segunda-feira, 12 de abril de 2010

Serviço Público


A grande maioria dos suburbanos (dos quais faço parte) usa os transportes públicos para se deslocar para o trabalho. Mas existem regras simples que podem tornar a viagem dos seus compatriotas muito mais agradável...
  • Banho tomado e cheire a lavado! Sim, porque cheirar suvacos de cavalo às 8h30 da manhã é coisa para me dar umas voltas valentes ao estômago. Se for no final do dia e vir que se trata de um senhor que trabalhou ao sol nas obras, cheiro, agonio mas não me revolto. Agora é vê-los jovens, com polos de marca a cheirar como se fossem mendigos. E caras mulheres, mais vale apostar num sabonete e num desodorizante do que numa nova camisola da moda: o impacto será muito maior, garanto!

  • Seja invejoso! Sim, quer ouvir a sua música favorita, então faça-o num volume adequado para que toda a carruagem não oiça o seu batuque. Põe-me os nervos em franja ouvir a música alheia! E quando não oiço uma melodia da esquerda e outra da direita...

  • Fale baixinho! mas porque é que as pessoas fazem tanta questão de falar para que toda a multidão oiça a sua conversa?! Fico a saber que a vizinha da esquerda anda de saltos altos em casa, que o zé bateu na Maria e que o filho engravidou a colega da escola...

  • Amarre as suas crianças. Ou eduque-as. Eu apostava na última, mas isso sou eu. Porque podem ser lindos, bem vestidinhos mas já ninguém aguenta piralhos! Mexem, remexem, dão pontapés, gritam, incomodam toda a gente mas os pais nem parecem notar. Ou então a maternidade/ paternidade traz a alienação como bónus grátis!

  • Levantar o rabinho. Mas porque é que serei só eu que me levanto para ceder o lugar a idosos e grávidas? Mas será que os Lisboetas não ensinem esta regra às proles? às vezes, eu é que me sinto um bicho por ser amável...

Gosto de andar de transportes. Facilita-me a vida e o orçamento. E posso dedicar-me a uma das minhas paixões: a leitura. Mas a falta de civismo e de «co-habitação» como os outros é flagrante e irrita-me profundamente. Isso ou eu é que serei picuinhas?

21 comentários:

Bailarina disse...

Não, não és picuinhas... És uma pessoa normal!! Eu, além de viajar pouco de transportes publicos, fico pior do que estragada quando essas coisas me acontecem.... Já cheguei a mudar de carruagem, porque me estava a passar com um tipo que lá ía a ouvir musica num volume muito alto!!
Bjinho*

Rita G. disse...

Tens toda a razão! Se todos colaborassem e cumprissem essas regras, andar de transportes públicos podia ser agradável! Bj:-)

Girl in the Clouds disse...

Não é má ideia negociares com a cp e o metro para divulgarem este manual!!

Diaboderoupacurta disse...

Eu acho que tens toda a razão! O grande problema dos portugueses é não fazerem nada daquilo que tu disseste lol

Atena disse...

Ja andei mts anos de transportes publicos e o que mais nojo me metia era mesmo o cheiro a sovaco logo pela manha!!!

È horrivel!!!


Bjito*

Purple disse...

Eheheh é tão verdade.
Quando ia para a Universidade via e ouvia com cada coisa.

Depois há sempre aquelas pessoas que nos olham fixamente o caminho todo como se fossemos a janela, ou porque querem perceber o que estamos a ler, ou o que estamos a ouvir no mp3, ou porque são loucos quiçá.

Beiju ;)

Jana disse...

Tens toda a razão!!! Eu já não ando de transportes públicos à algum tempo (às horas que saio não há autocarros, e o metro não passa lá) mas lembro-me perfeitamente de cada um dos exemplos que deste!! Beijinhos

Elisabete disse...

Não me parece que seja só em Lisboa, no Porto também acontece o mesmo!
Ultimamente tem sido raro usar transportes públicos, mas já o fiz diariamente durante 3 anos!
Era sempre uma aventura...

um palmo de arte disse...

Oi!
Eu de transportes públicos só metro quando ia para o Porto...e acho que tens toda a razão! Excepto nas crianças...também as tenho crianças e ecredita que quanto mais ligamos e chamamos a atenção pior é. É preciso muita paciência....
Beijinhos,
Isabel

Jo disse...

Belo post, acho que muita gente devia ter atenção ao que dizes, principalmente as pessoas que têm alergia a banho e os outros que, estando sentados em lugares reservados, assobiam para o lado quando vêm grávidas ou idosos, em vez de lhes darem o lugar.


Bjs

comilinhas disse...

É tão verdade este teu post, só falta acrescentares os que cortam as unhas e retiram macacos do nariz, fazem bolinhas e atiram para o ´chão, ou aqueles que cospem para o chão para limparem os canos antes de entrarem nos transportes e que tiram coisas dos dentes e dos ouvidos com as unhas.
Quanto aos lugares reservados, é vergonhoso o que se passa, pura falta de educação, e quanto ás criancinhas não posso estar mais de acordo contigo, nada que umas boas palmadas ou uns bons castigos não resolvessem, afinal educação são os pais que a tem que dar e dá-se em casa.

sol disse...

Concordo plenamente, só acrescentava mais 1 pontinho:
ºNão puxar o cabelo da pessoa que vai sentada no banco da frente quando se senta!

Não há dia que não leve 1 valente puxão!

bjos

Aline disse...

O que eu já me ri com o teu post. E é tudo muito verdade!

Verinha disse...

Faço das tuas palavras minhas!
E não, não és picuinhas! lol
Tomara eu que todos fossem "picuinhas" como nós! lolol

Deusa disse...

Eu não ando de transportes agora, mas quando andava pensava tal como tu..
É que há coisas que não se admitem mesmo...
Boa semana
Kiss

Fios de Vida disse...

Acredita! Não sei que se passa nos transportes que as pessoas parece que se esquecem da educação à porta... e do belo do banhinho:-) Bom inicio de semana! Beijinhos

inês calixto disse...

O texto está o máximo! Um toque Divertido mas com uma crítica forte! gostei bastante!
Relativamente ao facto de ser a única a ceder o seu lugar, não deixe que a falta de civismo dos outros a faça sentie uma aberração! Havia um filósofo que dizia "Todos querem mudar o mundo, mas niguém quer mudar-se a si próprio". Por isso, para fazermos a diferença e mudar menalidade, temos de começar por nós próprios e dar o exemplo!

Parabens pela escrita super agradável :D
Se puder vistie o meu blog: http://inescalixto.blogspot.com/

almighty yellowphant disse...

em lisboa dá para andar de autocarro. experimentem vir viver para faro e ver como funciona a nossa rede de transportes públicos... LENTO E MAL SERVIDO. já para nao falar do que se vÊ. tudo isso que ai escreveste e muito mais.

beijinhos *

Pepper disse...

Agora fiquei com saudades dos transportes públicos lisboetas...são só coisas boas.

Josefina disse...

Este post está muito bom!!! É tudo verdadinha!!! No outro dia no metro estava um rapaz ao meu lado a ler o meu jornal Metro! LOL Até parecia que éramos amigos tal era a descontracção!

Olhos Dourados disse...

Concordo!