terça-feira, 24 de maio de 2011

Com muito gosto!


O mal de muita gente é viver a sua vida em função dos outros. Aspiram a sonhos que não são deles, mas que são comuns à muita gente. Fazem coisas quenem lhes dizem muito, porque simplesmente os seus amigos e conhecidos são felizes assim.

Organizam casamentos de rainha quando só queriam um almoço animado entre amigos e família chegados. Casam e têm filhos, porque todos já alcançaram esta etapa da vida. Vestem saias e vestidos femininos e saltos altos, quando o estilo próprio é boémio, mas não querem ser diferentes da maioria. Fazem férias para lugares paradisíacos quando nem gostam de praia mas se toda a gente gosta... 

É triste quando olho a minha volta e vejo pessoas que tentam ser felizes à conta dos sonhos dos outros. Não se assumem a si e aos seus desejos. Há que ter coragem para ser diferente e assumi-lo. É difícil, eu sei. Mas é por isso que digo que os anos me fizeram bem: deram-me confiança (que não tinha aos 18) para me assumir como sou. Diferente. E poder tirar prazer das pequenas coisas da vida. Coisas simples e tão deliciosas. Há quem diga que sou labrega por tirar prazer em coisas tão simples. Esta gente não sabe dar valor à vida. Tanta gente que não aproveita o presente porque está obscecada com os sonhos de casas grandes, carros com mais cilindrada, viagens do outro lado do mundo, e deixa fugir momentos preciosos, no aqui e agora. 

Uma coisa que fiz estas férias e que me fez sorrir, rir e chorar de alegria? No meu cliozinho re-ouvi cassetes do meu pai dos anos 80/90, aquelas que ouvíamos repetidamente de Paris a Vila Flor para ele não adormecer. Foi uma viagem no tempo fantástica. Uma amiga snob chamou-me «bimba» quando viu o que música andava por lá. Ri-me na cara dela e disse-lhe «eu sou genuína e autêntica. Bimba e com muito gosto»!

7 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

Ora mais nada!Temos de fazer o que nos faz feliz a nós e não aos outros!
Eu adoro ser quem sou e como sou quem não gosta olha pode ir dar uma volta aquele sitio!!!!

Friendly words disse...

Gostei muito do post! Identifico-me inteiramente contigo sobre este aspecto! Hajam bimbas neste mundo...senão este seria uma monotonia! ;)

Beijinho! E benvinda! :)

Clara disse...

É por essas que não vou de modas. Eu, sou eu e a minha circunstância, mais ninguém! Sou genuína e gosto de mim assim!

Bomboca do Amor disse...

Não diria melhor!
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

*C*inderela disse...

concordo em tudo, nós temos que seguir os nossos próprios sonhos e deixar a vida dos outros de lado.

Lux disse...

Hoje em dia, também me apercebo que cada vez mais as pessoas parecem clonadas...
Mas ainda bem que és como és, sabes viver e vives à tua maneira...
São estas pequenas coisas que distinguem as pessoas!

xoxo
Lux

Flutuações da mente disse...

Concordo com tudo :-)
Digno de valor!!!!
Continua.