quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Fascínio feminino

As mulheres são politeístas: adoram o Deus Prada, Chanel, e mil e uma outras marcas, mais ou menos prestigiadas. O mundo feminino é repleto de glamour, cor e atitude. As mulheres são elegantes e sofisticadas. Mas não menos estranhas. Num mundo cor-de-rosa, há algo que as enfeitiça e as captiva: o Sr. Dom Ponto Negro.
Não há uma mulher que não adora encontrar um ponto negro nas costas ou testa do seu amado. Qualquer uma arregala os olhos, saltita de alegria e suplica o macho para a deixar catá-lo. Qual será o fascínio de um mero pontinho escuro? Deve fazer parte de um ritual ancestral de acasalamento que se foi perdendo, mas que continua a dar imenso prazer às mulheres...

Afinal quem tem a coragem de admitir que não gosta de um bom (mais porcaria sai, melhor) ponto negro?

11 comentários:

Cate disse...

Ahahah, opá, eu gosto de tirar pontos negros. Mas odeio ver mulheres a tirarem pontos negros aos namorados na praia, por exemplo. Ou em qualquer sítio público.

Pepper disse...

Ahahahah, adorei!!

Clara disse...

Olá Dina,

Antes de mais, obrigada pelo teu comentário.

Vim aqui de fugida e preciso de comentar... o acto de retirar os pontos negros está associado a um comportamento hominídeo que se chama "gromming" e "alo-gromming". Estes nomes pomposos são, nada mais que aquilo que ainda hoje se observa nos primatas: o acto de catar. Esse acto chama-se "grommig". o "alo-gromming" acontece em sociedade, quando um elemento cata o outro. É um processo muito importante de socialização e de apaziguamento entre os elementos da mesma espécie. Como o Homem pertence a esse grupo... acontece aquilo que dizes!
Beijinhos!!!

sofia disse...

LOL
Eu adoro espremer um que o Nuno tem nas costas!!!

@me@@@ disse...

NOT

Deusa disse...

Eu falo por mim, claro, mas blech!!!!
Jamais gostei de tal coisa, e só de pensar nisso estão-se-me a arrepiar os pelinho da nunca...
Acredito que muitas mulheres gostem, mas para mim, é nojento, só o pensar nisso... me-do!
:)

Dina disse...

Clara: da próxima vez, vou aproximar-me devagar, vou olhá-lo nos olhos e dizer: eu sofro de alo-gromming ou me deixas tirar esse ponto negro ou posso tornar-me violenta :) Agora a sério, adorei saber essa info!

E afinal já contamos com duas excepções, muito bem :)

Clara disse...

LOL... Dina, acabei de me desfazer em gargalhadas... sem ofensa, imaginei-te de olhos esbugalhados, cabelo despenteado, boca a babar e mãos em riste, em direcção ao teu marido... oh pá, são estes momentos que alegram a nossa alma e nos deixam mais tranquilas. Estou em pela auditoria da qualidade e tive um momento de pausa para relaxar... bigada pelo momento ;)

Dina disse...

É sempre bom saber a imagem que as minhas queridas leitoras fazem de mim ;) Mas fico feliz por te ter alegrado a tarde!

Z disse...

Epá não! Não mesmo! Só a simples ideia de imaginar isso já me está a meter nojo. blerk

Tany disse...

Hihihi, teve piada e é bem verdade (na maioria das vezes pelo menos) lol.

Eles é que não gostam muito - pelo menos o meu.

Bjs*