domingo, 1 de agosto de 2010

Sem ponto de retorno


Estou à beira da loucura. O sofrimento está a sufocar-me. Nunca pensei que doesse tanto. Estou num ponto sem retorno em que a única coisa que me pudesse aliviar seria estar presente. O que é impossível: a empresa tem um evento fora de Lisboa e sou responsável do projecto. Se fosse só eu, despediria-me na hora para rumar junto dos meus. Só quero dormir e acordar quando tudo tiver passado. Com certeza que me vou afastar deste cantinho, pois só consigo estar no meu casulo. Não quero estar aqui a debitar palavras sem sentido, a fingir que tudo está bem. Mas já nem sou capaz de falar do que me atormenta. Mais uma vez agradeço a todas as que me têm enviado palavras de carinho e apoio.

Em nome da nossa amizade, façam-me um favor: pensem um minuto, olhem à vossa volta e amam de verdade as pessoas que vos são caras. A vida é um caminho que parece sempre demasiado curto. Não deixem de fazer o que têm a fazer, e de dizer «amo-te» a quem de direito o deve ouvir....

28 comentários:

Gelatina de morango disse...

Vou fazer-te esse favor.
E vou ficar a torcer para que as coisas melhorem e a tua dor diminua.
Beijo grande querida

Elo disse...

Beijinho grande

Muita força!

Miss Kitty disse...

Um beijinho grande, querida.
Estou a torcer por ti.

**

Leana disse...

Dina minha querida,

Fiquei com um nó na garganta a ler as tuas palavras.

Só te posso deixar aqui um abraço cheio de carinho e o desejo de que tudo corra da melhor forma possível.

***

Cinderela disse...

Espero que o carinho de quem te lê chegue até ti. Um abraço bem apertado.

Ana'Space disse...

Oh querida :(
Muita força!

Beijinho grande
Anna*

Fios de Vida disse...

Um grande beijinho, Dina!

Dear Daisy disse...

Deixas-me com o coração tão apertadinho...
Torço para que as coisas evoluam bem.
Se eu pudesse aliviar o teu sufoco, acredita que o faria.
Um beijinho GRANDE.

aprendereorganizar disse...

Querida Dina, queria tanto poder ajudar-te a suportar essa dor horrivel mas não têm como, apenas te kero deixar um beijinho do tamanho do mundo, e dizer-te que vou rezar para que o teu pai melhor e para que te sintas mais tranquila.

Goma disse...

Grande conselho minha kerida!!

Nokas* disse...

Estaremos de certeza todas a torcer por ti, para que tudo isto acalme.
Beijinho*

MissGummyBear disse...

Sim, estamos a torcer por ti. Porque temos saudades dos posts mais felizes e queremos muito que fiques bem.

Beijinho grande e todo o apoio que precises :) *

MissGummyBear disse...

Sim, estamos a torcer por ti. Porque temos saudades dos posts mais felizes e queremos muito que fiques bem.

Beijinho grande e todo o apoio que precises :) *

MissGummyBear disse...

Sim, estamos a torcer por ti. Porque temos saudades dos posts mais felizes e queremos muito que fiques bem.

Beijinho grande e todo o apoio que precises :) *

Soinita disse...

Um abraço com carinho!

Olhos Dourados disse...

Força!

Agridoce disse...

Muita força e coragem Dina! Espero que as coisas mudem depressa! Um grande abraço

Manuela disse...

Muita força e pensamento positivo.
Um abraço.

formiga disse...

Oh querida, muita força. Eu estou a torcer para que tudo corra pelo melhor.

Beijinhos grandes e muita, muita força...

Estrelinha disse...

Muita Força!

BEijinhos

Estrelinha disse...

Muita Força!

BEijinhos

Rita G. disse...

Um abraço muito apertado minha querida...bj e força

*MARCIA E CARLOS* E LINDAS MENSAGENS disse...

EI TUDO BEM VIM AQUI TE AVISAR QUE TEM SELINHO DO DIA DOS PAIS PARA VC NO INCIO DO MEU BLOG OK!! FIQUE A VONTADE TEM VARIOS BJOS

teardrop disse...

Tenho vindo todos os dias ver se tens novidades. Espero que esteja tudo bem, na medida do possível. Muita força!

sofia disse...

um beijinho grande!

Me disse...

Babe... já estou a ficar angustiada com a ausência prolongada.

Qualquer coisa, sabes onde me encontrar!

Beijo grande cheio de energia BOA!

Kikas disse...

essa é a mh maxima...desde que a minha vida mudou na tarde de 29 de Outubro de 2003...o Pedro então com 30 anos teve um enfarte no miocardio...nunca mais tive o meu marido de volta, ele faleceu a 21 de dezembro do mesmo ano, sem nunca ter saido do estado de coma em que se encontrava.

o que eu mais lamento??? não ter tido oportunidade de dizer AMO TE.

logo a seguir foi o meu pai,a 17 de Janeiro de 2004...mas ai ainda tive tempo.

a vida por vezes é mto injusta...desde esse dia faço questão de dizer todos os dias ao meu filho AMO TE, A MÃE ADORA TE, ÊS A MINHA VIDA.
Porque não sei o dia de hoje.

Força D...

Bjs

C.

Fanny disse...

a vida não é pêra doce, desculpa estar a dizer isso mas é a pura verdade. Ela arranja sempre forma de nos fazer sofrer, mas esses sofrimentos é que nos fazem avançar.
Não percas a coragem, e segue a tua vida independentemente das dores que ela te possa causar.