sexta-feira, 12 de junho de 2015

Eu e os pneus



A Madame (eu, para os mais distraídos) andava há anos sem fazer exercício a sério. Com os 30 anos, comecei a engordar muito mais facilmente (afinal não é mesmo mito urbano nem uma desculpa de donas de casa desesperadas). Comecei a mexer o rabo e estava já com um ritmo bom de exercícios. Quando me anunciaram oficialmente que iria ser operada e sabendo de antemão que no pós-operatório qualquer exercício ia ser proibido, parei logo com os treinos. A minha preguiça é tão extrema que não ira suar e cansar-me para depois os resultados desaparecerem. Vale mais manter um nível de lontrice constante. 

Mas não é que agora me adiaram a cirurgia e vou ter férias de verão pelo meio, e já não terei a desculpa ideal para os pneus?! Acho que vou ter que voltar ao exercício. Quando disse ao médico que "nem imaginava o quanto este adiamento me ia afectar", de certeza que não percebeu a profundeza da minha declaração!

3 comentários:

Opinante disse...

Ahahah o mais importante é que te sintas bem, fazendo para isso exercício ou não :D Sem pressões!

Moa disse...

força ;)

encantoserecantos disse...

Ai não é mito, não! Eu que sempre fui trinca-espinhas cheguei aos trinta, sem ter qualquer alteração no tipo e na quantidade de alimentação que fazia e dei por mim a ter que me esticar toda para entrar na roupa. Já para não falar no tormento que é perder peso. PDI, é o que é!