quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Casamentos elásticos


«As relações são como elásticos, aos quais é permitida alguma tensão, desejável até, para que os dois extremos se mantenham unidos. Se é tudo demasiado frouxo, a coisa descamba, como aqueles casamentos em que as pessoas se gabam de nunca discutir e que às tantas se desfazem completamente, sem sobrar sequer um bocadinho de... recriminação. Se há demasiada tensão, a relação acaba por quebrar. É tudo uma questão de equilíbrio. O problema é que normalmente não há pré-aviso quando ele está prestes a ir-se»

A vida secreta de uma mãe desleixada Fiona Neill


Parece que eu e o Luís conseguimos encontrar o nosso equilíbrio, apesar de haver sempre altos e baixos mas já me mentalizei que é mesmo assim e que isso é que dá dinamismo à nossa relação.... O dia de ontem acabou lindamente, depois de um corte de cabelo novo, um jantar preparado pelo marido e muitos miminhos apaixonados...

9 comentários:

Liliana disse...

Hum...que bom!

Bjoca

Maçã e Canela disse...

Muito bonito:)

Me disse...

:D

Marisa disse...

O meu marido é um querido no que toca a me apoiar e estar sempre pronto para novas aventuras. No entanto ainda nao tive o prazer de comer uma refeiçao preparada por ele, ajuda na cozinha,mas confecionar nao. O que vale é que gosto de cozinhar.
Mas um casamento é assim mesmo, com altos e baixos, assim de tudo temos de ser felizes.

Monica Dona de Casa Perfeita, disse...

Fico feliz por ti...e tens muita sorte, o meu quando é ele a preparar o jantar....encomenda pizza.

É a vida, minha querida ;-)

Bjokas

Sono Stravaganza disse...

Que bom.. que seja sempre assim :)

*

Rita G. disse...

Esses dias são sempre uma maravilha! Não há relações perfeitas, e quem queira isso nunca vai encontrar alguém que "lhe encha as medidas! Bj:-)

Miss Apuros disse...

Assim vale a pena :)

sakura disse...

As relações são assim mesmo, com altos e baixos... Se fossem sempre da mesma forma...era um marasmo, não?
E é tão bom quando o dia acaba bem :)

Bjinhos***