quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Alma gémea


Não acredito em almas gémeas, da forma como a maioria as define. Penso que se inventou este conceito para desculpar certos fracassos amorosos constantes, dizendo: «um dia, ainda hás-de encontrar a tua alma gémea». Como se encontrar uma alma gémea é inato, não requerendo trabalho, com promessas de uma vida a dois perfeita.

Sim, há almas que combinam perfeitamente: não precisam de falar para se entenderem. Partilham intensamente momentos. São felizes juntos, como se fossem apenas um. É uma relação de amor incondicional, de amizade, cumplicidade, etc. Mas encontrar e viver com a sua «alma gémea» requer sacrifícios e devoção, o que actualmente muito pouca gente está disposta a fazer. E uma alma gémea pode não ser um companheiro: pode ser uma amiga, um filho, uma mãe.

Eu tenho 4 almas gémas na minha vida. O meu marido: mas quando digo alma géma, não pressuponho que a nossa relação seja perfeita. A procura da perfeição condiciona demasiado a felicidade a dois. Tenho a minha sobrinha mais velha: somos inseparáveis e desde crianças que nunca nos chateamos. Vivemos na plenitude. Tenho uma amiga cuja relação é por vezes difícil, mas basta um olhar para nos percebemos, basta um silêncio para contar as nossas mágoas. E depois o meu pai: a união era tanta que ainda hoje a sinto na perfeição dentro de mim.

As almas gémeas são as nossas outras metades. Mas como tudo, pode haver sempre defeitos e deficiências. Mas aprende-se a viver em sintonia com estas metades. Encontrar a nossa alma gémea não é uma questão de sorte: é uma questão de estar disposto a acolhê-la.

14 comentários:

O blog da S. disse...

Acredito que o ser humano nasceu sozinho e morre sozinho. Até lá, fazemos companhia uns aos outros. Acredito que há alguma coisa que nos liga a outra pessoa (e que nos faz escolher aquela e não outra) mas não em almas gémeas. O segredo está em ir fazendo com que resulte.

Saltos Altos Vermelhos disse...

é por isto que gosto de te ler! Escreves com a alma e coração :)

MissApuros disse...

Adorei o texto, eu tenho três almas e como costumo dizer uma é siamesa :p bjinhos

Nokas disse...

Na vida existem muitas almas gémeas...um amigo, um familiar, qualquer pessoa que tenha muito amor para nos dar :)

Clara disse...

Eu costumo apelidar a minha alma gémea de "complemento", pois é isso mesmo, o complemento que nos falta mutuamente ;)

Tsuri disse...

Absolutamente perfeito!
Obrigada por este texto maravilhoso.
beijinho

Bomboca do Amor disse...

Eu diria que tenho três almas gémeas, sei que por perto destas três pessoas sinto-me completa!
Beijinhos querida,
Bomboca do Amor.

estrela disse...

Olá bom dia Dina!
concordo contigo as almas gémeas nem sempre querem dizer perfeição mas talvez mais cumplicidade!!!
bjs

Liliana Henriques disse...

Gostei muito do que escreveste ! Na minha opinião , sabemos que a uma pessoa é a nossa alma gémea quando , mesmo apesar dos defeitos de cada um, gostamos um do outro/a incondicionalmente e não precisamos de falar para transmitirmos o que sentimos (como referiste) . Eu e a minha mãe somos assim ! E só Deus sabe o que ela passa comigo :p

Moa disse...

"Encontrar a nossa alma gémea não é uma questão de sorte: é uma questão de estar disposto a acolhê-la. " é isso mesmo...

Devaneios.de.mestra disse...

Eu tenho 3 :) O meu namorado, a minha irmã e uma amiga especial :)

M a f a l d a disse...

Não poderia concordar mais contigo :)

THE HF BLOG disse...

olá querida! antes de mais deixa-me dar-te os parabéns pela tua escrita! keep up the good work girl!
vou seguir o teu blog, passa no meu e se gostares acompanha-me também querida ;)
*
HF

http://www.the-hf-blog.blogspot.com/

Opinante disse...

Obrigada por partilhares connosco essas tuas opiniões... tão maravilhosas!