segunda-feira, 27 de julho de 2009

Fugir de mim


Estou cansada de tudo e todos. Estou triste, cansada, irritada, e sei lá mais o quê. Só queria fugir para longe, deixando tudo para trás. O meu lar sempre foi o meu abrigo, onde recargava as energias e descansava, onde nada nem niguém me podia atingir. Sinto que o meu espaço foi violado. Nem aí já me sinto bem. Estou farta. Tenho um nó na garganta. Sou um vulcão prestes a entrar em erupção. A única coisa que me alegrou os últimos dias, foi uma sangria de champanhe com frutos dos bosques. Fresca, leve, saborosa e que me anuviou os pensamentos. Eu só queria que a minha voltasse a ser assim: fresca, leve e com sabor. Hoje, também tem sabor: mas é amargo, muito amargo.

20 comentários:

Liliana disse...

Então moça...que se passa? Não fiques assim!

Se sentes que o teu espaço foi violado, quando os tais emplastros saírem de casa, falas com teu maorido e explicas que não gostaste e que portanto não queres ter mais gente aí em casa, pois, depois não te sentes bem! E sem dúvida que na nossa casa temos que nos sentir muito bem!

Tas quase a ir de férias não tás?? Ou já não tens férias?

Se tiveres, pensamento positivo...!
Se não tiveres férias em breve...pensamento positivo na mesma!

Patricia S. disse...

Espero que as coisas se componham em breve para que te possas sentir melhor! BEIJO

Elisabete disse...

Como eu te compreendo...
O meu vulcão acabou mesmo por entrar hoje em erupção...Não gosto, não queria, mas teve que ser e provavelmente era mesmo o que era preciso!
Eu acredito que isto não passa de uma fase de maior fragilidade da minha parte, mas também acredito que vai passar porque sei que não sou assim.
Acredita em ti antes de tudo o resto, vais ver que vais encontrar forças para superar tudo isso.
Beijinho

Verinha disse...

Então miga! Não te podes ir a baixo agora, estás quase de férias e tudo!
Esses emplastros ainda não se foram embora?
Tem calma querida! Respira fundo e levanta a cabeça, temos de andar pra frente.
Explica as cenas ao teu marido mais uma vez, pode ser que essa dos emplastros não se repita!

Bjks***

RUBEN E ANA disse...

Não te vás abaixo! FORCINHA!!

Conta ate 3 e cabeça erguida!!

Saltos Altos Vermelhos disse...

então?? dina!!!! tu és mais forte que isso não és? :)

Aninhas disse...

Há momentos assim... Mas tudo va melhorar vais ver :-) Pelo que reparei és uma mulher forte e com garra... Não desistas!!!

Bjx

Purpurina disse...

Só para te deixar um beijinho fresco e mágico.

Me disse...

Mau!!! Mas a Dina foi "invadida" por um qualquer espírito??? Babe, anima vá! Há alturas menos boas, sim há. Mas por muito que isso seja egoísta, pensa que há quem esteja pior que tu! Costuma resultar! Olha, lembra-te da minha irmã! Vais ver que te animas...

Bisouxxx

formiga disse...

Vá minha linda..Forcinha. Tudo se irá resolver. Tenho a certeza que tens força para superar isto.

Beijinhos e animo querida

Dina disse...

Obrigada pela Força!! Sim vai passar, vai!!! É verdade Me quando penso nas pessoas que têm doenças graves, penso que estou a ser parva e que só tenho motivos para sorrir... Por isso vamos sorrir??

Goma disse...

VAMOS SORRIR!!!! É obrigatório sorrir :)

kuka disse...

Arranja um espanta-espiritos :p.Na dúvida quando estiveres assim dá com o bonequinho na parede.
beijinho

Elo disse...

Espero que esta fase menos boa passe rapidamente. Muita força!
Beijinho

Myllana disse...

Há dias assim. depois passa :)
Bjinho

AnaM. disse...

Tu respira que isso já deve estar a acabar [embora o teu post mais recente faça crer que está a ser uma verdadeira tortura..].. Tenta relaxar e pensar nas tuas férias, com o teu marido, apenas os dois..Beijo enorme cheio de força

Marisa disse...

Então minha linda?
Espero que tudo se resolva pelo melhor
Beijinhos

Me disse...

'Bora sorrir ;)

Sílvia Maria disse...

Li este post depois da explicação sobre porque estás assim e ficou mais fácil entender.
Só poderei dizer que tens que tomar uma atitude pois não está correcto deixares que invadam teu espaço dessa forma e te deixem nesse estado, afinal a casa é tua!
Toma uma atitude rapariga!

Paula disse...

Ai ai,há mesmo dias assim...