quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Me voilá!


Eis-me de regresso da terra (fria) transmontana. Adoro ver aqueles montes cobertos de neve! É uma região com tantos mistérios e encantos por descobrir!

Deu para aproveitar a companhia dos meus pais e pôr a conversa em dia. Uma pessoa está três semanas fora e já perdeu milhares de episódios da telenovela da aldeia. Uma das novidades, que continua a deixar-me perplexa é que a A* engravidou para prender o namorado. O casamento já está a ser planeado. Gostaria de perceber a baixeza deste gesto, a tão pouca auto-estima e egoísmo que uma mulher deve sentir para agir desta forma.

O que sentem estas mulheres ao acordar todas as manhãs e saber que o marido, por vontade dele, não estaria ali? Que não é por amor que partilhem o seu bem mais valioso, que é a vida? E o puro egoísmo de pôr uma criança ao mundo com um intuito tão mesquinho? Uma criança pode ser criada num lar de amor, desta forma? Estas mulheres revoltam-me e dão-me pena. Sim, no século XXI gravidez não pressupõe sempre casamento, mas sei que há casos em que não grandes hipóteses de fuga...

E assim continua a existir mulheres que não têm amor-próprio, nem mesmo amor pelo companheiro, porque isto, sim, só pode ser obssessão!

12 comentários:

Verinha disse...

Eu estas férias fui à Serra da Estrela e corri montes de aldeiasitas, algumas só com uma duzia de casas e digo-te, um dia quando for grande vou ter uma casinha daquelas em pedra, ainda que muito pequina, mas vou ter. Viver no campo cada vez me fascina mais!

Também não percebo como é que há mulheres assim, eu acho que não seria capaz de o fazer! Até porque bem vistas as coisas normalmente esses casamentos até nem duram, no fim de contas além de ficarmos sozinhas ainda ficamos com um filho "ás costas"! Vale a pena? Do meu ponto de vista é um mau "negócio".

Bjks***

Verinha disse...

Eu estas férias fui à Serra da Estrela e corri montes de aldeiasitas, algumas só com uma duzia de casas e digo-te, um dia quando for grande vou ter uma casinha daquelas em pedra, ainda que muito pequina, mas vou ter. Viver no campo cada vez me fascina mais!

Também não percebo como é que há mulheres assim, eu acho que não seria capaz de o fazer! Até porque bem vistas as coisas normalmente esses casamentos até nem duram, no fim de contas além de ficarmos sozinhas ainda ficamos com um filho "ás costas"! Vale a pena? Do meu ponto de vista é um mau "negócio".

Bjks***

agirl disse...

é mm difícil de compreender. conheço uma pessoa q fez isso...mas acho que foi mais por uma questão monetária. enfim, são umas tristes!

Marisa disse...

Nao consigo compreender o que leva uma mulher a engravidar para prender um homem, o mais certo é nunca ser feliz nesse casamento forçado. Uma criança deve ser desejada pelos dois e nao o desejo/capricho de 1 só

Tita disse...

E atenção a algo que não disseste porque nunca passaste por essa situação.
UMA CRIANÇA NUNCA, MAS NUNCA PRENDE NINGUEM, NEM É SINONIMO DE O CASAMENTO FICAR MELHOR....NUNCA
A A* vai descobrir isso e quando descobrir é arde demais, pq já tem uma criança no colo e um casamento desfeito....

Bjos querida

sakura disse...

Uma criança não prende ninguém...pelo menos, não prende pessoas que não querem estar juntas. Com isso só ganha mais um tema de discussão... Enfim, há gente capaz de tudo...

Bjinhos e ainda bem que estás de volta :)

TiTó disse...

Dina a túnica é do site http://www.westrags.pt/mulher.

Já mandei vir coisas de lá e são bem fixes.

beijinhos**

Tanyloving disse...

Hmm... a neve transmite-me paz! é pena que não neve para os meus lados :P

Gravidez para prender o marido?! É a maior estupidez que se pode fazer!!

Essas mulhres não merecem o amor de ninguem!!

Elisabete disse...

Seja muito bem vinda! :)

Eu acho é que é doença! Também não consigo perceber o que passa pela cabeça dessas mulheres, quando o fazem com essa intenção! Será que não percebem que só as pode esperar uma vida de tristeza?!
Mas é uma verdade que ainda acontecem histórias dessas...

Goma disse...

É sempre bom estar com aqueles que mais amamos ;)

Rita Moura disse...

Que existam mulheres desequilibradas a esse ponto, eu acredito; não compreendo como em pelo século XXI alguém se deixa apanhar nesses esquemas! ; ) ***

Rosa disse...

Existem mulheres assim e bem pior,tenho um caso na familia assim
Bjs fica bem.