quinta-feira, 6 de maio de 2010

A melhor dieta de sempre! 100% Approved


O verão está à porta e muitos estão a acordar para as curvas…do seu corpo! Parece que o inverno cega muita gente e depois, mal chegam os primeiros raios de sol é vê-los aflitos em cima da balança. E a mim aflige-me ver tantas mulheres a fazer dietas malucas nesta época: beber só água, comer só ananás e enfrascar remédios milagrosos. Querem saber o meu segredo?

A melhor dieta é [sons de tambores]: repensar a alimentação. A longo prazo. Fazer mudanças que conseguiremos manter para sempre. Nada vale tirar alimentos da nossa alimentação, para depois os voltarmos a inserir, porque assim é certo que voltaremos ao peso anterior.

Por razões de saúde, alterei a minha alimentação. Em cerca de um ano e meio atingi os 51 quiilos e não voltei a engordar. E cuidado nunca me privei de nada, só controlei as quantidades. Nunca deixei de comer o que me apetecia (bacalhau com natas, Mc donalds, chocolate, pizza, etc.) só que em vês de encher o prato comia menos e compensava com salada, em vez de três quadrados só comia um, …

A minha dieta resume-se a: comer de três em três horas, alimentos mais saudáveis, como fruta, iogurtes magros, barras de cereais, bolachas, etc. É preciso é aprender a ler as fichas nutricionais dos alimentos para saber escolher o que tem menos açúcar e gordura saturada. À noite comia pouquíssimos hidratos de carbono (uma colher de sopa de arroz, uma batata pequena, etc.) porque afinal a seguir ia para a cama, e comia muita verdura/ salada. Devia comer mais sopa, mas admito que nem sempre tenho tempo de a preparar. Antes de deitar, se necessário bebo um copo de leite (odeio chá) e duas bolachas maria.

Como disse, nenhum prato saiu da minha alimentação, mas quase nunca como carne de porco e aposto em carnes brancas e peixe. Beber muita água é fundamental! Pode-se ainda apostar em alimentos integrais e nas versões mais light de certos alimentos como: fiambre de peru, queijo magro, natas de soja, leite magro, nada de refrigerante às refeições, etc.

Demorei tempo mas cheguei ao meu peso certo (o que me faz sentir bem) e de forma saudável e não sofro de variações sazonais de peso. E sem passar fome!

Emagrecer e manter o peso que nos faz feliz… Quem aceita o desafio?

21 comentários:

tatanita disse...

O tapa olheiras custou-me 17,50 euritos, mas só ponho uma gotinha em cada olho, vai durar imenso :D
estou contente com a compra :)

*C*inderela disse...

Não vale a pena fazer dietas malucas para depois recuperar o peso antigo ou ainda mais. O ideal é alterar a alimentação e fazer reduções nas quantidades como disseste :)

Bjokas ******

Me disse...

Essa é sem dúvida a forma ideal de viver porque é aquela que se consegue manter sem esforço nenhum!

No entanto, há quotidianos que não o permitem (o meu por exemplo) e há quem tenha a sorte de ter um metabolismo porreiro (como eu), mas a verdade é que a maioria das pessoas engorda muito facilmente...

Bisouxxx

anf disse...

O meu problema maior é o pão,
que vai direitinho para a zona abdominal,
tirando isso 53Kgs em 1,65m acho que está bem
beijinho

sol disse...

Eu aceito o desafio!

bjos

Dina disse...

Me: é verdade que há quotidianos difíceis como o caso do meu marido que com as mudanças de turno, tem tendência para se alimentar mal, fora de horas... Em relação ao metabolismo, eu sou das pessoas que engordam facilmente mas desde que mudei de alimentação já não tenho sofrido desse mal...

ANF: às vezes nem é tanto o problema do pão mas do que se põe por cima (como acontece com as massas). Por acaso só costumo comer pão ao pequeno-almoço na maioria dos dias e opto por pão integral ou com cereais...

Marta Inês disse...

Sim, eu sei disso tudo mas por vezes é um pouco dificil manter...
Mas um dia vou conseguir lol

beijinhos*

Josefina disse...

Tens toda a razão. Eu sou das que no inverno fica completamente cega, enfardo pão com fartura, pacotes de bolachas de uma assentada, etc...Mas de há 1 mês e pouco para cá apreendi a comer melhor. Não me privo de nada, mas como menos, e com mais frequência. Já perdi 2 kg, estou com 60, mas não está a ser fácil baixar desta fasquia. Eu pretendia perder mais 2 pelo menos, 3 kg seria o ideal! Mas pelo menos agora acho que vai ser mais fácil manter o peso.

Beijocas*

Olhos Dourados disse...

Também deve ser por causa disso que não engordo. Não consigo comer muitas quantidades, mas como de tudo.

Chokkie disse...

É mesmo isso as dietas tem de ser "dietas para a vida" e não daquelas temporárias e super restritivas. Eu fiz uma numa clínica muito badalada, perdi 10Kg em 4 meses e depois ganhei-os novamente com
ainda mais 5Kg de bónus em cima

Au chocolat disse...

Obrigada pelas dicas. :D

Elisabete disse...

É exactamente o que tento fazer durante todo o ano. Como costumo dizer, as minhas maiores loucuras são ao fim de semana :)
No meu caso o que também me ajuda muito é o exercício físico. Não para perder peso, mas para tonificar!

Tal como tu também tenho tendência a engordar facilmente, dai ter esse cuidado frequente com o que como, embora não me privando de nada :)

Beijinhos

Liliana disse...

Ora aí está uma coisa que ando a tentar fazer, mas não vejo qualquer resultado, para além de também correr quando chego a casa! Pesava 54kg, passei para os 58kg mas queria voltar aos 54kgs ou ainda menos, ja que so meço 1,56cm...! Vamos ver!

Bjo

Verinha disse...

Eu não preciso de perder peso, nem nunca fui de dietas, ou melhor, sou de dietas mas é para engordar lol.
O que resulta na altura, mas depois...
as dietas sejam para engordar ou emagrecer, não resultam se não tivermos uma alimentação saudável.

Clara disse...

Não podia estar mais de acordo contigo!!! As dietas milagrosas são um engodo e só prejudicam a nossa saúde. O truque é saber "educar-se na alimentação" e as dicas que dás são mt importantes e acertadas. Eu farto-me de ver erros crassos em dietas estúpidas!! E agora na Primavera?? É uma desgraça!! Mais importante que a obecessão em emagrecer deveria ser a obecessão em saber comer correctamente! Mas há por aí tanta mente tapadinha, Jesus!!!

Rita G. disse...

Estou desde Janeiro deste ano a fazer exactamente o que fizeste, a repensar a minha alimentação e a escolher viver de forma mais saudável. Já passei dos 62 para os 57:) bj

Patricia S. disse...

Eu aceito esse desafio! Estou precisamente a tentar reduzir nos hidratos de carbona e substituir por snacks saudáveis! (é aos lanches que faço mais asneiras). Beijo!

xana disse...

Ainda li este post porque me despertou mesmo a atenção... E não podia concordar mais! Dietas "io-io" não dão com nada... Eu gostava de perder 3 ou 4 kilinhos, mas ainda não tenho essa "força" de readaptar os meus PESSIMOS hábitos alimentares... O que é uma pena! Pois faço imenso ginásio e se comesse um pouco melhor serviria de muito mais... /:

Beijinhos

Carrie disse...

concordo inteiramente...também sigo mais ou menos o mesmo estilo...no fundo não se trata de dieta mas de alterar o nossos estilo de vida e alimentação.

Rita disse...

Eu já o aceitei há cerca de 15 dias. Ao início está a custar, e tenho imenso para perder (quase 20kg); em dez dias perdi apenas 1,5kg. Mas já é um início. Só que ao contrário de ti, tive que retirar tudo da alimentação. Só cozidos, grelhados, fruta, sopa e saladas. Nada mais. Tenho um bocadinho de saudades de um McDonalds, de um cachorro quente, de uma pizza ou de uma lasanha, mas já sei que se comer apanho nas orelhas da dietista... Enfim, pela saúde faz-se tudo!

Beijinhos, gostei muito do blog, vou passar a seguir =)

Rita

Bruno Rodrigues disse...

É verdade as dietas (Passar Fome) são muito prejudiciais, Por exemplo: Dietas que engordam . O ideal é o que você fez, conseguir mudar os seu hábitos e ter uma alimentação mais saudável. Eu mudei os meus hábitos á 4 anos e não voltei a ganhar peso, mas não é igual com todas as pessoas, e grande parte precisa de uma pequena ajuda, porque cada caso é um caso. 10 Dicas para a melhor forma de emagrecer