sexta-feira, 14 de outubro de 2016

As Furnas | São Miguel



Segundo o mais jovem membro da família, fomos para os vulcões. Para ele, todo o cenário das águas  e da lama a borbulhar, daquele fumo constante e todo e o cheiro a enxofre era assustador.











A actividade vulcânica está presente por toda a Ilha, mas é nas Furnas que esta se manifesta com mais força. Adoramos as Furnas. Começámos por conhecer a zona envolvente da Lagoa das Furnas, toda ela rodeada de vegetação. Pode-se subir ao Miradouro do Pico do Ferro para apreciar ainda mais as vistas. Junto à Lagoa, encontra-se a Capela de Nossa Senhora das Vitórias.


É nas margens da Lagoa das Furnas, que se cozinha o famoso Cozido das Furnas. O acesso custa 0,50€ por pessoa e o estacionamento custa 0,25€ por cada 15 minutos. Aqui a água está em constante ebulição. As fumarolas emitem vapores de água e gás e conseguem sair de qualquer buraquinho no chão (as tampas do esgotos são bombas latentes).

Debaixo de terra, o cozido demora cerca de 5 a 6 horas a estar pronto. Estava muito reticente em experimentar (o marido não gosta de cozido e muitas pessoas referem que mal se consegue comer devido ao sabor forte a enxofre). Mas segui as dicas e reservei no restaurante Caldeiras & Vulcões. Sabem que mais? Delicioso! Adorámos! É preciso reservar sempre. Para duas pessoas, o cozido tem o valor de 26€ (deu para os 3 e ainda sobrou) e não tinha sabor a enxofre. É diferente do cozido transmontano: traz frango, vitela, porco, enchidos, couve, cenoura, batata (nunca comi umas batatas e couves que me soubessem tão bem!), arroz branco e inhame.





Mas antes de provarem o cozido convém ir experimentar os banhos de águas férreas. O nosso spot preferido: a Poça de Dona Beija (tanto que repetimos a experiência). São várias poças com águas quentes para relaxar e apreciar o cenário idílico. A vegetação à volta é luxuriante. Cuidado que as águas mancham mesmo os biquínis, por isso é preferível escolher uns mais velhinhos. A entrada custa 4 euros (crianças 3,50€). Tem balneário para trocar de roupa se necessário. A experiência que mais me marcou? Estar na água a 39º graus e chover-me em cima. Foi lindo!!




Fomos também conhecer o Parque Terra Nostra. Falaram-me tão bem do Parque que foi uma decepção. Não sei se foi por não ter muitas flores, mas não achei nada de extraordinário. Mas valeu a pena pelos jacuzzis/ banhos termais. Os jactos de água quente fazem maravilhas às costas. O tanque principal é um ex-líbris dos Açores por isso tínhamos de entrar certo? A água é mesmo turva e encontra-se a uma temperatura entre os 35 e 40ºC. O preço rondou os 6€ por adulto. É uma experiência única, por isso não deixem de experimentar. 




Nas Furnas, não podem deixar de comprar bolos lêvedos. Torrados com manteiga, é mesmo qualquer coisa! Já tenho saudades deles! Estou cheia de desejos. Não provámos as maçarocas de milho cozidas nas furnas, mas fica a sugestão. 


11 comentários:

estrela disse...

é tão bom recordar esses sitios todos, tbm já lá fui e adorei tudinho!

Luar IP disse...

Agora fiquei com saudades de lá voltar... :-D

Sónia Valadão disse...

Opa o meu arquipélago é tão bonito! :D

Moa disse...

adorava conhecer os Açores!

Um Mundo a Três disse...

Conheço tantas pessoas que foram a sao Miguel este ano. Só me deixa com mais vontade de lá ir. Dos açores só conheço a Terceira e adorei. Cheira-me que ainda adoraria mais São Miguel.

Girl in the Clouds disse...

Também já estive nas Furnas e adorei a experiência!!
Ainda esta semana trouxe de lá uns bolos lêvedos, tão bom!!

Maria do Mundo disse...

Gostava tanto, mas tanto de ir aos Açores...

Dina disse...

Têm mesmo que conhecer. É uma experiência fantástica. Marquem 4 dias na agenda: a viagem não fica assim muito cara (voo low cost, estadia em apartamento e restaurantes com uma fantástica relação qualidade-preço). O mais caro é mesmo o rent a car, mas vale tão a pena!!!

Girl in the Clouds: tens sorte em não saber onde tu moras :)

Sara disse...

A poça da beija está bem diferente da altura em que a visitei! Essa sim, estava cheia de gente porque não se pagava entrada! O terra nostra é maravilhoso! :D
Agora com os voos low cost fica mesmo muito mais fácil voltar e voltar a devorar os bolos lêvedos! Hummm

Alex disse...

Fui aos Açores há 12 anos e adorei! E tenho tanta vontade de lá voltar!

Dina disse...

Alex: conheço algumas pessoas que foram lá há anos e voltaram há pouco tempo e adoraram, e quase nem reconheciam alguns sítios

Sara: pois, parece que antes era mesmo uma "poça". Ai os Bolos lêvedos: já os encontrei numa loja em Lisboa :)