domingo, 20 de janeiro de 2013


Num mundo perfeito, hoje estaria em nossa casa. O meu menino iria levar-te um miminho. Estaríamos todos à mesa a conversar. Irias sentar-te no teu sofá, com o teu neto ao colo. Irias meter-te com ele e chateá-lo. E a mãe junto à bancada a resmungar. Estou a ver-vos juntos. A rires-te de o ver chateado. Iriamos partilhar um bolo de anos. Iríamos cantar-te os parabéns, contigo, com um sorriso nos lábios e outro no teu olhar. Iria dar-te um abraço forte, o nosso amor unindo-nos nesse laço apertado.
 
Mas neste mundo imperfeito, resta-me lembrar-te e brincar eu com o teu neto, que eu sei que irias adorar. E já lhe dei aquele abraço apertado e o beijo que não lhe podes dar. Hoje e todos os dias penso em ti.

8 comentários:

Alminhas disse...

Beijinho grande Dina:)

vidasdanossavida disse...

Um beijinho.

Suri disse...

Um abracinho!!

Miss Star Pink disse...

És tão profunda nas palavras... Beijinho

nobady's listen disse...

e dói tanto ... também dava tudo para que o meu pai desse aos netos o beijo que gostaria e eles precisavam tanto. apesar de poderem contar com outros beijinhos, outros abraços, outras pessoas na sua vida, a verdade é que uns não não ocupam o lugar dos outros... as pessoas são insubstituíveis ... entendo-te tão bem!

beijinhos

Saltos Altos Vermelhos disse...

Ohhh :(... Um beijinho grande!

Jo disse...

Um beijo enorme para ti Dina.

Pulseira disse...

LINDO!