segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Missão 2018: Álbum Fotográfico


Há anos que ando para imprimir fotografias para fazer um álbum fotográfico. As máquinas digitais são fantásticas mas sempre senti falta de folhear álbuns e recordações impressas.

Quando o meu pai faleceu, fiz um pequeno álbum com fotografias nossas. Foi uma pequena tábua a que me agarrei muitas vezes, uma maneira de me sentir mais próxima dele. 

Há dias, o Simão pegou nesse álbum e perguntou-me porque era tão especial para mim. Ele, na simplicidade dos seus 5 anos, disse-me "mãe, eu também quero fazer um álbum com os nossos momentos felizes. Assim, o dia em que morreres eu também vou poder lembrar os nossos momentos felizes e ter-te mais perto de mim". 

Devem imaginar que chorei como uma madalena. Mas deu-me alento e estou a preparar o nosso álbum. Mas como devem imaginar, estamos a falar de milhares de fotografias! Mas acredito que vai valer muito a pena. 

5 comentários:

Mel disse...

Oh tão querido!

também ando nessa fase mas escolher é um filme, são tantas tantas!!

bjs Dina

Messy Jessy disse...

E que boa ideia! Vai valer muito a pena!!

O Diário de Pi disse...

Não posso concordar mais com o Simão! Adoro fotografia e fazer álbuns... é tão bom pegar num livro cheiiinho de bons momentos ;)

Vidas da Nossa Vida disse...

Desde que fui mãe pela 1ª vez há 8 anos que faço álbuns digitais anuais. Começam em Janeiro e acabam em Dezembro. Foi a maneira que arranjei para não me perder nos milhares de fotografias que tenho. Faço um Best of com as fotos mais especiais do ano e é giro ver a evolução dos miúdos ao longo do ano... adoro!! Em anos especiais faço um álbum especial de baptizados, nascimentos... para facilitar arrumo as pastas por anos e por meses para depois ser mais fácil a selecção. Boa sorte!!!

L das Horas disse...

Que querido! Sim, imagino a choradeira. Mas foi um momento muito bonito e sensível dele :)