quinta-feira, 1 de abril de 2010

Num cantinho da memória...


No dia em que se celebra o dia das mentiras, relembro com carinho um episódio da minha vida que ocorreu há sensivelmente 3 anos...

Num dia de primavera, eu e o L. fomos passear até Sintra, local que adoramos pelo seu miticismo e romantismo. Fomos descobrir a Quinta da Regaleira. Fiquei fascinada pelo local: adorei os jardins, as grutas, a arquitectura, o simbolismo, o poço, a quinta, a capela,... Numa das torres, ele abraçou-me por detrás e enconstamo-nos assim em silêncio, os dois a olhar o horizonte e a desfrutar das vistas sobre a encosta de Sintra. Suavemente ele virou-me para ele e beijou-me ao de leve. Tinha os olhos humedecidos e começou a dizer coisas amorosas que me aqueceram a alma. Ele nunca fez uma declaração e não é de demonstrações de amor, nem de verbalizar o que sente. E lá estava ele indefeso, a chorar, a dizer que não era perfeito, mas que me amava acima de tudo e que queria envelhecer ao meu lado. Retirou um anel (lindo) do bolso do casaco e pediu-me ali em casamento, com a natureza como testemunho do nosso amor...

Quase parece mentira que após 11 anos de namoro ainda consiga mexer tanto comigo, como ainda me faça sentir borboletas a aquecer-me por dentro, como ainda consigo sentir saudades opressoras dele enquanto estou no trabalho... A vida pode ser tão doce...


Depois de reler este post, dou-me conta que sou mesmo lamechas, porra! O meu marido é o melhor do mundo, já toda a gente sabe. O vosso é que é? Desconfio, por isso contem-me lá como foi «o vosso pedido»...



20 comentários:

Elisabete disse...

É uma bonita história sim senhora!
No fundo, todas nós sonhamos com um momento assim, único, especial, verdadeiro e inesquecível!
Os meus parabéns!
Que o vosso amor dure sempre para nos fazer acreditar que ainda existem amores assim, dignos de contos de fada...

Beijinhos

Bailarina disse...

Ai que eu fiquei tão arrepiadinha com o que contaste... Lindo!! Estou sem palavras...
Bjinho*

Mi disse...

Até eu, deste lado do ecrã, fiquei rendida à situação!
kiss

Chuva de Prata disse...

Tão lindo!
Há momentos mesmo perfeitos que ficam para a vida. O amor é sem sombra de dúvida qualquer coisa de extraordinário!
Adoro ver histórias assim.
Bjs

Josefina disse...

Que história tão linda! Pois é eles não são o romantismo em pessoa, mas conseguem sempre surpreender-nos não é?! O meu é igual! E ao fim de 9 anos e meio juntos continuamos a estar assim in love! O meu pedido foi na praia, muito bonito também, com ele a tremer desalmadamente!

Beijocas e boa páscoa!

Hermione disse...

fiquei com lágrimas nos olhos a ler isto... quando for pedida em casamento, também quero que seja especial assim... e em Sintra então, ui :) beijinho, que essa felicidade dure sempre.

Angel in the dark disse...

Palavras para quê!...

sofia disse...

:)

Soinita disse...

Não podia ter escolhido local melhor.
Eu adoro a Quinta da Regaleira. E tenho tanta paixão por esse lugar que o meu marido pensou em organizar o fim de semana do meu aniversário lá, para me pedir em casamento.
Mas às vezes a vida troca-nos as voltas e nesse fim de semana foi impossível lá ir.
Ele pediu-me na mesma em casamento no dia do meu aniversário apesar de não ter sido na Quinta da Regaleira.
Os homens quando querem conseguem ser tão românticos e lamechas quanto nós.
Bisoux

Atena disse...

Que bonito!!!

:)

Miss Apuros disse...

Arrepiaste-me ... Tão lindo =) Também quero que o meu pedido de casamento seja assim tão especial... bjinhos*

Inês disse...

A quinta da regaleira é mesmo linda!

Ainda não tive pedido mas o meu homem e do mais lamechas que há! LOL

beijinhos*

Marianne disse...

O meu pedido de casamento... não foi. Vivíamos juntos, fui a um concurso, ganhei dinheiro, começou a falar-se em casamento, escolheu-se uma data, não deu para ser nessa, escolheu-se outra, marcaram-se as coisas e casámos. Anel de noivado? Não tenho.

E ainda assim o meu marido é o melhor do mundo, porque fez um dia, há uns anos, uma coisa que poucos ou nenhum homem seria capaz de fazer... E que foi a maior prova de amor e de caracter do mundo.

(E a tua história tocou-me. Porque amo Sintra e percebo quão perfeito deve ter sido o teu momento!)

Rita G. disse...

Lindo:-) Eu não tive pedido porque não somos casados e nem pretendemos ser, mas o meu F. tb já me faz muitas declarações de amor lindas:-) Bj

Agridoce disse...

Deve haver poucos sítios mais românticos do que esse :)

Kikas disse...

que história linda, dina :) é de fazer emocionar aqui as mais sensíveis (as me)! sou uma mera adolescente, ainda não fui pedida em casamento.. mas se casar com o meu actual namorado, sei onde vai ser :p tenho quase a certeza que seria no sítio onde me pediu em namoro.. na torre de um castelo :)

aprendereorganizar disse...

Parabéns por tanta Felicidade Dina...
Beijinhos
Catarina

Sara disse...

Ai minha querida, que estória linda nos contas! Até eu me emocionei só de imaginar a situação e cenário melhor que este não poderia ter!!!

Quanto ao pedido em casamento, da parte dele não houve. Fui eu que o pedi em casamento! lol

Beijinhos

Anouk disse...

Mais uma vez , os meus parabens à revista "Happy" que aconselha estes blogues amorosos. Eu estou muito longe de ser proposta a casar com quem quer que seja mas adquiri o mesmo fascínio pela Quinta da Regaleira quando lá fui . Continuo a dizer que se tivesse vivido no sec. XIX ia ser um grande sucesso (:
Quanto ao romantismo , nunca é demais , principalmente para quem o merece e espero um dia poder a vir descrever um acontecimento semelhante a este .
Parabens e continuaçao de uma vida cheia de felicidade :D

Fios de Vida disse...

Uma história muito bonita:-) Eu ainda não tive pedido de casamento, apenas de namoro:-) Para dizer a verdade, fui eu que dei esse primeiro passo depois de um concerto visto todo de mão dada:-) Ainda hoje de me recordar sinto aquele mesmo friozinho na barriga e já lá vai um tempo. Parabéns pelo vosso amor feliz:-)