sexta-feira, 15 de outubro de 2010

2 meses de ausência


Dizem que o tempo cura tudo. Mas cada vez acredito menos nisso. Cada dia que passa é mais doloroso, mais as saudades apertam e magoam. Qualquer coisa é motivo para me lembrar dele: uma maçã que me lembra os nossos momentos nos terrenos, as andívias que foram a última refeição que partilhamos juntos, etc. Está em todo o lado. A única noite que dormi bem foi quando dormi agarrada ao seu casaco preferido: foi um momento de paz tão grande.

É a pessoa que mais amo no mundo e não sei viver sem ela. Por enquanto sobrevivo, dia após dia. Não tenho medo de morrer: tenho é medo de ver morrer mais pessoas que amo.

19 comentários:

Filipa disse...

Força! É a única coisa que te posso dizer.

Beijinhos e abraço apertado.

teardrop disse...

Não consigo imagino tamanha dor... Perder o meu avô foi muito duro, porque era a minah referência de vida, mas perder um pai deve ser algo de uma dor infinita. Muita força e tenta viver um dia de cada vez. Ele está certamente a olhar por e para ti!

Cate disse...

É horrível ver desaparecer as pessoas de que gostamos. Força!*

Me disse...

Queria dizer-te que o sentimento de falta e de saudade vai melhorar... mas, pelo menos por enquanto, estaria a mentir.

Força querida!

MissBlueEyes disse...

Dina e Me, o sentimento de falta e de saudade, a cada dia que passa aumenta! Sei do que falo, pelo menos 11 anos passaram e choro sempre que penso nela, choro sempre que olho para uma foto dela, choro sempre que falo dela. Choro sempre que vou ao cemitério e constacto que Ela está lá... Talvez por isso só lá vá 1 ou 2 vezes por ano. A igreja está no meio, de um lado é o cemitério, do outro a casa da minha Mãe.

Enfim... não é fácil a cada ano que passa... Estou a falar da minha prima, não quero imaginar se fosse a minha irmã ou a minha Mãe...

Um beijo :)

Kitty disse...

Muita foça é apenas o q te posso dizer...
Beijos

sofia disse...

:(
Querida, nem sei que te diga...

Deusa disse...

O tempo não cura, ajuda a atenuar as saudades e o sentimento de perda...
Ainda ontem, 14 anos e 3 meses passados sobre a perda da minha mana e bateram umas saudades doidas...
O que te posso dizer é que haverão momentos bons, mas haverão sempre momentos de saudade...
Força, no teu caso é ainda recente, e é natural que custe...
Beijo...

Clara disse...

Tb tenho esse medo, de perder alguém que amo... embora já tivesse passado por situações dolorosas de perda (morte), ainda não passei pela verdadeira prova e fico agoniada só em pensar nisso. Não sei que te dizer, apenas que a fantástica recordação dele te guie pela vida e faças dela o teu lema de vida.
Um abraço apertadinho ;)

Luar disse...

Dois anos e meio depois ainda muita coisa me lembra o meu pai... o sentimento de saudade e falta nunca passa... mas já vivo em vez de sobreviver.

Força é o que e desejo e principalmente que não vivas com medo...porque infelizmente a perda é inevitável na vida de uma pessoa e todos temos de aprender a viver com ela.

Um bom fim-de-semana

Fios de Vida disse...

Um abraço bem apertado e muita força! Beijinhos

Marta Inês disse...

Mas a vida é isso! E tu és forte! E chorar, sentir saudades, é sinal de força...

beijinhos*

Kikas disse...

infelizmente, sei o que isso é.. o tempo não cura tudo e não te faz sentir menos o que estás a sentir. a dor dessa perda nunca será maior ou pior, é sempre igual. só que vais aprender a suportá-la.. vais aprender a ver esses momentos com um sorriso no lugar das lágrimas, pela sensação boa do que passaram juntos. embora as lágrimas possam atacar, mesmo depois disso.. muita muita força *

Teresa I. disse...

Não, não vai passar... mas vais aprendendo a viver com isso. Uns dias melhores, outros piores. O meu pai faleceu há 13 anos, e ainda hoje, quando estou em casa da minha mãe e da minha infância, parece que o ouço a chegar a casa. Mas vamos olhando para o que passou de uma forma mais tranquila. E sempre que precisares, cá estará alguém deste lado para te "ouvir" ;)

Nokas* disse...

Acima de tudo estes foram 2 meses de adaptação. A uma ausência que não era desejada porque nunca queremos que as pessoas que mais amamos, saiam da nossa vida fisicamente.
Mas eu acredito que ele está sempre, sempre contigo*

Pinkk Candy disse...

Oh linda, todos nós sabemos que temos que um dia passar por essa dor, mas nunca estamos preparados.
Desejo-te muita força...
Beijinhos*

Tita disse...

Porque me fazes chorar?
caraças....tens cá um poder sobre mim (lol).
Só o que te consigo dizer, o resto é tudo tão verdade, quem sou eu para te dizer, que vai passar, NÃO PASSA, atenua, QUANDO???? é pá vai durar com pilhas duracel...
Beijos enormes

Pim Pim disse...

Partilho o mesmo sentimento ... antes queria morrer eu 5 segundos que fossem primeiro

Só sedas disse...

Nunca perdi ninguém e sei que inevitávelmente esse dia há-de chegar e por isso só de o imaginar sofro por antecipação e de medo desse dia... mando-te um beijinho grande