terça-feira, 14 de dezembro de 2010

E a saga continua


Há pessoas que não dão valor ao trabalho dos outros. Nem conhecem algumas regras de boas conveniência/ educação. Prometi a mim mesma que não me vou chatear. Não desta vez. Já chega de ficar fula com a sogra. A história é simples e repete-se ano após ano. Primeiro, diz que não vem. Repete mil vezes que "não mesmo". Depois já é "se calhar". Mas afinal "não". Ou "pode ser que sim". Há dois anos foi isso até 2 horas antes da consoada. Soube duas horas antes que eles vinham passar o Natal a nossa casa. Se morássemos no mesmo bairro, ainda era uma coisa mas afinal, com os meus pais em casa, e dois quartos, há logísticas a organizar. E afinal preparar almoços/ jantar para 3 é diferente do que para 5. Ah mas isso sou eu. Principalmente porque eu até trabalho durante o dia...

Estamos agora na fase do «talvez», vamos ver até que ponto a lata desta gente chega mais uma vez... Mas é de família porque já tive primos dele a avisarem-me (não pedir) que vinham cá passar uma semana de férias, mesmo eu dizendo que não dava. Devo ter uma placa de Pensão à porta e ainda ninguém me disse nada...

17 comentários:

Luisinha disse...

Hehehehe!!! Coincidência! Os meus sogros são precisamente assim, mas parece-me que os teus são um poukinho piores... os meus nunca avisaram com 2 horas de antecedência(nunca lhes dei tanto tempo!)!!!

Nokas* disse...

Ui, eu acho que me passava da cabeça se este género de situação se passasse comigo. É de lamentar que as mães não queriam ver os filhos totalmente felizes e não percebam (ou melhor até percebem) que causam transtorno com este tipo de "novelas".

웃Lu Silva. disse...

Olá vim conhecer o blog, e logo vou desabafar hehe
Gente invejosa é F***!


Eita!!!

bjinhos

웃Lu Silva. disse...

Dina, pensando bem... gente ingrata e que não dar valor ao trabalho do outro é muito triste viu.
Eu vivo situações que deixam meu coração nas mãos Aff Maria!!

bjinhos

Fios de Vida disse...

Dina, respira fundo, bem fundo! Eu sei que é dificil mas tu consegues porque és superior! Beijinhos

Bailarina disse...

Eu acho que já me tinha passado... Há gente, que nem sequer se toca... Meu Deus!!

teardrop disse...

Querida Dina,
Como eu te percebo... Mas o melhor que tens a fazer é mesmo tentar não pensar nisso e não te aborreceres, porque quem sofre é só uma pessoa: tu! E tu não mereces sofrer!
Beijinhos

Dina disse...

Têm toda a razão. Não é a primeira nem a última (infelizmente) que a minha sogra me faz. Desta vez, nem me ralo. Se vier, que venha. Nem me vou chatear minimamente :) Come-se o que houver. Dorme no chão, se eu não tiver tempo de pedir um colchão emprestado...

madeMOIselle disse...

Eu compreendo perfeitamente a situação. E haja paciência! Esta altura, que deveria ser das mais belas e harmoniosas do ano, acaba por ser um verdadeiro martírio por birras vindas de pessoas que, pela idade e estatuto, deveria ser mais facilitadoras e não entraves.

Mas olha, parabéns pela forma descontraída com que estas a tentar levar tudo.

E é assim mesmo, se vier, veio, não há de ficar a porta. Se não vier, só faz falta quem cá esta ;)

Smiiiile! :)

Kikas disse...

ui...como eu te percebo.

e se este ano, nós juntase-mos as nossas sogras e as enviassemos para Kuala Lapur p passarem o natal e o fim de ano???

até estou a simpatica

a mh fez se de convidada...para a casa da mh mãe. é normal???

Xanitita disse...

Ainda bem que não me dou mesmo com a minha sogra... Como estou a morar em casa dos meus pais e ela foi mal educada e deselegante com a minha mãe, que é uma senhora educada, agora não pode lá pôr os pés, senão o meu pai ainda perde a elegância com ela!!!! :)

Mami ( Sónia ) disse...

Eu passava-me da cabeça com eles e com o meu marido se me fizessem isso.
Respira fundo!
Beijinhos e boa sorte

Dina disse...

Kikas: acho uma óptima ideia (já percebi para onde foi o teu voto na sondagem ao lado ;)

Mami: Sabes já me chateei demasiadas vezes com o meu marido por causa dos pais deles. Nada muda, e só prejudica a nossa relação. Por isso a partir de agora relativizo. A culpa não é dele por isso logo se verá :)

Verinha disse...

Realmente há pessoas muito mal formadas!
Começa a dar-lhes um prazo para te darem a resposta, findo o prazo capute.

Realmente não te masses com eles, não vale a pena.

Bjks***

La Boheme disse...

Eu simplesmente detesto a minha sogra por isso empatizo com quem sofre do mesmo mal... Se não fosse mãe da pessoa com quem estou seria daquelas pessoas que nunca quereria na minha vida mas se felizmente ainda vamos escolhendo os nossos maridos/namorados já o que eles trazem é diferente. Eu vou passar o Natal à casa dela e por isso para mim a quadra perde toda a graça:( Mas enfim, há que respirar e seguir em frente. Melhores dias virão (com a sogra longe!)

pensativa disse...

Ui, como eu vos percebo!!! É uma situação complicada. A Minha NUNCA nos convidou para passar em casa deles. Este ano mais uma vez vem para nossa casa com a minha familia (pais, tios, primos) Simplesmente não abre a boca, fica a um canto, de cara caida, parece que está num velório (palavras do filho. Tb não se dá ao trabalho de me ligar no dia anterior a perguntar se preciso de ajuda, se quer que leve alguma coisa etc etc. Mas sabem que mais, não lhe passo chapa nehuma, é como se não estivesse lá!! É um exercicio que se aprende, eu assumo que demorou alguns anos, e que já sofri muito com mtas situações destas no passado, mas agora simplemente ignoro!! E lá estou eu fresca e fôfa, pq irritações fazem mtas rugas e já não tou em idade de arriscar-me a isso eheheh !!! (As cenas tristes e lamentáveis que já me fez davam um post enorme!!!!! exemplo:em nossa casa na hora de trocar prendas aparecer o outro filho e nora irem para outra divisão, NA NOSSA CASA para eu e o filho nao vermos!!!) mauzinho não acham!?!
Portanto já sou catedrática em cenas tristes de sogra!!!

Dina disse...

Ai Pensativa, eu revi a minha sogra na tua lol Nem que podíamos escrever um livro com os seus melhores episódios ;)