segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

O melhor lado da vida

Irritam-me as pessoas que se irritam-te ferozmente com coisas,banais, que não podem mudar. Eu também era assim uma stressadinha, mas aprendi que isso só me fazia mal por isso aprendi a fazer de algo negativo, algo de mais agradável.

Detesto ficar presa no trânsito por exemplo. Mas para quê enervar-me se isso não vai fazer com que chegue mais cedo ao trabalho? Eu tenho o poder de decidir o quanto as coisas me afectam e se fico logo ali mal-humorada para o resto do dia. Então aproveito aqueles minutos para aproveitar algo que adoro fazer no carro: ouvir a melhor música, cantarolar e abanar-me ao som da música! Não posso controlar a fila,  nem posso evitá-la. Mas a maneira como me sinto é outra. Se forem mais coordenadas do que eu também  podem aproveitar para ler uma revista, maquilharem-se ou fazer uns telefonemas.

E isso é válido para tantas outras coisinhas quotidianas da vida. Nós não as podemos mudar mas podemos mudar de atitude perante elas. E a vida é logo muito mais serena e agradável. Acho que é uma reflexão que algumas pessoas deveriam fazer, para começar bem este ano!

16 comentários:

Tsuri disse...

Sem dúvida Dina, isso ajuda a todos, mas principalmente a nós próprios.
beijinho

Tany disse...

Acho que devia mostrar este post ao meu marido... fazia-lhe falta reflectir um pouco sobre isto mesmo... é que acaba por andar sempre stressado, o que não faz nada bem!

Bjs e bom ano ;)

Nokas disse...

E isso aplica-se a mim :)

Rita G. disse...

Tens toda a razão, por vezes são mesmo as nossas atitudes que têm de mudar. bj e bom 2012:)

Opinante disse...

É mesmo, temos que ponderar muito bem as nossas atitudes...

Verinha disse...

Concordo plenamente!
Eu tbm tento ao máximo ser assim, mas há cá coisas que me tiram mesmo do sério e não consigo controlar!
Devagarinho ainda lá vou chegar!

Bjks***

verniz escarlate disse...

quem me dera deixar de me "passar" tanto...
bom2012

Sónia disse...

:)

Bom ano querida!

Lua disse...

Ora nem mais! O difícil é, às vezes, colocar em prática, mas não é impossível. :)
Sem dúvida, uma boa reflexão de início de ano. :)

Beijinhos,

Lua

Sairaf disse...

é verdade, revi-me nas tuas palavras, é uma das coisas que estou a aprender a mudar em mim.
Tudo de bom no novo ano e continuação de boa escrita.
Abraço doce:)

Alminhas disse...

Não podia estar mais de acordo contigo. Há gente mesmo muito complicada e triste. Sinceramente não tenho muita paciência para esse género de pessoas. Enfim, mas como tu dizes, nem com isso nos devemos de stressar.:) Beijocas

A Tulipa Azul disse...

É verdade, temo que tirar sempre o melhor das coisas:) Bom ano:)

Maria disse...

Penso exactamente como tu.Há quem se desgaste com nadas e stress com o que nem tem importância...é encarar as coisas de outra forma, mais leve!Já bastam os problemas sérios!Bjinho grande

Cfrancisco disse...

sigo*

Friendly words disse...

Concordo plenamente!! Isto aplica-se tanto às coisas banais como às mais "significativas", para levarmos uma vida melhor, nada melhor como relativizar! Bjinho

Guinhas disse...

Tens toda a razão e a forma como encaramos essas pequenas coisas podem mudar o nosso dia-a-dia. As coisas têm a importância que lhes damos!