quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

...

Este é daqueles livros que nos deixam um sabor agridoce. Não se pode dizer que não se gostou, mas ficamos assim com uma azia incomodativa. O livro é confuso na minha opinião: muitas vezes já não sabia de quem se estava a falar. E depois há uma ligação entre personagens mas francamente não consegui perceber o mistério. Até li uma segunda vez o livro na diagonal, mas não. Se alguém me consegue explicar, que me diga, por favor. Se recomendo o livro? Francamente se soubesse o que sei hoje, não o iria ler. Mas fico na dúvida se não fui eu que não tive capacidade para o apreciar. Nota: 1/5

9 comentários:

Anabela disse...

Por acaso tinha alguma curiosidade em ler o livro. Ouvi uma entrevista dele na prova oral e pareceu-me interessante.
Um dia destes leio e depois logo te dou a minha opinião.
Beijinho

Guinhas disse...

Detesto quando isso acontece...não fiquei curiosa :)

Dulce disse...

OLá Dina,
Eu também li o livro "tão badalado" e fiquei com exactamente como a Dina.
Eu bem que não gosto de ler os livros da moda, mas "pronto" abri uma excepção mas juro que nunca mais vou em modas.
Também me perdi nas personagens, não gostei mesmo nada.
Bjs
Dulce Barbosa

Jo disse...

Não o li mas confesso que já o tenho na minha lista porque achei o título curioso - sim, foi só pelo título, porque nem sei de que trata o livro. No entanto é sempre bom ler opiniões :)

Opinante disse...

Oh, que desilusão...

A Flor disse...

Tenho uma certa curiosidade por esse livro, confesso que mais por o autor ser um desempregado que conseguiu ganhar o prémio Leya que por outra coisa qualquer.

Dina disse...

Anabela: Lê, lê e depois diz-me ;)

A Flor: pois tb me chamou-me a atenção por isso mas francamente...

Cantinho da Bê disse...

Eu gostei. Não amei, mas gostei.

Mariana disse...

Já me aconteceu também e numa aula de português partilhei isso com o formador, pelo que ele me disse que as vezes não estamos preparados para ler o livro e mais tarde se o voltar mos a ler já o perceberemos.Após esta opinião dele experimentei ler um livro em que não tinha percebido "patavina nenhuma" passo a expressão e realmente encarei de outra forma.Ele sendo Professor de Língua portuguesa e aquando a sua Formação leu o livro "Desassossego" de Fernando Pessoa e também não o entendeu mais tarde voltou a ler e com mais maturidade e experiência entendeu a sua escrita...