quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Salada russa de emoções


Toda a gente sabe que as mentes masculinas e femininas são diferentes. Portanto há que assumir as diferenças e agir de modo a tornar o dia-a-dia o mais amigável possível. Oiço queixar várias mulheres que os homens não percebem o que elas lhes tentam dizer. Pois, já pensaram que se não falassem por código, a coisa seria mais fácil? A maioria dos homens não tem as capacidades do Robert Langdon para decifrar mistérios, anagramas e companhias. Até tenho pena de alguns homens, a sério. Não podíamos tornar a vida deles muito mais fácil se fossemos directas? «quero isto. Gosto disto. Odeio quando fazes isso. Nunca mais me compres isso. Não, não gosto deste filme, etc.». Agora o talvez que quer dizer claro, sem dúvidas. O não que quer disser sim. Mas o não com uma ligeira entoação (perceptível somente à mulher), já quer dizer sim, nunca ouves o que digo, nem consegues intrepretar os meus sentimentos, és frio e egoísta

Os homens podem ser limitados. Alguns são. Não diria insensíveis, mas lidam de forma diferente com os assuntos do coração. Há coisas que, para nós mulheres, são assuntos de Estado, e que para eles não têm importância nenhuma. A sonoridade de um peito é para eles alvo de mais análise. Mas também temos culpa de os baralhar. Se fossemos um pouco mais simples e directas, de certeza que haveria muitas discussões e birrinhas que deixavam de existir...

9 comentários:

Ana disse...

Há dias deixei um comentário num blog sobre esse assunto e também já fiz um post sobre o mesmo. Na minha opinião, é isso mesmo, a culpa desses mal entendidos é das mulheres. Seria tudo muito mais simples se dissessem aquilo que pensam e querem, sem jogos e artimanhas. Não custa nada, e não é por isso que se tornam menos desejáveis, interessantes ou seja lá o que pretendem parecer com os enigmas.

bjs

Filipe disse...

"Toda a gente sabe que as mentes masculinas e femininas são diferentes"... por haver uma noção tão clara disto é que as pessoas vão continuando a agir desse jeito. Assume-se essa diferença e isso dá legitimidade para que as atitudes de ambos os sexos sejam muitas vezes bastante distintas.
Acredita-se que essa diferença é inultrapassável e por isso, vai cada um ao seu jeito, tentando transmitir ao outro aquilo que cada um acha que o outro é! Por isso os “joguinhos”… a mulher assume que o homem acha sempre que o que ela pensa é o contrario do que ela diz… mas nem sempre! :) E o homem, fica a pensar… “será q ela queria dizer mesmo aquilo?”… e lá por dentro, muitas vezes até desconfia que na realidade ela queria dizer uma outra coisa… no entanto fica na defensiva e dá primazia à forma literal das palavras… até porque é a forma mais viável de se justificar.
Enfim… :) tem o seu quê de piada, convenhamos! :)
Eu continuo a acreditar que, homem e mulher, apesar de diferentes, são mais parecidos do que imaginamos… é tudo uma questão de perceber os fins e não os meios. No fundo ambos gostam de amar e de se sentir amados… por mais distintos que sejam os caminhos que cada um utiliza, por mais “regras” culturais e sociais a impelir o contrário… todos querem amar e ser amados… todos… não é uma questão de género… é uma questão de sobrevivência… humana!

Sofia disse...

É mesmo: para mim é frontalidade, preto no branco. Para quê complicar o que pode e muitas vezes é simples?!
Beijinhos,
Sofia

Mariana disse...

Gostei da referência ao professor Robert Langdon:)
Bjs*

Luisinha disse...

Completamente de acordo. Há uns anos li um livro que era "Os homens são de Marte e as Mulheres são de Vénus" que fala precisamente disso.;))
Bjinhos

Dina disse...

Eu acho que o grande problema da nossa sociedade é o medo pela frontalidade. Há muito pouca gente que sabe lidar com ela. Queremos emancipar-nos mas quando toca a emitir opiniões e desejos de forma directa, as mulheres fogem a sete pés. Mesmo entre amigas...

a Gaja disse...

por vezes, nós as mulheres, complicamos um bocadinho e depois o resultado não é aquele que esperamos e fazemos birra. Aos poucos e poucos fui deixando de fazer esses filmes mas não quer dizer que não os faça de todo. Aprendi a falar do que penso, sinto e acho e se a outra pessoa não entender então sim temos um problema.

*MARCIA E CARLOS* E LINDAS MENSAGENS disse...

Oi anjo

Hoje é um dia qualquer, mas... um Oi
mesmo que virtual já faz a diferença!!
Por isto estou aqui, para deixar
minha marquinha
em seu coração
dizendo:

Você é Muito Especial!!!

TENHA UMA TARDE MAGINIFICA !!!

Rita disse...

Concordo plenamente contigo! *