segunda-feira, 15 de agosto de 2016

15.08.2016 - 6 anos



6 anos de saudades, de dor, de angústia. O sentimento de perda não diminuiu. Quando me recordo e penso em ti, apenas sorrio mais do que choro. Sinto mais alegria por fazeres parte de mim e ter passado alguns anos contigo. 

Saudades tuas, do teu sorriso, da tua malandrice, do teu mau feitio, do teu carinho, do teu apoio, dos teus valores, do teu amor, da tua companhia. Olho para o Simão e vejo-te a ti e sorrio. Os genes dos "brasileiros" sempre foram fortes e continuam a passar de gerações em gerações. Olho para o Simão e imagino como tu irias amar este rapaz, como te irias divertir com ele. Iriam ser almas gémeas. O meu amor por ti continua intacto e por isso as saudades continuam a doer fisicamente. 

Mas por ti, pela tua força, haverei sempre de seguir em frente. És o "avó-estrelinha", conto muitas histórias tuas ao Simão, e continuas a fazer parte do nosso dia-a-dia. E sim a alcunha do Simão é "armandinho", afinal as reacções e o feitio são os mesmos. Obrigada pai por tudo e pelo amor que continuas a inspirar dia após dia. 

4 comentários:

Jo disse...

Um grande beijinho para ti, Dina.

Evy Percebes disse...

:( Sinto muito...Beijinhos e força

Agridoce disse...

Um grande abraço e é bom saber que já consegues lembrar-te dele mais tranquila e serena. Um beijinho!

Dina disse...

Obrigada minhas queridas :)