terça-feira, 4 de maio de 2010

Medo de envelhecer?


Nada mesmo. Conheço amigas que têm um medo tremendo de envelhecer, que vivem angustiadas à procura da primeira ruga e cabelo branco. Com menos de 30 anos, nos aniversários, já fazem questão de esconder a sua idade.

Eu gosto de envelhecer e de ver passar os anos. Com 26 anos, sinto-me muito melhor do que aos 20 e tenho a certeza que me sentirei ainda melhor aos 30, aos 35, etc. A maturidade trouxe-me auto-estima e confiança em mim mesma. Aprendi a viver comigo, com os meus defeitos físicos e de personalidade. A minha mãe sempre nos ensinou a apreciar os sinais do tempo no corpo. Afinal as rugas espelham emoções passadas, boas e más, e contam uma história: a nossa história. Cada cabelo branco é um orgulho de ter vivido plenamente uma vida. Ensinou-nos a cuidar-nos para envelhecer bem mas com respeito por nós próprias. Há-que saber saborear cada etapa da nossa vida, e afinal é um privilégio poder viver ano após ano...

22 comentários:

Verinha disse...

Eu não ligo grande coisa a isso.
Até porque sempre tive aspecto de ser muito mais nova do que na realidade sou.
Se agora com quase 25 me derem uns 18 já é uam sorte! lol

Rita G. disse...

Concordo contigo, não me assusta envelhecer. A única coisa que me deixa mais preocupada é não poder fazer as minhas coisas, deixar de poder cuidar de mim e ter de depender de alguém. Espero que isso nunca aconteça. Bj:-)

Margarida disse...

Eu prestes a fazer 29, sinto-me bem! Os 30 não me assustam. É a lei da vida, e só de pensar que vou ter muito que ensinar aos meus filhos e netos, e´um privilégio! :)

algodãozinho disse...

Não tenho medo de envelhecer, mas tenho medo de ver o tempo passar e não o conseguir aproveitar ao máximo ...

Dina disse...

Pois, tb tenho este receio: de perder a minha autonomia e ficar dependente. Mas prefiro não pensar muito nisso, porque se Deus quiser ainda falta muito tempo para isso e não ganho nada em preocupar-me já. O que virá, virá ;)

Angel in the dark disse...

Como dizes e bem cada etapa é uma etapa, e a experiência traz-nos outra forma de encarar a vida. Com o tempo ficam as saudades de tantas coisas que já se viveram!

Beijito
Angel

Faz de Conta disse...

Tens razão, gostava de ver as coisas dessa forma. Mas nem sempre consigo. Depende dos dias ;)

Kitty disse...

tirei os dum blog que visito com frequencia agora donde sao sinceramente nao me recordo mas vou tentar descobrir.
beijinhos.

CS disse...

Eu fiz 36 e gosto de dizer a minha idade. O ano passado perguntaram-me se tinha cartão jovem, quando comprava um bilhete de autocarro :) A senhora devia ser pitosga mas gostei. A minha mãe tem 59 e adora também dizer a sua idade. Esta ansiosa por comemorar os 60 :)

Fanny disse...

basta teres cuidado em nao misturar o branco com o preto, para o branco nao ficar cinzento. e para fazer um dégradé, é esbater o branco com o preto mas na vertical e apenas no sitio onde eles se encontram. e s keres depois carregar mais o branco tens que limpar o pincel porque fica com pigmentos de preto quando passas por cima. é muito simples mas faz toda a diferença! e no caso do branco não te parecer muito branco, mistura com um pouco de beje, tu vais ver o resultado!
;) espero k tenhas percebido e k t tenha ajudado...em todo caso ja sabes...pergunta xD

legal disse...

Parabéns pelo seu blogger, gostei muito, ser você quiser me visita no meu blogger tem bastante coisa legal, tem game para meninas, do game isa tkm jogos, moranguinha jogos, relógio e calendário com sua foto, album foto, desenho anime, poema, poesia, frases, musica, radio, msn nick, mario bros, mapa do google, cria texto avatar, curso de inglês, japonês, italiano, hebraico, chinês, bbb10, torpedo grátis, etc...

http://bloglegalnovo.blogspot.com

Espero que você seja meu seguidor

Olhos Dourados disse...

Tens razão!

Ana'Space disse...

Acho ridículo as pessoas esconderem a sua idade real, até porque vai chegar a um ponto em que os outros pensam 'ai credo diz ser tão nova e tem um ar tão velho' :)

Anna*

sakura disse...

Partilho o teu ponto de vista Dina.
Vou fazer 30 anos daqui a 15 dias e, se há uns tempos atrás pensava que ia dar em doida com essa data, estou muito tranquila e a adorar esta nova fase de fim dos 20/princípio dos 30 :) é sinal de maturidade.

Bjinhos***

Fios de Vida disse...

Eu, com quase 30 sinto-me muito melhor do que com 20! E ainda no outro dia me disseram que eu parecia ter aí uns 18!!! haha. Envelhecer não me assusta, assusta isso que já referiram de o tempo passar e não ter possibilidade de fazer o que gostaria de fazer na minha passagem por este mundo... Beijinhos

Fanny disse...

fico à espera... ;)

Cookie disse...

Fica aqui a minha confissão... Eu tenho 33, algumas rugas, e um numero indeterminado de cabelos brancos (ainda disfarça bem). E já não me lembro de me sentir tão bonita :-)
Porque nem tudo se resume ao que está no BI... Mas à forma como nos sentimos em relação ao que somos!
Bj

Su disse...

Por acaso eu tenho 27 anos e detesto quando me dão menos idade. O que acontece pouco felizmente. Pronto cada maluco com sua panca lol mas especialmente no local de trabalho detesto que me tratem como se eu fosse uma míuda!

Cor do Sol disse...

Eu sinto-me muito bem com 26, aliás acho que nunca estive tão bonita. Mas assusta-me envelhecer, muito.

Carrie disse...

Ora bem...o problema não é o envelhecer!!! Nem as rugas nem os cabelos brancos...aos quase 33, tenho duas rugas d expressão marcadas por me rir, e zero cabelos brancos...mas não gosto de envelhecer...mas nada tem a ver com a idade, mas sim com a nossa percepção dos objectivos atingidos. penso que as mulheres descontentes com a sua idade, são-nos porque sonharam estar noutro "sitio" depois dos 30...é o meu caso....
a pele fica estranha, fica sim sr, quem disser o contrario mente...nota-se que não temos 20 anos, é mais facil engordar e mais dificil emagrecer...sim. O nosso metabolismo não processa da mesma forma nem ao mesmo ritmo e portanto, tal como a pele, há coisas que precisam de um empurrão exterior... mas a grande questão prende-se com aquilo que outrora sonhamos e hoje não temos, e estamos a ver o tempo a passar.
Portanto não é uma questão de idade, é uma questão de tempo e experiencias e vivencias....and just for the record, quando tinha 26 anos,nada disto me passava pela cabeça...

Dina disse...

Carrie: não tinha pensado nisso sob este prisma e vejo aí muita verdade. Sim, deve ser horrível chegar a uma certa idade, olhar para trás, e ver que a nossa vida não é nada do que tínhamos sonhado... Obrigada por partilhares conosco a tua experiência: isso ajuda-nos a crescer! Bjinhos...

Carrie disse...

...Dina....tenho que ter alguma utilidade...afinal de contas...é justo que haja pelo menos uma vantagem em ser mais velha...e chegar "lá" primeiro....

Carpe diem....26/27/28/29...tudo idades fabulosas!
Aproveitem, sinta-me lindas de morrer e despreocupadas...deixem os traumas do envelhecer para depois dos 30....há muito tempo para pensar no assunto! Acreditem!!!

O importante, como disse, é aproveitar a vida, concretisar os nossos sonhos...e sabes que mais...mesmo não estanto onde sonhei estar...não posso dizer que estou infeliz...aliás posso dizer que sou uma pessoa feliz...deteste envelhecer...sim...mas sou feliz e gosto de ser aniversariante...o mundo é nosso uma vez por ano!