segunda-feira, 31 de agosto de 2009

E tu? Já dissestes amo-te hoje?

Há dias que ficam marcados no mais profundo de nós: marcam a nossa pele, porque nunca mais sentiremos o mundo da mesma forma, marcam-nos o olhar porque nunca mais olharemos a vida do mesmo ângulo, marcam-nos os pensamentos porque mudam a nossa essência, enfim marcam-nos dolorosamente porque a partir daquele dia nunca mais seremos os mesmos.
Há 13 anos atrás, este dia 31 de agosto foi fatídico. Tornei-me outra, abruptamente. O meu maior arrependimento foi nunca lhe ter dito «amo-te». O meu maior medo é voltar a errar. Apesar de as obrigações diárias serem um remoinho que afunde os vossos valores e prioridades, tenho tentado lutado contra isso. Tenho dado importância ao importante (O L., os meus pais, família mais chegada, amigos, saúde e felicidade) e faço com que tenha com eles momentos de qualidade e felizes.
Porque amanhã a nossa vida pode estar virada de cabeça para baixo. E apesar dos anos passarem, a dor, ela, não se atenua. Eu e tu, nunca mais estaremos juntos mas alegra-me saber que aproveitas-te ao máximo a tua curta vida.

Nunca é demais repeti-lo mas acho que desnecessário porque os seres humanos, mesmo sabendo os riscos, só dão valor e compreendem a verdade quando já é tarde de mais. Quem me dera haver marcha-atrás mas não há. Por isso, e tu já dissestes «amo-te» hoje??

8 comentários:

fatucha disse...

Sabes, com o teu texto senti uma lagrima a cair, porque ha pouco tempo perdi uma pessoa muito querida e pensei como tu, porque é q nao lhe disse mais vezes que o amava...mas isso foi um ensinamento, serviu para darmos mais valor às pessoas que nos rodeiam e que nos sao muito queridas, e tds os dias se nao o digo em palavras, demonstro-o em gestos, o quanto eles sao importantes para mim...Beijinhos e força para continuar...

P* disse...

Concordo a 100% contigo, há coisas que não se deve deixar para "amanha"... e dizer ás pessoas que nos rodeiam o quanto gostamos delas é uma delas =)

bj***

Kikas disse...

sim, eu já disse amo-te hoje :D ainda há dois minutos foi a última vez! e gostava de ouvir mais vezes, sou sincera..
esse teu texto é comovente, há momentos que não se repetem. é nossa missão tentar remediar os nossos erros!

Carla disse...

olha linda, não ha dia nenhum que não diga amo-te... até muitas vezes!! Digo aminha filha quando ela acorda, quando vou trabalhar, quando chego e vou dizendo sempre. E ela retribui a dize-lo também ou com um beijo, ou com um abraço..
É tão bom!! Pandando para a cara metade também o ouço essencialmente quando vamos dormir. Há um "Até amanhã. Amo-te"É tão bom, tão bom!!
Beijinhos linda.. E acalma essa amargura... essa nostalgia...
Beijinhos e força!!
Não vou dizer "Amo-te" mas digo-te que gosto muito de te ler.
Até já :):)

Aninhas disse...

Tento dizê-lo todos os dias :-)
Texto comovente este que escreveste...

Bjx

Maria disse...

Não deixes para amanha o que podes fazer hoje...
beijinho.

Miss Mau Feitio disse...

Eu já disse hoje e já ouvi também ... :D é bom quando é assim. Quanto a ti rapariga, vai á procura do teu amo-te e aproveita e recebe também um abracinho, tá?
Bj

Elisabete disse...

Depois de ler este texto era impossível não o dizer a alguém :)
Adorei o texto, está lindíssimo.
E tens toda a razão no que dizes, muitas das vezes esquecemo-nos do que realmente importa. São pequenos gestos como esse que conseguem fazer toda a diferença e não tem que haver um motivo exacto para o dizermos ou fazermos...basta querermos.

Um beijinho.