sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Be Authentic


As mulheres querem-se elegantes no seu dia-a-dia. Para isso, apostam em roupa elegante, maquilhagem e cabelo cuidado e acessórios na moda. Algumas apostam em peças de qualidade, de grandes marcas, com preços mais elevados. Outras preferem ter mais variadade no seu closet e apostam em marcas mais acessíveis como Parfois, Zara, e companhia.

E depois há outra classe de mulheres que querem combinar as duas coisas, e optam por ter peças de imitação. Malas Chanel dos chineses, roupa Desigual dos ciganos, e muito mais. Eu prefiro não ostentar «marcas» do que ter imitações. Ou se pode e compra-se a original ou senão aposta-se em lojas mais acessível, que têm produtos muito versáteis e elegantes. Ninguém estranha ver uma mulher com uma mala da Parfois, agora com imitações rascas, torna logo uma toilette menos distinta... Serei só eu a pensar assim?

21 comentários:

Diaboderoupacurta disse...

Eu não concordo, à roupas que são imitação ou de marca branca, que são iguais a todas as outras. Uma mulher bem vestida não é aquela que tem o nome das melhores marcas estampado nas peças, é a roupa em si :)

Vera disse...

há quem consiga conjugar tudo tudo e assenta que nem uma luva...mas tb há quem compre marcas atras de marcas...e por mt que se esforce...não tem o efeito que se quer...a elegancia da pessoa está na propria pessoa ...na postura...não propriamente na roupa, cara ou não...uma pessoa com bom gosto sabe verti-se com roupa dos ciganos e com roupa da marca mais cara que poderá existir.

Isto penso eu de que...

Beijinhos

Dina disse...

Diaboderoupacurta: é isso mesmo. Não há necessidade de estampar marcas para se estar bem vestida. E conheço pessoas que apostam em imitações muito mal feitas. E às vezes acho que seria preferível apostar noutras marcas do que em imitações mal feitas...

Vera: a elagância está mesmo na pessoa e não na roupa que veste. Acho que me expliquei mal. Eu compro roupa em todo e qualquer sítio desde que goste e que tenha uma boa relação qualidade/ preço. Mas não gosto de imitações com marcas falsas estampadas em grande, acho que é contraproducente...

LURBA disse...

Plenamente de acordo!!!
Nada pior que uma imitação rasca!!!
Abomino!!!
;-DDD

Verinha disse...

Eu cá visto de tudo desde que goste, normalmente é raro comprar nos chineses porque ou não gosto (acho as coisas um bocado focloricas ás vezes), ou o tamanho S é gigante para mim, ou o preço é igual a uma Zara e companhia.
Para comprar uma peça assim-assim nos chineses, quando tenho de qualidade melhor ao mesmo preço, não vale a pena comprar em chineses.
Em relação ás imitações, eu compro se forem bem feitas e se eu gostar, não compro só pela marca. Eu compro o que gosto independentemente da marca.

Tenho é um grave problema, gosto sempre é das roupas de marcas caras tipo sacoor, Massimo dutti, Lanidor, etc. Não é pela marca, gosto do tipo de roupa e vendem nº pequeninos.
Como não posso comprar lá, fico-me pela zara, Berska, Stradivarius, etc. lol

Bjks***

Elo disse...

Completamente de acordo! Qual é o objectivo de usar imitações: para os outros olharem e pensarem que estamos a usar as marcas xpto? De que vale isso se nós sabemos que é falso?! ;)

Elisabete disse...

Não ligo nada às marcas!
Vou ao que gosto e de preferência de qualidade, independentemente de onde for!

Maçã e Canela disse...

Eu sou apologista de comprar onde se pode, ou onde a carteira pode chegar:) Cada um que escolha a marca.** =)

Goma disse...

Detesto imitações rascas...

Josefina disse...

Eu tenho uma opinião ambígua quanto às falsificações: se é para usar que se use coisas que existem no original, não me venham com malas modelo Lacoste a dizer Timberland!Há que haver bom senso e comprar boas imitações! No entanto depois vejo isto duma forma: ora se eu só compro roupa nas cadeias habituais, tenho um carro/casa médios, porque raio havia de ter uma Speedy Louis Viton??? Toda a gente saberá que é falsa pois não tenho um estilo de vida que me permita ter uma original :)

Me disse...

100% de acordo! Ou é ou não é!

Su disse...

As falsificações são o motivo pelo qual nunca hei de comprar uma mala LV. É que sempre que vejo alguém com uma penso sempre que é falsa lol é que a maior parte das pessoas que vejo com essas malas não me fazem crer que deram 2000€ por ela!
Enfim!
Eu compro o que gosto seja ele numa loja barata ou cara. Claro sempre com conta peso e medida!

agirlcallednanda disse...

prefiro ter menos coisas de marca mas as originais. as imitações são foleiras! ou se tem de marca ou não se tem! e mto menos comprar nos chineses...estão a invadir-nos por todos os lados!

*C*inderela disse...

Roupa cara nao é sinonimo de elegancia. Se a pessoa não tiver postura e bom gosto não é a roupa de marca xpto que lhe salva. Já vi tantas mulheres com roupas simples e muito bem arranjadas do que aquelas que andam com malas/blusas com o simbolo que se ve à distancia.

Eu cá adoro as malas da parfois :P

Bjokas*

Kikas disse...

não, não és. ultimamente irrita-me ver ténis iguais aos meus, só que em vez de terem o símbolo timberland.. têm para lá outra coisa qualquer. irrita-me, pronto.. também prefiro comprar roupa nessas lojas mais acessíveis.

Ana'Space disse...

De acordo :)

Anna*

Myllana disse...

Eu uso o que me sinto confortável e o que meu bolso possa pagar :)
Não estresso...

O importante é se sentir bem :)
Bom fds

DoceSussurro disse...

Concordo!!

:)

Beijinho*

Ju disse...

Eu acho que as marcas não definem nem o bom gosto nem a elegância de uma pessoa.
Temos vários exemplos disso no nosso pseudo jet 7.
Todas as imitações têm pormenores que não passam aos olhos de quem conhece o original, e concordo inteiramente contigo prefiro uma mala da parfois a uma imitação comprada à porta do pingo doce.
Eu compro muitos básicos na Zara e H&M, normalmente pretos e lisos, e depois gasto o dinheirinho nos acessórios, que eu acho serem os grandes responsáveis pelo estilo de uma pessoa.
Outra coisa que concordo é que a roupa que usamos deve muito cómoda e quando nos vemos ao espelho temos de nos achar giras :)
Assim qd saímos À rua estamos prontas para conquistar mais um dia de luta.
B.Ju

Miss Kin disse...

Não com certeza! A imitação, seja do que for, pressupõe falta de originalidade ou um "wanna be" qualquer coisa! E logo aí, elegância é coisa que não passa nem perto...

Rita Moura disse...

Eu entro em todas as lojas, não sou esquisita, mas só compro se achar que a relação qualidade/preço + bom gosto foram boas. Não me interessa se é de marca ou não mas sim se eu gosto e se me fica bem! Normalmente conjugo roupa mais caras com peças mais baratas, mas originais, porque apenas não tenho hábito de ir à feira. Quanto às lojas chinesas, enquanto os produtos tiverem aquele cheiro manhoso e eles não pagarem impostos eu não compro lá nada! (Isto porque eu nunca vi um chinês num carro fraquinho, só em grandes carros..)
: ) ***