas , mas com a roupa nem por isso , se está estragado ou nao serve dou a alguem ou mando fora , gosto de mandar tudo fora lol paranoias ...