terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Doença de Köhler


Na quinta-feira passada, o mais pequeno chegou a casa a dizer que lhe doía o pé esquerdo. Mas estava animado, não parou quieto, e o pé nem sequer estava inchado, por isso não me preocupei. Na sexta-feira de manhã, quando acordou, já não conseguiu pôr o pé no chão e andar.

Fomos às urgências onde lhe fizeram um RX e que revelou ser a Doença de Köhler... Só ouvimos o ortopedista dizer "o osso está a morrer" e caiu-nos tudo. Mas depois das explicações, ficamos um pouco mais tranquilos. A doença afecta crianças até aos 5 anos, principalmente rapazes. Um dos ossos do pé parte-se em fragmentos (sozinho) para poder cicatrizar e endurecer de novo para formar novamente um só osso. Lá em casa só atraímos coisas estranhas! Nunca tinha ouvido falar de tal doença.

Tem estado em descanso absoluto, o que se tem revelado uma epopeia para uma criança que não costuma ficar quieta. Vamos hoje fazer nova reavaliação e ver o que nos espera nos próximos dias. Estamos a cruzar os dedos. 



10 comentários:

Mel disse...

Dina nunca tinha ouvido falar... há lá cada coisa... espero que melhore rápido...

bjos doces

Vidas da Nossa Vida disse...

Não conheço a doença, mas espero que seja controlável e que corra tudo bem. Nada mais do que uma gripe, varicela e piolhos devia afectar os mais pequenos!

N. disse...

Desconhecia também. É claramente daquelas doenças que só ouvimos quando nos toca a nós. Rápidas melhoras!

Dina disse...

Obrigada Mel e Vidas da nossa vida Beijinhos

Isa disse...

Que corra tudo bem!! Beijinhos!

J* disse...

Nunca ouvi falar da doença, mas com certeza que diagnósticos como esse devem assustar. Espero sinceramente que tudo corra pelo melhor!
https://jusajublog.blogspot.pt/

JU VIBES disse...

Também nunca tinha ouvido falar! Que estranho!

Dina disse...

Obrigada pelo carinho e pela força! Nunca tinha ouvido falar e é realmente daquelas coisas que só ficamos a conhecer depois de nos tocar a nós. Mas tenho esperança que tudo se componha da melhor forma. Vai demorar mas vai lá. Obrigada! Beijinhos

Denise disse...

Também nunca tinha ouvido falar. Espero que tudo corra pelo melhor.
Beijinhos

Gelatina de morango disse...

As melhoras do teu Simão, querida Dina.