terça-feira, 19 de março de 2013

Do dia de hoje

Como podem imaginar este dia tem sempre um sabor agridoce. Claro que sinto sempre um aperto porque sinto muitas saudades do meu pai. Mas o meu presente para ele hoje foi olhar para o céu e sorrir para ele, lembrar-me com amor dos nossos momentos e ser feliz junto dos outros dois homens da minha vida.
 
Sim, porque este é o primeiro dia do pai do L. por isso é muito especial. Nada de comercial, porque acho que estes dias são lindos mas na sua vertente emocional e simbólica. Por isso preparamos uns mimos ao papá (lanche especial quando chegar do trabalho, uma dedicatória e um quadro de lembrança - eu não tenho jeito para trabalhos manuais tá?!).
 
Porque ele é um verdadeiro super pai. Adoro vê-lo a brincar no tapete da sala. E ele na sua infinita paciência a ensinar-lhe mil e umas brincadeiras. O meu pai tinha uma piada especial para o genro: perguntava-lhe mil vezes pela sua pistola (duplo sentido devido à profissão). E sei que hoje teria muito orgulho no resultado e nos pais que nos estamos a tornar.

7 comentários:

Opinante disse...

Que bonito querida...

Saltos Altos Vermelhos disse...

Está tão Giro :)

Miss Q disse...

Sensível. Obrigada pela partilha :)

http://qaoquadrado.blogspot.pt/

Maria disse...

Quem fica no coração não morre!
Bjs

Maria

ML disse...

Fará se tivesses jeito!!! Ficou demais! :)

Um feliz dia para vocês!

estrela disse...

e assim é que tem que ser....harmonia entre pai e filho!

Tsuri disse...

Foi muito bonito de ler;)
Beijinho