quarta-feira, 4 de junho de 2014

Surpresa



Gosto de um bom thriller policial. No geral, não sou fã de literatura nórdica. Mas o marketing continua a ter o seu efeito sobre mim e decidi ler A Rapariga-corvo. Não me chamava a atenção mas as críticas eram tão boas...

Arrependi-me. Era uma trama normal. Sem mais emoção. Revela acontecimentos chocantes mas nada de mais. Até que cheguei a umas 100 páginas do fim e fez-se luz. A verdadeira história é revelada e tudo começa a fazer sentido e tudo encaixa na perfeição. Muito bom. E estou agora a aguardar o segundo volume com imensas expectativas.

2 comentários:

Jo disse...

Quero TANTO ler este livro!

Cantinho da Bê disse...

Obrigada pela dica. A ver se o vejo esta semana na feira do livro!